segunda-feira - 15/10/2018 - 13:20h
Sem reeleição

Quase 70 parlamentares perdem foro privilegiado


Garibaldi e Agripino: sem retorno (Foto: arquivo)

Do Congresso em Foco

Sem mandato, sem foro privilegiado. Essa será a situação, a partir de fevereiro de 2019, de quase 70 parlamentares que não se reelegeram e respondem hoje a algum tipo de acusação criminal no Supremo Tribunal Federal (STF).

Entre os que devem perder a prerrogativa de só serem julgados pela mais alta corte do país estão o senador Romero Jucá (MDB-RR), o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), o deputado Cabo Daciolo (Patriota-RJ), ex-candidato a presidente, e o líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE).

Entre os parlamentares potiguares, o Congresso em Foco levantou os nomes do deputado federal Felipe Maia (DEM), além dos senadores Garibaldi Filho (MDB) e José Agripino (DEM).

Veja mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João Paulo diz:

    De quebra, no Dem do RN, pai e filho perdem seus mandatos. Que coisa. Tempos difíceis para a família Maia do núcleo agripinista.

  2. João Claudio diz:

    Para aqueles que gozam da $impatia do Boca de Cururu, a perda do foro não significa nada.

    Portanto, tudo como dantes no cabaré de Abrantes.

  3. Jarleide diz:

    Não vejo a hora!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.