quinta-feira - 27/03/2008 - 21:26h

TSE cassa primeiro deputado federal por infidelidade


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, na sessão plenária de hoje (27), o primeiro parlamentar acusado de infidelidade partidária. O cassado é o deputado federal Walter Brito Neto (PRB-PB).

Ele teve o pedido de decretação de perda de seu cargo eletivo (Pet 2756) ajuizado pelo Democratas (DEM), seu antigo partido. Por unanimidade, os ministros entenderam que não houve comprovação nos autos pelo deputado de que teria sofrido discriminação, como alegou em sua defesa.

O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), trouxe seu voto-vista na sessão desta quinta-feira. Ele afastou as preliminares e acompanhou o voto do relator, ministro José Delgado, que votou pela cassação do parlamentar.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria

Comentários

  1. Paulo Gilberto Morais dos Santos - J. Pessoa (PB) diz:

    O cara era vereador, caiu na tentação de querer aparecer numa tribuna que lhe conferiria mais visibilidade, incorreu na tal da infidelidade partidária e perdeu o mandato. No popular: foi com muita sede ao pote e morreu afogado.

  2. Paulo Gilberto Morais dos Santos - J. Pessoa (PB) diz:

    Os amigos já imaginaram como estão os próximos candidatos à forca? No popular, de novo: “torando aço”! Aí na minha terra tem algum? Fico torcendo para que sim, pois esse povo (os parlamentares) tem que tomar vergonha na cara.

  3. TOMAZ NETO diz:

    O primeiro a ser cassado tinha que ser do NORDESTE, por que não do SUL.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.