quarta-feira - 01/07/2020 - 21:28h
Mossoró real

Falta de médicos e remédios em UBS irrita internauta


Do Blog Saulo Vale

A falta de médicos e de medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Mossoró irritou a internauta Luiza Araújo.

Não é para menos.Ela relatou o seguinte:

“Prefeita [Rosalba Ciarlini], deveria pensar um pouco no povo que não tem condições de pagar médico particular. Rodei ontem em três UBSs, comunidades e nenhuma delas tinha médicos. Isso é para o povo morrer também? Estamos cansados, eu particularmente cansei de todos vocês vereadores e dessa senhora que se diz prefeita”, queixou-se, no perfil do Instagram do Blog Saulo Vale.

A falta de medicamentos também foi alvo de críticas. “Nem medicação tem nas UBSs, precisando de reforma, funcionários mal educados, muitos deles estressados, para dar uma informação. Chega. O povo precisar acordar. Cadê o MP, [Ministério Público] que não vê isso?”, questionou.

A queixa de Luiza, quanto à falta de médicos e de medicamentos, é recorrente em Mossoró.

A Atenção Básica em Saúde não é prioridade, mas deveria ser.

Evitaria que muitos ch egassem a Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais gerais.

Em tempo: Em contato com o blog, a internauta informou que procurou a UBS do conjunto Vingt Rosado e a dos Pintos. Também a Comunidade de Saúde, situada no Centro da cidade.

Nota do Blog Carlos Santos -  Ano passado (veja AQUI), a gestão da prefeita Rosalba Ciarlini (PP) prometeu – e muitos inocentes acreditaram – que não faltariam mais remédios (como insulina) nas unidades de saúde do município. Haveria abastecimento garantido até o fim deste ano eleitoral de 2020.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política / Saúde

Comentários

  1. Ivone diz:

    é ser muito ingenuo acreditar nessa prefeita que so “subtrai”, desde que entrou e sumiu, para fazer plasticas

  2. Q1naide maria rosado de souza diz:

    O caminho é o médico particular, exercendo sacerdócio . Por mais que haja divergências em medicamentos, é ponto pacífico o tratamento na fase inicial.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.