terça-feira - 26/03/2019 - 23:48h
RN

Três governos de uma nota só


Robinson Faria, Fátima Bezerra e Rosalba Ciarlini: o Rio Grande do Norte na mesma ladainha (Foto: Web)

Os últimos dois governadores do RN tiveram como principal plano de gestão o pagamento salarial de servidores do Estado.

Foi assim com Rosalba Ciarlini (DEM, hoje no PP), que chegou ao fim do mandato atualizando folha, graças ao saque de mais de 200 milhões do Fundo Previdenciário (FUNFIR) em dezembro de 2014.

Foi assim com Robinson Faria (PSD), que atrasou salários por 36 meses consecutivos e repassou governo com débito de duas folhas integrais e mais duas incompletas.

Com Fátima Bezerra (PT), a prioridade e promessa não são diferentes. Não há plano algum acima desse: tentar atualizar folha do funcionalismo.

Pobre Rio Grande do Norte Sem Sorte.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política / Só Pra Contrariar

Comentários

  1. Eugenio Pacelli M Pinheiro diz:

    É muito triste ficar observando mais um governo sem planos, sem perspectivas, sem ações, sem futuro mesmo… O que fazer? Eis a grande questão …

  2. M.D.R. diz:

    A mesma sintonia, até agora só blá-blá-blá. Já está na hora de uma
    G R É V E. G E R A L.

  3. João Claudio - 'The Choco'. diz:

    A foto e o fato.

    - Eu chamei vocês dois aqui pra dizer que me sinto mais perdida que cachorro de pobre em dia de mudança. Eu preciso de luz, eu preciso saber onde fica o fundo do poço, se é que nesse poço existe fundo. Eu estou deverasmente chateada pelo fato de eu já ter xingado vocês e até a mãe de Pantanha, e hoje eu vejo claramente que o feitiço virou contra feiticeira. Ou, se me permitem, estou provando do mesmo veneno que eu tanto empurrei na goela de vocês.

    - Mulé, não de desespere. O baile sequer começou. A orquestra ainda está afinando os instrumentos. O que é bom tá guardado para o Grand Finale que deve acontecer no seu último ano de governo. Portanto, guarde as suas energias e torça pela liberdade do seu chefe.

    - Rosinha tem razão. Quando o povo devolve o fumo que a gente empurra neles, esse fumo costuma retornar maior e mais grosso.

    - Ai! DETESTO TODO TIPO DD FUMO. SAI PRA LÁ. XÔ!!!

    - Acalme-se! O governador da segurança não quis amedronta-la. Fumo é fumo. Você tem de se acostumar. Se espernear dói mais.

    - Eu perdi muito sono com a maldita sindicalhada. E olha que eu fui eleito o governador da segurança.

    - Pois eu sou sincera em dizer que tirei muito o sono de vocês.

    - Mulé, me diga. Você já conseguiu dormir direito depois que tomou posse?

    - Nenhuma noite. E você? Consegue?

    - Eu dormi bem depois que comecei a fazer praças.. Mulé, o povo pobre adora praça. Até parece que são influenciados por Ronnie Von. Mas, deixa eu continuar a conversa. Dormi bem melhor quando o povo soube que eu vou raspar o fundo do pote e ‘daná todin’ no Mossoró Junina.

    - Kibon, Rosinha.

    - Eu ainda não terminei. Deixe eu terminar. Quando eu já estava começando a sonhar um sonho lindo (o sonho da reeleição), eis que o maldito asfalto Sonrizal dá as caras, e justamente na ‘rua que vai pro Shopping’. Já tem gente pescando nas ruas. Chuva é bom, mas destrói prefeito que nem presta.

    - Concordo com a Rosinha. Eu fui à Colômbia aprender como se faz segurança. Ao retornar, recebi achincalhes até da falecida Maria Preá. Portanto, o povo é que não presta.

    - Nã! A continuar assim eu devo jogar a toalha antes de Outubro.

    - Se acalme, Mulé. Faça como nós: Não ligue. Se jogarem ovos na sua cabeça, agradeça, leve pra
    casa e faça omelete.

    - Eu já tô morrendo de medo desse povo ir até a governadoria e exibir a faixa ‘FORA, GORPI’.

    - Como ex governador e genro da filha do homem do baú, só me resta perguntar: Num foi a Senhora e o seu partido que criaram esse slogan?

    - Foi, mas o objetivo são os outros.

    - Mulé, você quis dizer que pimenta só arde no ( * ) dos outros?

    - Eu imaginava que sim. Só me dei por conta que arde em mim também, depois que larguei o Céu (senado) e entrei de corpo e alma no inferno. Eu não queria, mas a cúpula da $eita dizia: Vá, vá, vá…Acabei fondo e estrepada. Se não fosse o meu vice….Sei não, viu? A merda estava mais fedida ainda.

    - Madames, a conversa está boa, mas eu tenho que me despedir. Estou visitando as bases no sentido de voltar à vida publica. Dinheiro farto e fácil de ganhar.

    - Eu vou fazer o mesmo. Acabo de ser informada que o asfalto tá se desmanchando em todo o país de Mossoró.

    - Obrigada pela ajuda de vocês. Eu vou continuar tocando o barco furado. Se eu naufragar, não sintam pena de mim haja vista eu nunca ter sentido pena de vocês.

    - NÓS SEMPRE SOUBEMOS DISSO KKKKKKKKKKKKKKK Não se esqueça de usar colete salva vidas e, em caso de acidente, passe longe do Walfredo, viu?

    - (bem que João Claudio diz: Entrei de gaiata no navio furado. O que ele não sabe é que estou preparada para entrar pelo cano).

    - Ei, tem a última. Você vai ou não calçar o coturno, ir à Cortupinópoles e bater continência para o Capitão?

    - #$%&##$¥€%*$$( * )$$%&#$#

    - KKKKKKK EU SABIA. VOLTOU ÀS RAÍZES. BOA SORTE, GÓRPI.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.