domingo - 14/09/2014 - 06:30h

Rondó do capitão


Por Manuel Bandeira

Bão balalão,
senhor capitão.
tirai este peso
do meu coração.
não é de tristeza,
não é de aflição:
é só esperança,
senhor capitão!
a leve esperança,
a área esperança…
área, pois não!
peso mais pesado
não existe não.
ah, livrai-me dele,
senhor capitão!

Manuel Bandeira (1886-1968) nasceu em Recife-PE. Foi um poeta, crítico literário e de arte, professor de literatura e tradutor brasileiro.

Categoria(s): Grandes Autores e Pensadores / Poesia

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.