segunda-feira - 20/07/2020 - 08:20h
Veja

Tibau desafia Covid-19 com festa

Com paredões de som, muita gente aglomerada, manguaça e sem qualquer proteção (como uso de máscaras), dezenas de pessoas fizeram festa na cidade-praia de Tibau (42km de Mossoró e 337 de Natal) nesse fim de semana.

Tiraram o atrasado das restrições impostas para prevenção à Covid-19.

Ninguém se preocupa com eventual falta de leitos de UTI, desemprego crescente, possibilidade de contaminar parentes em casa e no trabalho (quem trabalha, claro).

Vale mesmo viver como se não houvesse o amanhã.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Gerais / Saúde

Comentários

  1. Carlos diz:

    Vem aí a segunda “onda” de covid sem termos nem chegado perto de ter superado a primeira. Aguardemos-pois !!

  2. João Claudio diz:

    A boiada tá solta, desembestada, desenfreada, louca e espalhando Covid por onde passa.

    Tradução:

    O gado tá como nunca.

    Pena que todos eses aí, caso se contaminem, vão ocupar um leito de UTI e, quem sabe,ocupar a vaga de um idoso que se previne desde o inicio da pandemia.

    A esses irreeponsáveis e adeptos do canalhismo, uma única medida do governo os faria irem pra casa bem ‘ligêrin’: anotar os CPFs de cada um e entregar um aviso com o seguinte texto:

    ‘O Senhor/Senhora está desobedecendo as orientações de FICAR EM CASA. Portanto, caso o Senhor/Senhora seja DIAGNOSTICADO COM A COVID-19, procure um hospital PARTICULAR, haja visto que o seu nome vai estar NEGATIVADO na rede PÚBLICA de saúde.

    Durante o flagrante, o fiscal entregaria ao irresponsável a tabela de preços fornecida por um hostipal particular, tais como: preço da diária de UTI; serviço médico; diária de enfermaria e apartamento; medicamentos, etc.

    Isso já seria suficiente para fazer com que todos os irresponsáveis ficassem em casa.

    Não pode fazer isso? Pode, sim! É só criar uma Lei que vigore do inicio ao final da pandemia.

    O que não pode é o contribuinte pagar todas as despesas hospitalares para pacientes irresponsáveis que estão se lixando para a vida do próximo.

    Enfim, da mesma forma que os comerciantes negativam o CPF no Serasa e no SPC, por FALTA DE PAGAMENTO, o governo poderia negativar no atendimento à saúde, por FALTA DE RESPONSABILIDADE.

  3. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Irresponsabilidade. Arriscam as próprias vidas na farra e a de outros que se encontram em recolhimento. Depois, a culpa é do governo.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.