• Expofruit - Teaser - 20-07-18 a 21-08-18 - Topo
segunda-feira - 29/04/2013 - 08:33h
Eleições 2014

Fafá Rosado tenta sobrevida política sem prefeitura

Ex-prefeita encontra portas fechadas no DEM e PMDB e poderá pegar um atalho com PR de João Maia

A ex-prefeita de direito de Mossoró Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”, está com um pé no PR. As portas estão abertas. O presidente da sigla no Rio Grande do Norte, deputado federal João Maia, não esconde entusiasmo nem se furta de colocá-la à vontade para definir quando quer fazer o registro.

Fafá e Leonardo: João Maia é uma saída com seu PR (Foto Blog de Thaisa Galvão)

A ex-prefeita recebeu-o em sua mansão no bairro Santo Antônio em Mossoró, na sexta-feira (26), em jantar com a presença de outros convidados, como o secretário estadual do Turismo Renato Fernandes e empresária Ceiça Praxedes, casal dirigente da sigla em Mossoró.

Fafá e seu esquema tentam sobrevida e maior longevidade na atividade política, pós-Prefeitura de Mossoró.

O PR não é uma opção, mas um atalho, depois que ela costurou meios até aqui frustrados para se viabilizar no PMDB e no próprio DEM, como postulante à Câmara Federal nas eleições do próximo ano.

Historicamente, Fafá tinha laços com o PMDB, pelo qual foi candidata pela primeira vez a prefeito em 2000, ainda sob a batuta da hoje deputada federal Sandra Rosado (PSB).

Sandra

Mas em 2002, ela rompeu com a prima Sandra e o PMDB, saltando no PFL (hoje, DEM), de onde foi catapultada duas vezes à prefeitura e seu marido Leonardo Nogueira (DEM) para dois mandatos à Assembleia Legislativa. Tudo sob as bençãos da sua adversária de 2000, Rosalba Ciarlini (DEM), ex-prefeita por três vezes de Mossoró e atual governadora do Estado.

Fafá e seu agrupamento familiar querem mais.

Procuram manutenção de espaço na Assembleia Legislativa e vaga na Câmara Federal. Esses são seus sonhos.

A ex-prefeita não recebeu sinal verde do senador-ministro Garibaldi Filho (PMDB) para migrar do DEM para o partido. Desencorajou-a até, insinuando que seria mais justo que ficasse no DEM, a quem ela “devia muito”.

No DEM, o senador José Agripino (DEM) também não lançou ponte para Fafá ser candidata preferencial à Câmara Federal. Outro desapontamento para ela.

O deputado federal Felipe Maia (DEM), filho de José Agripino, é candidato preferencial à reeleição em 2014, mas oscila com possibilidade de retornar à vida empresarial. Aí Fafá e seu esquema cresceram os olhos, acreditando que a ex-prefeita seria o nome do partido para substitui-lo.

Felipe Maia deve ser mesmo candidato à reeleição. Sem ele, outro nome pensado como candidato em 2014 é do ex-prefeito de Pau dos Ferros Leonardo Rêgo (DEM), atual secretário estadual de Recursos Hídricos. Fafá, pois, estaria no rabo da fila, com chances remotíssimas de eleição.

É preciso lembrar que nesse enredo carregado de interesses, conflitos e frustrações, ainda existe o nome do atual deputado federal e ex-secretário da Agricultura do Estado Betinho Rosado (DEM), cunhado de Rosalba.

Recordações

Ele deverá tentar se manter na Câmara Federal e Mossoró é seu principal colégio eleitoral. Betinho, a propósito, não tem boas recordações da prima Fafá na prefeitura em suas campanhas.

Candidato, com ela na prefeitura, sempre teve apoio meia-boca. Em 2010, por exemplo, a prefeitura foi aparelhada para dar votos a Rosy de Sousa (PV), irmã da então prefeita natalense Micarla de Sousa (PV), concorrente à Câmara Federal.

Um terceiro nome Rosado candidato a deputado federal, em 2014, pode causar sérios prejuízos ao clã Rosado. Dividido, é pouco provável que o trio possa se eleger, ou seja, Betinho, Sandra Rosado e Fafá Rosado. Fafá, claramente, com menores chances, numa avaliação feita agora e se observando um cenário repleto de dificuldades.

Betinho foi prejudicado por Fafá

A peleja de Fafá é extremamente difícil e arriscada. Tem outro agravante.

A atual prefeita apoiada por Fafá, Cláudia Regina (DEM), priorizará a reeleição de Felipe Maia (DEM). Seu “compadre” José Agripino já contou com sua boa articulação e força de trabalho na primeira campanha de Felipe em 2006, quando coordenou conquista de votos para ele em Mossoró.

O caso, inclusive, gerou uma queixa de Rosalba e do seu marido Carlos Augusto Rosado (DEM), até hoje engolida à força, desiludidos porque Cláudia não apoiara Betinho (irmão de Carlos).

Esse era o principal argumento que os dois usavam para o desinteresse pela postulação de Cláudia à Prefeitura de Mossoró no ano passado. Só a engoliram porque não conseguiram viabilizar Ruth Ciarlini (DEM), vice-prefeita e irmã de Rosalba, à sucessão de Fafá Rosado.

Há considerável possibilidade que Fafá termine por fazer um “arranjo” dentro de sua própria casa. Mesmo inscrita no PR, é remota suas chances de ser candidata e de ser eleita.

A saída mais razoável, numa leitura fria dos fatos e conjuntura, é que seja candidata a deputado estadual, em substituição ao marido Leonardo Nogueira. O terceiro mandato consecutivo do parlamentar deve ser ainda mais difícil do que a reeleição em 2010, quando tinha a mulher na prefeitura.

Fafá não está acabada para a política. Tem carisma pessoal, é um nome  leve. Mas tem diante de si uma missão hercúlea. Com a prefeitura nas mãos não conseguiu implementar o elementar para quem aspira ser líder: criar um grupo próprio, com luz própria e força própria.

Sem a prefeitura e com sequelas de uma convivência difícil com o sistema de Rosalba e Carlos, essa sobrevida é muito complicada. Bastante complicada.

Categoria(s): Reportagem Especial

Comentários

  1. Francisco Bezerra diz:

    Carlos Santos os laços de Fafá não eram com o PMDB e sim com o Sandrismo. Os históricos contam que a família de Fafá jogava água quente nos bacuraus quando tinha comício de Aluízio na Pça do Codó, portanto nada de amor dessa família com o Aluizismo.

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Meu caro, há equívoco em suas observações. Equivocos parciais e outros consideráveis. Essa de “água quente” faz parte do folclore e do radicalismo em atos e versões. A família de Fafá, sempre comandada por um casal sóbrio e extremamente decente, Dix-neuf e Odete, jamais se imiscuiu em situações dessa natureza. “Seu” Dix-neuf participava das campanhas de Vingt Rosado com destinação financeira. No máximo, levava mulher e filhos para verem comícios e passeatas. Um casal de uma dignidade a toda prova. Quanto às afinidades, a família de Fafá foi para o “sandrismo” e PMDB, por gravidade e liderança de Vingt, depois de Sandra. Mas no próprio PMDB, os Alves começaram a cativá-los, a ponto de prestigiá-la com coordenação da Segov, secretaria especial no Governo de Garibaldi, que serviria para alavancar candidatura de Henrique Alves ao Governo. Mas esse projeto não se viabiilzou. Destaco, ainda, que Henrique teve apoio a deputado federal nos dois mandatos a prefeito que Fafá teve. Por debaixo do pano, foi isso que ocorreu. E obrigado pela participação em nossa página. ABração.

  2. Francy Granjeiro diz:

    Ta na maionese, ficou como Marina que ficou um bom tempo sem partido que hoje pulou para o dem/psdb de cerra aécio………PR do João Maia,partido sem um menor destaque,não têm sequer estrutura e,com ela seu partido fica reforçado.Ta na cara que é muito melhor com ela.
    Mas, o que vemos nesses políticos é apenas a multiplicação de interessados no dinheiro público.O novo partido o MD…é a mesma coisa, bater na cabeça ou embaixo do chapéu.

  3. Izaurinha diz:

    ja vjo essa deploravel possibilidade diferentxe: pelo fato da ex prefeita fafarosado ter descartado, humilhado e traido sua companheira de gestao ruth ciarlini irma da gov rosalba, melhor seria els a fafa procurar gustavo seu irmao hj simples secretario de cultura e seu escudeiro chicucarlos atualmente edil mossoroense; ambos de fato os principais mentores pelo estado deploravel q ruth sai da politica local. se a rosa eu fosse, daria mil gatos aos quatro q a sua irma e cunhado enveredaram no mundo do ostracismo: claudiaregina (atual prfeita) fafarosado, chicucarlos e guguta.

  4. erivan diz:

    SEJA EM QUALQUER PARTIDO ESSA SENHORA NUNCA MAIS VAI GANHAR NEM UMA ELEICAO .

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      ERIVAN
      Já mandou e-mails para estes órgãos cobrando o envio da verba para a compra do fardamento e do material escolar?
      Você também é responsável.
      Todos os que amam Mossoró tem que partipar desta campanha.
      E-mails ao FUNDEB, MEC, CGU, FALE COM A PRESIDENTA, etc.
      Chega de tanta discriminação com Mossoró.
      Não podemos aceitar isto calados.
      Que Deus nos proteja.
      HOJE, DIA 2 DE MAIO E O FARDAMENTO ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ.
      A PREFEITA DE MOSSORÓ GANHA MAIS DO QUE A GOVERNADORA DO MARANHÃO?
      A GOVERNADORA DO MARANHÃO GANHA R$ 15.409,95 por mês.RIVAN

  5. Fernando Amorim diz:

    “A ex-prefeita de DIREITO de Mossoró Fátima Rosado (DEM), a “Fafá”” KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  6. Robson sousa diz:

    Fafá e política tem tantas “intimidades” como Beduínos e o mar e Marinheiros
    com desertos.

  7. carlos diz:

    ñ tem votos nem pra conselho comunitario

  8. FRANSUELDO VIEIRA DE ARAÚJO diz:

    Todas essas assertivas tem um quê de realidade, mas, o que se vislumbra como inevitável é a divisão de uma monarquia/oligarquia e, consequentemente seus escombros que vão se delineando pelas vielas e becos da preclara falta de lideranças antes existentes nas disputa político/partidaria/familiar.

    Há um claro vácuo a ser preenchido por alguma liderança ainda não vista no país de mossoró, a qual com certeza, no futuro irá substituir esse vazio de lideranças numa cidade que clama por um oxigênio político renovado e em consonância com os anseios da maioria excluida do processo de distribuiçaõ da renda e da riqueza produzidas.

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE RAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      FRANSUELDO
      Já mandou e-mails para estes órgãos cobrando o envio da verba para a compra do fardamento e do material escolar?
      Você também é responsável.
      Todos os que amam Mossoró tem que participar desta campanha.
      E-mails ao FUNDEB, MEC, CGU, FALE COM A PRESIDENTA, etc.
      Chega de tanta discriminação com Mossoró.
      Não podemos aceitar isto calados.
      Que Deus nos proteja.
      HOJE, DIA 2 DE MAIO E O FARDAMENTO ESCOLAR AINDA NÃO FOI DISTRIBUÍDO EM MOSSORÓ.
      A PREFEITA DE MOSSORÓ GANHA MAIS DO QUE A GOVERNADORA DO MARANHÃO?
      A GOVERNADORA DO MARANHÃO GANHA R$ 15.409,95 por mês.

  9. B.Aragon diz:

    Ainda tem quem vote nessa Senhora?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.