segunda-feira - 26/10/2020 - 10:14h
Mossoró

A visão “banana” da força-auxiliar de Rosalba Ciarlini

Candidatas da oposição protegem prefeita na disputa municipal 2020 e priorizam ataques a Allyson

No início do ano eleitoral de 2016, em que a atual prefeita Rosalba Ciarlini (PP) venceu pleito com maioria de 15.486 (11,73%), deixando seu principal contendor – Tião Couto (PSDB, hoje no PL) – com 51.990 (39,39%) votos, contra 67.476 (51,12%) dela, tudo indicava vitória fácil e de maioria esmagadora. Não foi o que ocorreu.

Estamos em 2020. De novo surgem pesquisas e não falta o contorcionismo do sistema que ampara nova candidatura de Rosalba, nome à reeleição, tentando desqualificar números ou confundir o eleitor. Tudo é muito sintomático e não deve causar surpresa a ninguém que acompanha a política mossoroense. Releve. Fique de olho nos fatos, nas ruas, nas redes.

Ilustração que retrata a cidade imaginária descrita por Gabriel Garcia Márquez (Reprodução)

Nesse aspecto, nada muda na campanha em andamento em Mossoró. Contudo, nela tem uma situação que causa estranheza.

É no mínimo esquisito, o comportamento de parte da oposição nessa atual fase da corrida eleitoral. Não revela temor de uma derrota ou ímpeto para vencer e, sim, pânico por crescimento vertiginoso do único concorrente (de verdade) que polarizou a disputa e é ameaça real aos Rosados: Allyson Bezerra (Solidariedade).

A prioridade, pelo visto, não é derrotar a prefeita Rosalba e o seu império familiar, recheado por compadres, comadres e sócios. O objetivo não é vencer, porém impedir que ela perca para outro nome da oposição.

Em suas peças de propaganda, memes e ataques em redes sociais, ‘adversários’ como Isolda Dantas (PT) e Cláudia Regina (DEM) são praticamente ignorados pela campanha de Rosalba. É como se não existissem. Em troca, ela também não é molestada.

Pelo visto, ganhou remissão de todos os pecados como gestora da administração que deixará para o sucessor (ou ela mesma) o maior rombo da história no erário municipal.

O próprio debate realizado pela TV Cabo Mossoró (TCM-Telecom) na última quinta-feira (22) foi esclarecedor quanto  a esse comportamento (veja AQUI). O adversário comum, o inimigo a ser derrotado, paradoxalmente não era Rosalba. O alvo era Alysson.

O discurso antissistema, antioligárquico, antirrosado, acabou dando lugar a um realismo fantástico que faria o nobel Gabriel Garcial Márquez ficar atordoado. Sua cidade fictícia, Macondo, bem poderia ser Mossoró, que não tem nada de ficcional em termos de política, por mais absurdo que pareça a estratégia das candidatas oposicionistas Isolda e Cláudia, de derrotarem o ‘colega’ de oposição, em vez de Rosalba e seu esquema.

Na língua Bantu, comunidade primitiva da Colômbia, país de origem do escritor, Macondo quer dizer “banana”. Na cultura brasileira, é substantivo com sentido figurado para expressar que alguém é idiota, acovardado ou apalermado.

Pelo visto, é assim que Cláudia e Isolda veem o eleitor comum, ao priorizarem a desconstrução de Allyson para protegerem Rosalba, facilitando sua reeleição.

Transformaram-se em força-auxiliar daquilo que deveriam combater.  E o fazem sem disfarce. Não por acaso, que estão atrofiando velozmente na preferência popular. Os bananas caminham para lhes causar profunda indigestão eleitoral e depreciação biográfica provavelmente irreparável.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Eleições 2020 / Política

Comentários

  1. Bruno diz:

    As duas candidatas já sabem que estão fora da disputa e pensa da seguinte forma se Alison ganhar e se fazer uma boa administração pode fica 8 anos com a reeleição porém ele ganhando é fizer uma péssima administração ressuscita Rosalba novamente , então acho que Claudia é Isolda prefere mais 4 anos de Rosalba pois não poderá tenta a reeleição 2024 e sem Rosalba candidata a campanha será mais equilibrada e foram que no fundo do peito de Claudia ela ainda sonha com o apoio de Rosalba em 2024.

    • Victor diz:

      Faz todo sentido sua leitura, Bruno. Optaram por bater no Allyson de 2024 a bater na Rosalba de 2020. Sem falar que ainda existe o Allyson de 2022, ano em que Claudia e Isolda, provavelmente, não ficarão em casa esperando a Copa do Qatar, que na dita edição será em novembro.

  2. Marcos Pinto. diz:

    Três palavras sintetizam este cenário enojante protagonizado pelas duas candidatas-trololós: RIDÍCULAS, INCOMPETENTES, INVEJOSAS. Maculam os anais históricos da forma mais vil, estrambótica e covarde. Uma lástima, pois.

  3. Marcos diz:

    A candidatura de Claudia Regina é um dos maiores absurdos existente , cassada e além de tudo é a chapa 2 de rosalba esta a serviço dela pra dividir a oposição tá tudo muito claro. Isolda faz um papel ridículo para evitar o ridículo que será sua votação. Alysson está contra tudo só tem o povo ao seu lado.

  4. Bruno diz:

    Quem está atrás nas pesquisas deve desconstruir a imagem dos primeiros colocados independente de primeiro ou segundo lugar isso acontece em qualquer lugar do país elas estão certas .

    • Marcelo Salazar diz:

      Sua palavras estariam certas se estivessemos em uma cidade grande livre de amarras culturais, mas aqui em Mossoró onde nem segundo turno temos, onde existe uma familia enraizada no poder décadas e temos uma candidata tão próxima a essa família que se confunde com ela, sua tese não se justifica. Isolda e principalmente Cláudia estão prestando um desserviço a cidade. Vai ter que ser contra todos e contra tudo.

  5. MSC diz:

    Estariam elas a atacar o candidato Allyson com a intenção de minimizar a incapacidade de enfrentar, se destacar, e conquistar pelo menos o 2º lugar . Hipócritas, incompetentes… Ao menos reconhecesse e aceitasse a sua reprovação e se conformassem com a alternância de poder. Affff

  6. George Nunes diz:

    Uma dica, o blog poderia colocar um aviso na página inicial avisando que faz campanha para o candidato Allyson, assim os mais desavisados não estranhariam essas “análises”, ou as peças publicitárias que aqui já foram postadas a favor do candidato

    “único concorrente de verdade”?

    Menos, bem menos

    E agora um candidato não pode mais ser criticado só porque está em segundo nas pesquisas?

    É uma emoção tão grande para defender o candidato, com argumentos que duelam com a realidade, que chega a causar estranheza. Acompanho o blog há anos e nunca tinha visto nada parecido.

    • Carlos Santos diz:

      Nota do Blog – Boa noite. Não há necessidade. Sou parcial, tenho lado, faço escolhas, sempre respeitando os contrários. Obrigado pela leitura fiel. Jamais leviano. Tudo que escrevo é assinado, não me escondo em nomes e endereços falsos, não produzo Fake news e jamais usei endereços de outros para me.esconder. Obrigado pela leitura fiel. Abraços

  7. Marcos Pinto. diz:

    Fiz um grande percurso neste final de semana pelos bairros periféricos de Mossoró, com paradas estratégicas em pontos referenciais de boa afluência. Sorvendo minha loira gelada, em silêncio garimpador, ouvi manifestações de opção do sufrágio do voto com larga margem para o jovem ‘pobresinho’ ALLYSON Bezerra. Manifestavam a intenção do voto respeitados por Uma espécie de protesto ao menosprezo da Rosalba ROSADUS para com os ‘pobresinhos’ das classes sociais mais humildes. Diante todo esse cenário, cabe ao ALLYSON administrar e ampliar sua luta, consolidando assim uma vitória já configurada no coração e na mente do povão. À conferir.

  8. Marcos Pinto. diz:

    Em adendo aos meus comentários anteriores: Onde se lê POBRESINHOS leia-se POBREZINHOS.@

  9. João Claudio diz:

    PER-FEI-TO.

    A Rosa asssistiu de camarote os nanicos atirarem pedras no ‘menino pobrezinho.’

    ‘Ulisses’ continua de pé enquanto que ‘Davi’ ainda balança a sua a funda, dispondo agora de apenas uma pedra que sobrou do debate: o eleitor.

    O provável The End:

    Izolda vai voltar à Assembléia. Claudia pode ser ‘agra$iada’ com um cargo na prefeitura. O candidato do Psol vai retornar à sala de aula, Ceição, à igreja, e o povo…
    tadin do povo, tadin do povo….a cantar”

    Só banaaaaana

    Só banana

    Só banana e nada mais

    (repete quantas vezes quiser)

  10. Marcelo diz:

    O senhor esqueceu de publicar a última pesquisa de intenção de votos.

    Isenção e imparcialidade renovam os votos de estima e consideração.

    :)

  11. Souza Júnior diz:

    Data vênia, o que acho mais esquisito e o malabarismo da opinião. Se aceita tudo de um lado, por que estranho que o principal empecilho pra unir a oposição foi justamente esse defendido, por sua intransigência e arrogância segundo conta a história dos bastidores das reuniões.
    Como diria o poeta, opinião tem nome e cheira mal em transmudar situação ao próprio ego.
    Almaaaaa, alllma segundo o gago.

  12. rodolfo diz:

    votaria em isolda mas ja percebi que votar nela é votar em rosalba. não adianta. vamos prestar atenção aos fatos, as ruas e as redes: Allysson Bezerra está perto de derrotar esse projeto de poder que ja passou da hora de tirar férias eternas.

  13. Fernando diz:

    A prática do petismo no oportunismo
    Política, sepultou a vida política do professor Josivam Barbosa, impondo-lhe
    Uma vice na chapa rosadista.

  14. Q1naide maria rosado de souza diz:

    É a ganância pelo Poder em detrimento do Corpo.Político, em sentido que dei há dias.

  15. Luiz Junior diz:

    Boa noite prezados.
    Excelente analise da situação, claro que não vai agradar aos que estão ai no poder diga-se de passagem mais é assim mesmo meu caro Carlos.Parabéns pela lucidez no que sempre escreve.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Essa página é “Nosso Blog”. Todos têm direito a concordar, discordar. Todos podem e devem ter opinião própria. Todos têm direito a fazer escolhas, ter lado, promover seu pensamento.

      Acho difícil encontrarem página mais pluralista e aberta do que essa.

      Abraços

  16. Cosme Ricardo diz:

    Prezado, Carlos perfeita sua análise.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.