sábado - 29/04/2017 - 01:49h
Em Natal

Rogério Marinho critica vandalismo; pichações fazem ameaça


O deputado federal Rogério Marinho (PSDB), relator do projeto de modernização das leis trabalhistas, criticou os atos de violência registrados pelo país durante as manifestações desta sexta-feira (28), assim como as ações que impediram a população de se locomover.

Pichação atingiu o prédio onde o deputado federal Rogério Marinho mora em Natal (Foto: redes sociais)

“Alguns fascistas travestidos de manifestantes atacam população. Não entendem que direito à greve é daqueles que dela querem participar, não é licença para impor e intimidar outros como milícias bolivarianas”, disse o parlamentar por meio de suas redes sociais.

Foi mais enfático ainda: “O medo de perdas de privilégios de corporações é a alma do protesto. PT e esquerda brasileira são face atrasada da política com pauta corporativista do século XIX, defendem privilégios e corporações contra o povo”.

Alguns manifestantes picharam a frente do prédio em que o parlamentar mora em Natal, no bairro Petrópolis. O Residencial Maison Petrópolis ficou com dizeres disparados por spray em cor preta, que faziam ameaças à vida:

- Morte aos inimigos do país – chegou a ser pichado.

A polícia foi chamada para dispersar depredadores e garantir o direito de ir e vir dos moradores.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Esses pichadores e baderneiros tem nome e endereço: PTralha$ e sindicalistas.

  2. Vicente diz:

    Se eu fosse ele ficaria realmente preocupado. Quando as pessoas começarem a sentir mais ainda na pele os efeitos do que ele e seus comparsas estão fazendo em Brasília, a fúria vai ser muito maior.

  3. João Claudio diz:

    Calma! Todo castigo para o povo brasileiro é pouco.

    O povo nunca soube votar e nunca soube cobrar do políticos eleitos. Aliás, sabe: incendiar ônibus, queimar asfalto, quebrar vidraças de lojas, etc.

    E, para quem não sabe votar, repito, todo castigo é pouco.

    Pensando bem, o ideal é amarrar o eleitor brasileiro ”num tronco” e meter o chicote, tal qual os coronéis faziam com seus escravos.

    Ou aprende ou apanha até morrer.

  4. fernando diz:

    Vandalismo é o que ele tá fazendo com os direitos do trabalhador.

  5. Marcos Pinto. diz:

    Calma gente !. Também não precisa fazer nada com o bichinho não. Só uma pequena sova com urtiga bem no meio do fiofó já configuraria uma vindita na medida. Segundo os que já passaram por essa via crucis furical, os efeitos da surra de urtiga no fiofó serão facilmente debelados com cerca de oito horas mergulhado numa piscina com o fiofó à mostra, intercalando com compressas de gelo bem no meio do rêgo. Anote aí viu crápula Rogério Marinho. Se é que os espíritos vêem e sentem, quanta vergonha o Djalma Marinho está sentindo do neto. Uma lástima, pois.

  6. Gilvan diz:

    Votando sempre contrário aos direitos trabalhistas e sempre a favor de interesses particulares ficará muito difícil esse dep federal vir a praça pública pedir votos do eleitor,eleitor esse prejudicado por seus atos na camara federal.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.