sábado - 29/02/2020 - 23:38h
Disputa a vereador

“Sobras” são esperança para êxito nas urnas


Em 2020 é possível que tenhamos um maior quociente eleitoral em Mossoró, em relação ao registrado em 2016, último pleito municipal. Ou seja, para eleger pelo menos um vereador, qualquer sigla precisará somar de 6,5 a 7 mil votos com sua nominata.

Em 2016, o quociente eleitoral foi de 6.421 votos.

Outra hipótese de eleição, mesmo sem atingir o quociente eleitoral, é pelas “sobras”. Nesse regramento que já valeu no pleito federal e estadual em 2018, o partido que não conseguir atingir o quociente eleitoral, mas se aproximou dele, pode eleger alguém.

Nas sobras, partidos com maiores médias, independentemente de não terem atingido o quociente eleitoral, participam dessa ’filtragem.’

O cálculo é feito depois de se formar a lista de eleitos pelo quociente eleitoral. Distribuem-se as sobras entre todos os partidos que estão na disputa e as maiores médias não diretamente ocupadas pelo critério do quociente eleitoral, acabarão sendo usadas para a eleição dos demais candidatos.

Menores podem sonhar

Um exemplo: o quociente eleitoral é de 6,5 mil votos, mas o Partido de Carlos Santos (PCS) somou com seus 32 candidatos o total de 6,2 mil votos. A soma é superior à obtida pela nominata dos demais partidos.

Assim, o mais votado no PCS acaba sendo eleito pela sobra. Contudo tem um porém: o candidato a ser beneficiado precisa ter obtido pelo menos 10% do total do quociente eleitoral. Se o quociente for 6,5 mil, sua votação pessoal não pode ser inferior a 650 votos.

Há possibilidade que tenhamos gente vitoriosa em Mossoró, com esse favorecimento da legislação. A nova regra cria oportunidade para que as siglas de menor porte também possam sonhar com eleição e a tendência é que a Câmara Municipal tenha grande número de partidos representados na próxima legislatura.

Veja clicando AQUI, como é feito o cálculo do quociente eleitoral.

Leia depois: Chapões são o “salve-se quem puder” no governismo;

Leia depois: Alguns vereadores pensam até em desistência.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Rocha Neto diz:

    É, teremos muitas surpresas no resultado final das eleições do ano fluente, creio numa renovação do atual quadro do legislativo municipal, em torno de 60/70 %. Tem vereador feito carrapeta com pino torto, não tem a mínima noção do que poderá ser o tamanho e lugar da queda, pois os batedores de esteira são poucos, e agora são mais sagazes e caros.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.