terça-feira - 30/07/2013 - 20:07h
Prioridade para Saúde

Vereador sugere bloqueio de propaganda em Mossoró


Diante da decisão do juiz da Vara Cível de Currais Novos, Marcus Vinícius Pereira Júnior, que decidiu pelo bloqueio de recursos da propaganda do Governo do Estado (veja AQUI), o vereador Genivan Vale (PR) – de Mossoró – desperta para a realidade local.

Genivan: bloqueio em Mossoró

O magistrado bloqueou recursos para atendimento a necessidades urgentes de Saúde Pública, que não é prioridade no Governo Rosalba Ciarlini (DEM), conforme atestou recentemente relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Em 2012, o Governo Rosalba despejou R$ 27.607.508,39 em propaganda e R$17.762.735,70 em Saúde – apontou o TCE.

- Seria interessante que houvesse bloqueio de recursos da propaganda em Mossoró até que abrissem a UPA (Unidade de Pronto-atendimento) do bairro Belo Horizonte e a UBS (Unidade Básica de Saúde) da Ilha de Santa Luzia – sugeriu ele à noite de hoje, através do seu endereço no Twitter.

Milhões

“Como pode-se alegar falta de recursos para abrir as unidades e gasta-se tanto em publicidade?” – emendou.

Este ano, o processo licitatório da Prefeitura de Mossoró prevê a aplicação de R$ 3,5 milhões em propaganda, sem se contar a divulgação indireta – a chamada “propaganda subliminar”.

A UPA do Belo Horizonte foi inaugurada com pompa, foguetório, atração musical e muitos discursos no dia 28 de dezembro de 2012, ou seja, há sete meses.

A então prefeita de direito, Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”, mesmo sabendo que nada iria funcionar, entendeu de “entregá-la”, por enxergar que seria um marco em seus oito anos de administração.

Desrespeito à vida

Realmente entregou. E, se serve de símbolo, é um monumento ao desrespeito à vida e à sociedade, além de tripudiar dos órgãos de fiscalização e Justiça.

Em relação à UBS da Ilha de Santa Luzia, há uma obra de reforma e ampliação que ficou só na placa. Nada é feito desde meados do ano passado.

Outra “herança” de Fafá.

E ninguém é punido, além do próprio povo.

Categoria(s): Comunicação / Saúde

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Carlos Santos
    Realmente seu blog é muito lido.
    Inácio Augusto de Almeida diz:
    30 de julho de 2013 as 17:27
    É o que dá gastar mais em propaganda do que em saúde.
    Parece até mentira, mas este governo gasta mais em propaganda do que saúde.
    Será que a Prefeitura de Mossoró não está gastando muito em propaganda?
    Não custa nada alguém dar uma olhadinha nisto.
    ////
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ
    ///
    Observem o horário do meu comentário.
    Comparem com o horário da sugestão feita pelo vereador.
    ” Seria interessante que houvesse bloqueio de recursos da propaganda em Mossoró até que abrissem a UPA (Unidade de Pronto-atendimento) do bairro Belo Horizonte e a UBS (Unidade Básica de Saúde) da Ilha de Santa Luzia – sugeriu ele à noite de hoje, através do seu endereço no Twitter.”
    O Twitter a que a matéria se refere é o do vereador Genivan Vale.
    ///
    O importante é o vereador não ficar só na sugestão.
    Não fazer o que fez no caso do preço da gasolina, quando se comprometeu a depois do recesso do final do ano dar início a uma campanha pela diminuição do preço da gasolina…
    Se quiser mesmo parar com esta sangria aos cofres municipais, entre com uma ação na justiça afirmando que a prefeita justifica a má prestação de serviços alegando falta de recursos.
    Inclusive pode citar o arrocho salarial promovido por esta prefeita que concedeu um reajuste de apenas 5,84% para uma inflação de 8%.
    São tantos os motivos que podem servir de argumentação para uma ação que não dá para enumerar todas elas num simples comentário.
    Sugestão, vereador, quem tem que dar são os que comentam em blogs.
    Vereador tem que tomar providências.
    Para isto foi eleito.
    Mas providências não toma.
    Fica sempre nas sugestões.
    Sugestões que leem nos comentários postados nos blogs.
    Poderia pelo menos citar o autor das sugestões que copia.
    /////
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  2. Francisco Alves Filho diz:

    Estamos com um sentimento desmedido com relação ao que é essencial e urgente. Se é que o essencial e o urgente não seja um autêntico pleonasmo.
    O Brasil gasta cerca de um trilhão de reais, ou seja, um R$ 1.000.000.000.000,00 (um trilhão de reais) com juros e amortização da dívida interna e externa. Estes dados podem ser conferidos no sítio eletrônico do Senado Federal.
    Explicando melhor. Dos impostos arrecadados da população, R$ 1.000.000.000.000,00 não retorna para esta mesma população na forma de saúde, educação e segurança.
    Este artigo fala que a Governadora utilizou cerca de 27.000.000,00 (vinte e sete milhões de reais) em propaganda e 17.000.000,00 em Saúde. Parece um absurdo e realmente o é. Mas dividindo R$ 1.000.000.000.000,00/27.000.000,00 dá cerca de 37.000 vezes mais.
    Quem é mais importante ou essencial? É o pagamento da dívida ou a divulgação dos dados desta matéria.
    Não esquecendo. Não quero justificar o que a Administração Estadual está fazendo. Muito pelo contrário. Agora não se pode olvidar do que é desviar cerca de um trilhão de reais todos os anos do Orçamento do País. Está aí toda a causa da miséria que passa o Brasil.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Francisco
      Há um equívoco no valor que o senhor apresenta como o que o governo paga de amortizaçãode juros.
      Até o dia de hoje, de acordo com o jurômetro da Fiesp-Ciesp, o governo este ano pagou a estratosférica quantia de 139.215.000,000,00. Isto até às 21h53 de hoje.
      Como o mês de julho já está praticamente encerrado, considerando que o gasto continue neste mesmo ritmo, não há porque considerar que esta velocidade aumente ou diminua, até o final do ano o governo terá pago de juros algo em torno dos 240.000.000.000,00.
      Vamos escrever por extenso:
      Você afirmou que o governo gasta um trilhão de reais só em juros.
      Na realidade o governo paga duzentos e quarenta bilhões de reais de juros.
      Uma quantia que faz muita falta a diversos setores da sociedade.
      Mas uma quantia QUATRO VEZES menor do que o senhor afirmou.
      Qualquer dúvida é só consultar o JURÔMETRO da Fiesp-Ciesp.
      E se o senhor se der ao trabalho de dividir o que o Brasil paga de juros pelo que a Governadora desperdiça em propaganda verá que o valor pago de juros é de 8.888 vezes e não de 37.000 vezes maior.
      Os juros são pagos por força de compromissos assumidos por vários governos, inclusive antes da era PT.
      Os gastos com publicidade são por pura vaidade de uma Governadora que se perdeu no tempo e no espaço.
      Comparar uma despesa com outra é querer passar sapo por jacaré.
      E no passar sapo por jacaré o time da privatização é o melhor que existe.
      Não sou petista e nunca votei e jamais votarei no Lula, a quem critico da forma mais contudente possível, forma tão dura que já fui acusado de pertencer ao PIG.
      Mas não aceito sebo de tripa por gordura.
      E discordo do senhor quando diz que a miséria que grassa no Brasil é por conta do pagamento de juros.
      Mais do que é gasto no pagamento de juros é tragado pelo ralo da corrupção
      A corrupção, sim, é a maior responsável pela nossa pobreza.
      Os juros um dia terminarão.
      A corrupção, tudo indica, será eterna.
      ///
      CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
      O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

      • Francisco Alves Filho diz:

        Senhor Inácio, veja que escrevi “juros e amortização da dívida”. Esta amortização é capital e outros serviços da Dívida. Portanto não é só juros. Um triłhão de juros, capital não são aplicados nas ações de Governo. Esta informação está contida na LOA/2013 no site do Senado Federal. Verifique. Se quiser mais detalhes posso informar-lhe, assim como posso aprender também.

        • Inácio Augusto de Almeida diz:

          Senhor Francisco
          Por favor, leia:
          “Orçamento federal de 2013: 42% vai para a dívida pública. Entrevista especial com Maria Lucia Fattorelli
          “Quase a metade do orçamento federal do próximo ano, exatos 42%, está destinada ao pagamento da dívida pública brasileira. Dos 2,14 trilhões de reais, 900 bilhões serão gastos com o “pagamento de juros e amortizações da dívida pública.”
          NOVECENTOS BILHÕES DE REAIS.
          NÃO UM TRILHÃO COMO O SENHOR AFIRMOU.
          Se o governo vai pagar R$ 240.000.000.000,00 de juros, fica implícito que vai amortizar R$ 660.000.000.000,00.
          O senhor, bem melhor do que eu, sabe que amortizar significa PAGAR o principal de uma dívida.
          O senhor, bem melhor do que eu, sabe que ano a ano o governo vem conseguindo diminuir a relação dívida PIB.
          Existem países cuja dívida ultrapassa os 100% do PIB, caso da Grécia que chega aos 120%.
          Atualmente a dívida brasileira é de confortáveis 58% do PIB.
          Como o PIB continua crescendo, como a dívida vem sendo amortizada, podemos imaginar que dentro de mais alguns anos o Brasil deixará de pagar juros.
          Ninguém paga juros se não tem dívida.
          O que está fazendo o Brasil passar por este aperto, além da crise econômica que o mundo enfrenta, é a CORRUPÇÃO desenfreada que acontece em todos os poderes e em todos os níveis.
          De Quirino dos Poleiros a Brasília a corrupção se faz presente.
          Até na compra de um pirulito tem corrupção.
          Corrupção com funcionários fantasmas, corrupção na merenda escolar, nas verbas da saúde, nos contratos de propaganda, etc.
          Acabando com a corrupção este país passa a crescer muito mais.
          Culpar o governo da Presidenta Dilma por este situação não é justo.
          Esta dívida vem desde a época de Juscelino kubitschek.
          Não foi inventada pelo Fernando Henrique Cardoso, muito menos pela Dilma.
          Meter na cadeia nos corruptos é o caminho mais rápido para o Brasil iniciar um processo de crescimento de causar inveja a quase todos os países do mundo.
          E isto poderia começar por mandar para os presídios os condenados no processo do mensalão. Os que praticaram a imoralíssima privatização e continuam soltos e mangando de todos nós. Prender todos os gestores corruptos, junto com suas empresas de assessorias que nada mais são do que grupelhos especializados na arte de ensinar a furtar e a fazer lavagem de dinheiro.
          Moralizando a administração pública a coisa deslancha.
          E deixaremos para os nossos filhos e netos um país bem melhor do que recebemos dos nossos pais.
          Foi um prazer trocar informações com o senhor.
          Um abraço
          ///
          CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
          O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  3. Amanda Rego diz:

    Nao sou de mossoro mas fico muito feliz pela atitude do vereador. mossoro é uma cidade muito rica e so vive maqueada pelas praças e propagandas, o povo de mossoro merece muito mais.

    acorda mossoro

  4. Herbenia diz:

    MUITO OPORTUNA A SUGESTÃO DO VEREADOR GENIVAN VALE!

  5. Elves Alves diz:

    Isso aí que é vandalismo, no sentido amplo do termo. Atividade política nestas paragens sempre foi um misto de delinquência e impunidade. Ninguém é preso ou punido adequadamente, mas ‘premiado’ por uma suspeitosa Justiça de calendas. Evidências da relação promíscua de empreiteiros e publicitários com o poder público sempre houve, e são de domínio público. Fazer o quê? Esperar a metástase moral tomar conta das instituições, ou que o formalismo estacionário decrete a falência da cidadania? Ou cumprimos todos a maldição dos medíocres acomodados?

  6. Marcos Pinto. diz:

    É inconcebível que a legislação vigente ainda permita esse tipo de lavagem do dinheiro oriundo dos erários municipais, estaduais e federal. Já está passando da hora de se propor e aprovar Lei que proíba rubrica orçamentária destinada à veiculação de marketing de administrações viciadas. Acabam tendo destinação ilícita, objeto de emissão de notas fiscais fraudulentas e engendradas nos escaninhos das agências de publicidade e veículos de comunicação. Que a nova lei trate de enquadrar a obrigatoriedade de veiculação sem ônus para esses erários, já que as rádios e canais de televisão são concessões públicas. Sei que a adoção dessa medida é remota, vez que as rádios e canais de televisões pertencem à Deputados Estaduais, Federais, Senadores, governadores e até Vereadores, que, cerrarão fileiras em oposição à essa medida saneadora, moralizadora nos gastos públicos com marketing enganoso/falacioso. Tenho dito.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Caro Marcos Pinto
      É a lavagem de dinheiro mais descarada que acontece neste país.
      Só para exemplificar, em IPU-CE, o contrato de publicidade da prefeitura com uma emissora de rádio que só é ouvida na cidade, dada a sua baixíssima potência, chega aos R$ 400.000,00. Pela metade disto dá para comprar a rádio e ainda sobra dinheiro.
      Na cidade Granja, a coisa ainda era pior. Digo era porque agora o prefeito mudou e não sei se a pouca vergonha continua.
      A rádio que pertence aos familiares dos prefeito, falam que a rádio é mesmo dele, recebia verbas da prefeitura e da cãmara, num total que ultrapassava os 100 mil reais mensais.
      Imagine uma cidade paupérrima, onde tudo falta, gastando em verbas publicitárias mais de UM MILHÃO E DUZENTOS MIL REAIS por ano.
      Este prefeito, ESMERINO ARRUDA, pai do secretário de esportes do estado do Ceará, teve que renunciar para fugir da cassação.
      Aqui em Mossoró os gastos com publicidade já ultrapassam a casa dos milhões. Dos milhões.
      Isto não pode continuar.
      Uso do dinheiro público para controle da informação.
      O pior é que estes preços absurdos só existem nas notas fiscais.
      Quando tudo isto será apurado?
      E é tão fácil apurar.
      Basta apurar quanto um comerciante paga num determinado contrato publicitário e comparar o valor com o que é pago pelo estado ou pela prefeitura.
      Pela contabilidade da emissora é possível verificar isto.
      Somente quando o corruptor e o corrompido forem para a cadeia é que esta canalhice terá fim.
      É preciso meter na cadeia os dois.
      O que fornece a nota fiscal fajuta é tão bandido quando o que furta o dinheiro público. Até porque está furtando também.
      Ou será que estes corrompidos, na verdade corruptos, não levam o dele na roubalheira?
      ///
      CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
      O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

  7. Raimundo nonato sobrinho nonato diz:

    Certo dia na Câmara um Vereador disparou: É muita pretensão, é muita audácia um sujeito querer desqualificar todo um trabalho científico e vir aqui dar uma nota a saúde de Mossoró que tem conseguido excelentes avanços, e desmerecer um trabalho de milhares de profissionais. Ele estava se referindo a mim. E ele tem apresentado números e mais números que não batem com a realidade. As pesquisas que eu tenho feito tem outros dados. Bom os fatos que mostram declínios administrativos e nos levam a atos de improbidade, que geram discursões, muitas vezes processos na justiça, só acontecem infelizmente porque o povo mossoroense ainda não consegui se desvincular da política do atraso que é dando que se recebe, e elegem muitas vezes pessoas despreparadas, desqualificadas, marionetes que vendem seus mandatos por meia dúzia de cargos Comissionados. A Câmara Municipal de Mossoró continua sendo muito mal representada.

  8. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Cinquentinha
    “É muita pretensão, é muita audácia um sujeito querer desqualificar todo um trabalho científico e vir aqui dar uma nota a saúde de Mossoró que tem conseguido excelentes avanços, e desmerecer um trabalho de milhares de profissionais.”
    Não me diga que você ouviu esta piada e não deu uma gostosa gargalhada.
    Eu aqui não consigo conter o riso.
    É ou não é para rir?
    Uma saúde que não tem médicos, remédios, leitos e equipamentos hospitalares, etc.
    Eu fosse você teria dito a ele que não estava tentando desqualificar a saúde em Mossoró.
    Começaria dizendo que ninguém pode abrir uma janela já aberta, arrombar uma porta já arrombada, desqualificar o que já é desqualificado.
    E perguntaria se ele e a família fazem uso da saúde pública em Mossoró.
    Voltei a rir.
    Quando eu me lembro que alguém teve a coragem de dizer “é muita audácia um sujeito querer desqualificar…”
    Vou parar porque não consigo deixar de rir.
    Faltou apenas você dizer o nome do autor da piada.
    Aproveitando que o tema é saúde (isto existe em Mossoró?), quanto ganha um agente de saúde?
    O salário. Somente o salário sem nenhuma gratificação.
    Até porque na aposentadoria o agente de saúde não recebe gratificação.
    ///
    CUSCUZ COM OVO SEM CAFÉ É SERVIDO NA MERENDA ESCOLAR
    O UNIFORME ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.