segunda-feira - 30/03/2020 - 21:46h
Crise coronavírus

Senado aprova auxílio de R$ 600/mês para informais


Do Congresso em Foco

Os senadores aprovaram nesta segunda-feira (30), por unanimidade, o pagamento de um auxílio emergencial de R$ 600 para trabalhadores informais durante a crise decorrente do novo coronavírus.

Sessão deliberativa remota do Senado confirmou posição da Câmara Federal (Foto: Senado)

O auxílio será pago por três meses por intermédio dos bancos públicos federais. O PL 1066/2020, também apelidado de “coronavoucher” ou “PL da renda mínima”, foi aprovado na semana passada pela Câmara dos Deputados.

Logo após a aprovação da matéria, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), publicou mensagem em uma rede social solicitando ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a sanção imediata do projeto. Alcolumbre está em isolamento domiciliar em razão do diagnóstico por covid-19.

Inicialmente o governo propôs uma ajuda de R$ 200. Diante da movimentação dos deputados, que articulavam a aprovação de um benefício de R$ 500, o governo cedeu e fechou com a Câmara um acordo para triplicar o valor inicial.

Alcance

De acordo com o projeto, duas pessoas de uma mesma família poderão acumular benefícios. O auxílio emergencial substituirá o benefício do Bolsa Família nas situações em que for mais vantajoso.

Nesse caso, a substituição será feita automaticamente. Para as mães que são chefe de família (família monoparental), o projeto permite o recebimento de duas cotas do auxílio, totalizando R$ 1,2 mil.

Estima-se que mais de 30 milhões de pagamentos mensais serão feitos nos moldes da proposta nos cálculos da Instituição Fiscal Independente (IFI). O impacto fiscal estimado é de cerca de R$ 60 bilhões em 2020.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. João Claudio - Mãos lavadas e enxaguada com água do poço. diz:

    600 reais é uma merreca.

    O povo tem mesmo é que botar a faca no ( * ) desse dublê de líder se classe estudantil, e exigir que ele devolva cada centavo surrupiado do lombo dos trabalhadores. Leia-se dinheiro arrecadado através de altos impostos.

    O trabalho vai voltar a normalidade após o fim da pandemia.

    P. S – Adélio Bispo nāo fez um bom serviço. Poderia ter caprichado.

    Lastimável, ora pois.

    • João Claudio - Mãos lavadas e enxaguada com água do poço. diz:

      Mais: se submetem essa praga ruim a um teste de líder de classe, ele leva ‘pau’.

      Os filhos são reprovados em teste para flanelinha. Não passam de pulhas e corruptos – Leia-se ‘rachadinha’.

      Mais: o que ainda o mantém o filho da puta no cargo, são três cidadãos de bem e bem intencionados:

      Moro, Mandetta e Guedes.

      O resto é lixo. LI-XO.

      P. S – A atriz entrou no cabaré a pouco tempo. Não dá para avaliar o seu trabalho.

      O Mourão parece ser boa gente. A conferir.

      A primeira dama só apareceu em público no dia da posse. Também não pode ser avaliada, mas, coitada, deve sofrer barbaridades ao deitar todas as noites na mesma cama do filho da puta estúpido, invilizado e ignorante.

      E assim caminha esta merda de país, há duas décadas governado por pulhas da pior espécie, farinhas ruins do mesmo saco.

      • Carlos Andre Gomes de Araujo lima diz:

        Quanto a sua governadora Vai disponibilizar de dinheiro para cada cidadão que ficará sem renda por motivo desta quarentena?

  2. NEY diz:

    QUE ÓDIO DESEJANDO MAL AO PRÓXIMO..

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.