quarta-feira - 30/06/2010 - 08:11h

TSE mantém regras sobre coligações


O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, na sessão administrativa desta terça (29), a jurisprudência da Corte de que partidos coligados para eleição majoritária estadual devem respeitar essa coligação no lançamento de candidaturas ao Senado Federal.

Segundo o TSE, apenas para as eleições proporcionais é possível formar mais de uma coligação entre os partidos que compõem a coligação do pleito majoritário.

Simplificando a decisão, tratando-a à realidade do Rio Grande do  Norte e sua barafunda política: tudo fica como está.

O sonho do governismo, por exemplo, de atrair para a chapa do governador Iberê Ferreira (PSB) um nome do PR, para ser candidato a vice, que seria o deputado federal João Maia (PR), não prospera com a interpretação do TSE.

A expectativa ainda, do governismo, de ter aumentado seu tempo em rádio e TV, sob esse mesmo ângulo, não avança.

Na oposição, a esperança da candidata ao governo, senadora Rosalba Ciarlini (DEM), era de aumentar tempo em rádio e TV com apoio legal do PV da prefeita natalense Micarla de Sousa (PV). Por essa decisão, não terá.

Saiba mais detalhes sobre a apreciação dessa matéria no TSE clicando AQUI.

Categoria(s): Sem categoria

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.