• Expofruit - Teaser - 20-07-18 a 21-08-18 - Topo
quarta-feira - 15/10/2014 - 21:46h
"Souza"

Deputado eleito coloca seu mandato a serviço de Mossoró


Eleito pela primeira vez à Assembleia Legislativa com 20.440 votos, obtidos em 111 municípios, o ex-prefeito (duas vezes) de Areia Branca Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, vai pedir uma audiência ao prefeito mossoroense Francisco José Júnior (PSD).

Souza (à direita) salienta que será deputado estadual e não de um espaço municipal ou regional (Foto: TCM)

“Quero colocar meu mandato a serviço de Mossoró”, disse ele hoje à noite no programa Cenário Político da TV Cabo Mossoró (TCM).

Segundo Souza, apesar de Areia Branca ser sua principal base e berço político, “sou deputado estadual eleito do Rio Grande do Norte”. Disse que da mesma forma vai abrir diálogo com segmentos organizados de Mossoró.

Estará também com clubes de serviços, instituições filantrópicas (como Apae), Hospital do Câncer, universidades, entidades representativas da classe trabalhadora e do empresariado, além de organizações comunitárias.

Laços

Reiterou que sua postura “é uma obrigação e reconhecimento”, pois obteve 4.186 votos (3,98%) em Mossoró, o segundo colégio eleitoral em sua vitória, só perdendo para a própria Areia Branca, onde amealhou 7.283 (49,60%) dos votos. Salientou que foi o quarto mais votado em Mossoró.

- Toda a votação obtida fora de minha base foi maior do que o alcançado lá – simplificou.

Fez questão de frisar, que seus laços com Mossoró são profundos e antigos. Estudou e se formou em Agronomia na antiga Esam, é estudante de Direito da Universidade do Estado do RN (UERN), assumiu na cidade emprego na Previdência Social como concursado e seus avós por anos viveram em Mossoró.

O deputado eleito lamentou a perda de representatividade numérica e de nomes de Mossoró nas eleições deste ano. Entretanto ele raciocinou que sua ascensão é também uma forma de enxergar a política sob maior amplitude. “Meu slogan na campanha diz muito do que será meu mandato: A Costa Branca tem nome – Souza”.

Interiorização do desenvolvimento

Para ele, o ponto-chave do seu mandato será a defesa da “interiorização do desenvolvimento”, algo que sistematicamente advogou durante a campanha. Esclareceu que não faz uma pregação contra Natal e a Grande Natal, mas uma cruzada lógica que é pela pulverização de oportunidades e crescimento econômico para regiões diversas do estado.

Citou exemplos do Ceará e Pernambuco, em que a criação de polos econômicos descongestionou áreas metropolitanas conurbadas, respectivamente Fortaleza e Recife. “Educação, saúde e segurança pública devem ser tratados de forma diferente a partir de investimentos desconcentrados da capital, para que não tenhamos dos RN´s como acontece até hoje”, disse.

Quanto à disputa estadual e federal no segundo turno, foi claro. Manterá coerência. Apoiou Henrique Alves (PMDB) ao Governo do Estado e Dilma Rousseff (PT), “Vou continuar”.

O Cenário Político foi apresentado pelos jornalistas Vonúbio Praxedes e Marcello Benévolo.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. AVELINO diz:

    Alguém que votou nele e ajudou a elegê-lo deputado, esclareça por que dois nomes próprios (e não um nome e um apelido) pro mesmo político… Será o que eu estou pensando??? Viu como pega mal se ter um nome civil e um outro pra política???

Trackbacks

  1. [...] Justificou que colocaria seu mandato à disposição de interesses relevantes de Mossoró (veja AQUI). [...]

  2. [...] pelos jornalistas Marcello Benévolo e Vonúvio Praxedes, Souza disse em primeira mão (veja AQUI) que pediria a audiência e expôs os [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.