sexta-feira - 30/01/2015 - 22:49h
Assembleia Legislativa

Uma contenda da qual nem todos escaparão


De perto, cá onde estou há alguns dias – a trabalho, é fácil perceber: as eleições da Assembleia Legislativa não diferem em nada aos pleitos nas câmaras municipais.

O vale-tudo não poupa ninguém.

Ranços pessoais, interesses menores e aspirações inconfessáveis produzem uma tensa disputa nos bastidores.

A contenda caminha para final eletrizante.

Entre mortos e feridos, nem todos devem escapar.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Isto leva todos a pensarem que existem interesses espúrios envolvendo esta disputa.
    Não pode ser apenas pelo salário que praticamente dobra.
    O poder de barganha que um Presidente de Assembleia tem é enorme. E como eles são especialistas no uso da moeda de troca a coisa se torna mais do que rendosa.
    Isto que acontece no RN acontece em todos os estados e mais ainda na disputa em Brasília pela presidência da Câmara Federal. Basta dizer que neste exato momento todo tipo de promessa é feita, inclusive de outro AUMENTO SALARIAL PARA OS DEPUTADOS e de quebra AMPLIAÇÃO DE GABINETES.
    No Senado a disputa leva a coisas ainda piores, basta ver quem são os candidatos.
    Quem paga toda esta IMORALIDADE são os contribuintes a quem político corrupto chama de otários e condenada em primeira instância, rindo, de aceitadores de tudo caladinhos.
    Até quando eles nos verão como otários e cordeirinhos?
    Até quando continuarmos a aceitar tudo caladinhos.
    Ontem mesmo, Cinquentinha, o mais votado dos oposicionistas autênticos nas últimas eleições, pediu-me que publicasse a LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES. Publiquei e ele, CINQUENTINHA, oposicionista autêntico, não deu um pio. Aceitou tudo caladinho. Vamos, Cinquentinha, diga o que você fará, se eleito prefeito de Mossoró, com esta LEI DA MORDOMIA DOS VEREADORES. Não diga que sendo prefeito com esta IMORALIDADE não poderá acabar por se tratar de LEI que dependerá de votação na CMM.
    O que o prefeito quer aprovar na CMM que não aprova?
    Estas disputas pelas presidências das casas legislativas, da maneira que acontecem, envergonham todos os brasileiros. Menos aos políticos.
    Zé Buchudinho diz que não vai perguntar porque não envergonha aos políticos. Zé Ruela ri e dá a entender que também já sabe porque os políticos não se envergonham disto nem de nada. Eu complemento dizendo que isto não vai durar para sempre. Até porque, para sempre é muito tempo.
    //////////
    QUANDO SRÃO JULGADOS OS RECURSOS SAL GROSSO.

  2. Antonio Augusto de Sousa diz:

    Duvido, que nessa “briga de foice no escuro”, o objetivo maior seja conseguir maiores condições de servir ao povo.

    Aliás, o povo…”tadim” do povo!!!

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.