quarta-feira - 27/04/2011 - 14:43h

Rosalba distorce realidade e não assume seu papel



Governadora diz que Presídio Federal é responsável por crimes em Mossoró

Eureca!!

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) descobriu o porquê do quadro de "guerra civil" em Mossoró, com 63 homicídios (até este horário, 8h51 de terça-feira, 26 de abril de 2011).

Segundo declarou em Pau dos Ferros no sábado (23), "isso é reflexo do Presídio Federal, que fui contra, ter se instalado na cidade. Isso fez com que surgisse esse cenário de guerra".

É para rir ou para chorar?

Francamente.

A governadora passou a campanha eleitoral do ano passado atribuindo a escalada da violência ao governo Iberê Ferreira (PSB). Agora, muda o foco, sem alterar a forma e a direção: apenas transfere responsabilidades com base em conveniência política.

Se em Mossoró a culpa é do Presídio Federal, em Natal será a Ponte de Todos, a Ponte Newton Navarro, obra da ex-governadora Wilma de Faria (PSB)?

Claro que a culpa não é tão somente de sua gestão, mas jogar para os muros do Presídio Federal esse amontoado de cadáveres, milhares de assaltos à mão armada, roubos de veículos, tráfico de drogas etc. é um insulto.

Insulta a inteligência alheia e agride os fatos, quando deveria encarar de frente o problema que é também seu, mas não apenas seu.

Será que o ex-superintendente da Polícia Federal no Ceará, Aldair Rocha, atual secretário da Segurança Pública do RN, concorda com o disparate da governadora?

Claro que não.

Ninguém com o mínimo de distanciamento crítico e bom senso ampara esse embuste. Puro sofisma, desfaçatez. Apenas néscios engolem essa ideia.

Em parte, primeiro é preciso que entendamos o quadro de uma forma ampla e não apenas amparado no discurso paroquial e politiqueiro.

Violência é uma mazela nacional. É resultado da ausência do Estado na assistência sobretudo à juventude. Também se explica por um modelo prisional atrasado, que não ressocializa ninguém.

Parte do problema está ainda na legislação penal-processual, que continua facilitando a vida dos marginais. A impunidade é a chave de quase tudo.

Em termos de Rio Grande do Norte, a polícia é desaparelhada para investigar, sem meios à inteligência e está na Idade da Pedra Lascada em termos de ação científica.

A governadora esquece que hoje, dia 26 de abril de 2011, faz dois anos do concurso público para Polícia Civil e ninguém é convocado. Tem delegado comandando delegacias em mais de 19 municípios simultaneamente.

Falta combustível para viaturas, faltam viaturas, não se paga diária operacional etc.

Atribuir ao Presídio Federal a culpa por todos os crimes ocorridos em Mossoró é falácia. Sua postura é inaceitável para quem deveria dar exemplo de serenidade. Falta ser incisiva no enfrentamento dessa situação, isso sim.

Seu discurso é um ramerrame cansativo, que em nada ajuda a reduzir a progressão do crime. Na verdade, contribui para que mantenhamos uma atmosfera de permanente campanha política, sem o debate sério e honesto quanto às maiores demandas da sociedade.

Chega de trololó!!

Ao trabalho.

* Acompanhe o Blog, com notas e comentários exclusivos, também pelo Twitter:

www.twitter.com/bcarlossantos
 

Categoria(s): Blog

Comentários

  1. Luiz Augusto diz:

    Ai, ai, ainda mais essa da nossa governadora, uma pena que esse governo mal começou e já está terminando uma pena, nesses cento e poucos dias o que vimos, foi levarem os carros da nossa combalida policia, nada de positivo para segurança, e a ROSA está mais perdida do cego na favela do traquilim depois das 18 horas, o que foi que FERNANDINHO BEIRA MAR fez até agora contra Mossoró? NADA, NADA, esta na cela bem guardado, o colombiano ficou aqui e ja foi e nem um traque foi solto por causa dele, ja dizia meu avó quem não pode com o pote não pega na rudia.

  2. MARCOS PINTO - Da AAPOL, ICOP, IHGRN e do IANTT. diz:

    Quando me deparo com afirmação tão hilária e ao mesmo tempo ridícula, fico a me perguntar se a mesma não é detentora do imprescindível DESCONFIÔMETRO, como, também,onde é que está sua assessoria de comunicação e marketing, que não a orienta para que não cometa uma gafe tão primária. Acredito que estas gafes não tem como serem evitadas por sua assessoria de comunicação, posto que ela,do alto (Ou seria debaixo?) de seu ufanismo,se acha a RAINHA DA COCADA PRETA, e que por isso não precisa da orientação de sua assessoria, para evitar que incorra em visível espetáculo circense. Rosalba tem sim, considerável culpa por este cenário de violência e insegurança em Mossoró, quando não deu incentivos fiscais,como gestora da cidade, para as inúmeras indústrias que procuraram se instalarem aquí, e que, ao procurá-la,depararam-se com veementes negativas quanto à concessão de incentivos fiscais. Com certeza, a oferta de emprego atenuaria a miséria composta pelo cinturão de mais de 80 favelas de/em Mossoró. Da miséria nasce a revolta e,como efeito dominó, espraia-se a violência num estuário de indiferença dos que estão e se julgam encastelados em seus pomposos e majestosos apartamentos – o que não impede de serem vítimas da própria situação para a qual contribuíram com suas insanas e doentias indiferenças sociais. A Rosalba Rosado tem a obrigação de nominar quais e quantos foram os custodiados do presídio federal que fugiram e cometeram os 63 homicídios deste ano. Já dizia minha avó paterna CLEONICE MAIA DE OLIVEIRA (D. Nicinha), do Catolé do Rocha-PB:”DESCULPA DE AMARELO É COMER BARRO”. Taí no que deu eleger uma pessoa totalmente despreparada para administrar este Rio Grande do Norte sem sorte!.

  3. WILLIAM PEREIRA DA SILVA diz:

    Quem ama a rosa suporta os espinhos? Eu não. Esse é apenas mais um espinho da Rosa dos tantos outros que virão. Esse Governo vai dar o que falar. “Tamo pebado!!”

  4. Rui Nascimento diz:

    Discurso típico de quem não tem discurso, ou não tem programa de governo. Na verdade Rosalba parece mesmo é que ainda não desceu do palanque e está à procura do caminho da governadoria. Apega-se ao discurso “enrolation” de ficar batendo em cachorro morto – diga-se Wilma/Iberê – com a desculpa de que encontrou o governo quebrado, com dívida astronômica e ao mesmo tempo cai em contradição ao colocar o próprio Estado como fiador de uma obra absurda, como a da Arena (esse nome me lembra algo tenebroso) das Dunas, que vai consumir a bagatela de 1,3 bilhões de reais. Ah, vai! Para de discurso oportunista e vai governar dona Rosa, foi pra isso que o povo te elegeu e não pra ficar com essa conversa pra boi dormir.
    Vai cuidar em criar programas sociais, tirar a molecada da rua, aparelhar melhor as polícias que já será um bom começo para diminuir a violência na “metrópole do futuro”.
    Assim é fácil governar. Ficar só atirando para trás em vez de mirar no acontece à sua frente.
    Essa conversa de colocar culpa da violência em Mossoró no presídio federal é a mesma coisa que procurar chifre em cabeça de cavalo.
    É hora de acabar com o discurso “enrolation”. O Povo ta ficando saturado dessas manobras pouco convincentes!
    Quando estava na oposição a culpa da violência era do governo. Agora que mudou de lado, a culpa é de Fernandinho Beira Mar. Seria cômico se não fosse trágico!
    Conta outra Rosa, essa foi de lascar!

  5. Francisco Assis de Morais diz:

    -Brilhante Jornalista-Carlos Santos,Favor Publicar no seu Blog:

    -SOOCOOOOOOOOORRRRRRRRRRRROOOOOOO… GOVERNADORA ROSALBA CIARLINI… !!!
    -A Governadora do RN – Dra. Rosalba Ciarlini, GASTARÁ= R$ 1.288.400.000,00 (HUM BILHÃO DUZENTOS OITENTA E OITO MILHÕES E QUATROCENTOS MIL REAIS), para a Construção de um futuro “Elefante Branco”. R$ 1.288.400 BILHÃO DE REAIS, para satisfazer a vontade de meia-dúzia de empresários gananciosos.R$ 1.288.400 bilhão de reais para realizar, no máximo,03(três)jogos da Copa do Mundo 2014. Um tapa na cara da sociedade Norteriograndense.Um Estado pobre como nosso, onde saúde, educação e segurança pública são renegados a segundo plano. Onde hospitais públicos mendigam esparadrapos, gases e outros materiais de primeira necessidade, para um funcionamento básico e de péssima qualidade. Onde professores, os que ainda restam, ganham salários miseráveis, estão mal preparados, desmotivados, desestimulados e ameaçados diariamente, em pleno exercício de suas funções. Onde escolas estão sucateadas, caindo, abandonadas. Onde a violência toma de conta das cidades, das estradas, do interior. Onde a Polícia Militar está totalmente desaparelhada, com Policiais Militares Recebendo um Mísero Salário, que eu diria “Salário de Fome”. Um Soldado PM/RN, -Ganha Bruto por mês, aproximadamente = R$ 1.820, 00 (HUM MIL, OITOCENTOS E VINTE REAIS), e; morrendo constantemente vítimas da falta de estrutura e da falta de investimento em serviços de inteligência, capazes de dar aparato às investigações, o que os obriga correrem atrás da bandidagem sem noção de onde começar. É essa realidade de um Estado que vai desembolsar ou Gastar= R$ 1.288.400,000.00 (HUM BILHÃO, DUZENTOS E OITENTA E OITO MILHÕES E QUATROCENTOS MIL REAIS), para construir um estádio que, muito provavelmente, abrigará apenas 03 (três) jogos da Copa do Mundo/2014. Numa cidade que já dispõe de dois estádios, Machadão e Frasqueirão. Num Estado onde o futebol é um dos piores do país, com clubes semiamadores, miseráveis, sem nenhuma estrutura. Pergunta-se então: para que servirá um estádio de R$ 1.288.400 bilhão de reais, depois da Copa do Mundo? Quem o sustentará? Sim, porque a manutenção de um empreendimento dessa envergadura demandará muito dinheiro! E aí quem irá arcar com tamanhas despesas? A FENAT não tem dinheiro, sequer, para sustentar o Machadinho. O Machadão, dois anos atrás, consumiu mais de 17 milhões de reais em obras de recuperação e que, no entanto, continua se desmanchando. Talvez ele, Machadão, fosse a solução mais plausível, mais lógica para minimizar os custos desse futuro “Elefante Branco”, que continuará “Branco”, mas pelo menos já está “vivo”. Não sou contra a Copa do Mundo 2014, em nossa capital (NATAL – RN), até porque, isso não faz nenhuma diferença, mas como cidadão Norteriograndese, que conhece as enormes dificuldades econômicas e sociais que vivemos, dificuldades estas, que diariamente são relatadas pela própria governadora, que desde que assumiu o governo não faz outra coisa a não ser reclamar da falta de recursos e dos cofres vazios em que encontrou o Estado.Sinto-me no direito de opinar e criticar tanta falta de bom senso de nossas autoridades, que insistem em enfrentar tamanho desatino. Outro Detalhe que pouca gente está sabendo: – A Governadora do nosso Estado (RN) – Dra Rosalba Ciarlini, Está deixando como Garantia, todas as futuras Arrecadações dos Impostos Recebidos dos Royalties do Petróleo pelos próximos 20 (Vinte) anos. O Rio Grande do Norte, é um Estado MUITO POBRE, PARA PATROCINAR A FUTURA COPA DO MUNDO – 2014. É o que penso!

  6. LIA QUEIROZ diz:

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk NÃO HÁ OUTRA COISA PRA SE FAZER , SO RIR, KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  7. itamar de sousa diz:

    na epoca da federalizaçao da ESAM,passando a AFESAM,com a inclusao ,e a extensao de varios cursos.
    foi dito aqui em MOSSORO pelos os seus opositores,que o presidente LULA VINHA INAUGURAR UM MURO NA ESAM.
    isso foi dito e repetido exaustivamente pelo o sistema de comunicaçao da nossa governadora.
    eu nao me admiro dessa desinformaçao da nossa governadora.isso ja era esperado,alias,eu ja havia pensado nisso!!!!

  8. Amauri Araújo de Moura diz:

    Como também já dizia minha velha vó, a Governadora perdeu uma grande oportunudade de ficar calada, a pouca mais de 100 dias, todas as mazelas que existiam na segurança, eram da falta de competência do Governo Estadual, como muito bem vc colocou CS e agora passados estes 100 dias, sem nenhuma ação por parte deste governo e com todo este aumento da criminalidade, vem a Governadora dizer que é culpa do Presídio Federal. Governadora assuma também a sua incompetência diante de uma situação tão desastrosa, fica menos feio que ficar colocando a culpa em governo que já passou. Vamos arregaçar as mangas e começar a trabalhar, já se passaram 100 dias e ainda não vimos pra que a Sra veio.

  9. ze roberto diz:

    Na construção da Usina Jirau,lá por Rondonia,os incentivos estão gerando inicialmente,23 mil empregos,nas pequenas cidades,no seu entorno,a prostituição anda a mil,os cabras tão comendo anjo,assassinatos e roubos,correm solto,para acabar,que não acaba,pode diminuir,não existe um modelo,cabe aos governos e cidadãos,cada um assumindo o seu “pedaço” e parar de procurar chifre em cabeça de cavalo.
    Ah! Eu ainda não matei o meu.Homi,vá cagar!

  10. Paula - Paraú-RN diz:

    A senhora Governadora dá uma demonstração clara de que não estava preparada para assumir os destinos do RN.
    Que pena, as esperanças dos norteriograndenses já começam a se apagarem, também com uma declarações dessa a nossa gov. já disse a que veio.
    Pobre RN!

  11. Izaurinha diz:

    nao acredito q a gov.rosalba deixara a coisa como estar,… acredito sinceramente cada comentario aqui nessa postagem traz um fio de esperança.. nada mais a declrarar! a mulher ta so arrumando a casa bagunçada… as criOnças fizeram o dever de casa errado, tiraram as cadeiras do canto.. fizeram baderna …bagunçaram o todo, agora eh tempo de pô-las tudo em ordem, é só esperar! vamos na ordem do dia..”arrumaçao” eh a palavra, aguardemos pois!

  12. Clara Mansur diz:

    Cala a boca, Magda!

  13. AGEPEF BRUNO CEZZAR diz:

    A ASSESSORIA DESSA GOVERNADORA NÃO DEVE ESTAR FORNECENDO AS INFORMAÇÕES CORRETAS:
    O PRESÍDIO ESTADUAL CONTRIBUI MUITO MAIS COM A FALTA DE SEGURANA DE MOSSORÓ COM AS FULGAS E REBELIÕES QUE GERA. A POLÍCIA CIVIL AINDA AGUARDA A NOMEAÇÃO DOS NOVOS AGENTES E DELEGADOS PARA PODER FAZER UM TRABALHO MAIS DIGNO NO ESTADO.
    E O SALÁRIO DE MISÉRIA QUE É PAGO AOS AGENTES DE SEGURANÇA PÚBLICA NÃO AJUDA EM NADA A SENSAÇÃO DE SEGURANAÇA DO POVO MOSSOROENSE.
    AINDA BEM QUE NESSA CIDADE EXISTEM PESSOAS COM O MÍNIMO DE BOM SENSO QUE NÃO SE DEIXAM LEVAR POR DECLARAÇÕES POLITIQUEIRAS SEM FUNDAMENTO.

  14. Junior diz:

    Olá, sou Agente Penitenciário Federal, não sou lotado em Mossoró mas, como disse o autor da matéria, “jogar a culpa” no Presídio Federal é, no mínimo, absurdo e demonstra falta de comprometimento com os mossoroenses. O que se sabe, na realidade, é que nas cidades que receberam presídios federais (Campo Grande/MS, Catanduvas/PR, Porto Velho/RO e Mossoró/RN) houve significativo aumento de empregos diretos e indiretos, aquecimento da economia local e a disponibilização do material humano (agentes federais) para apoiar as penitenciárias estaduais locais no auxílio a intervenções, revistas, treinamento e capacitação dos agentes estaduais, e etc.

  15. Agente Fabio PFCAT diz:

    Nem moro aí, nunca ouvi falar dessa tal Governadora, mas me desculpem pela desinteligência dela, “eu sinto vergonha pelos outros”.
    Uma pessoa que deveria ser inteligente o bastante para governar alguma coisa, que fosse um fogão ou um estado não pode falar um asneira dessa.

    É óbvio que a violência é culpa do ESTADO inerte e que não valoriza seus profissionais, no caso mais especificamente da área da segurança.

    Ela devia voltar pro primeiro grau, pois seu nível está bem abaixo da média. Nunca achei que iria ouvir tamanha besteira.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.