• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
segunda-feira - 27/05/2019 - 08:44h
Pesquisa e política

Fátima Bezerra ganha crédito, mas com prazo de validade

Governadora precisa mexer-se, ser mais eficaz e diligente para não cair no fosso de antecessores

O resultado da pesquisa Retratos da Sociedade Potiguar, promovida pela Federação da Indústria do Estado do RN (FIERN) – veja AQUI, divulgada nesse domingo (26), mostra o Governo Fátima Bezerra (PT) com fôlego e aval popular. É um crédito, que se diga.

Há motivos para comemoração no governo, alívio até.

Empolgação, não.

Governadora tem motivos para comemorar, mas não é caso de empolgação nesse momento (Foto: UOL)

De fato, quase nada de consistente avançou sob a batuta da governadora Fátima Bezerra, que possa ser creditado a medidas tomadas por sua gestão. Tudo segue muito no limbo, um campo de incertezas.

O crédito é sobretudo decorrente de uma compreensão (que tem limites) de boa parte da população, sobre o próprio quadro falimentar do estado.

Compreensível, em face do entendimento de que ela recebeu um estado quebrado, com quatro meses de salários em aberto, déficit previdenciário monstruoso e crescente, baixíssima capacidade de investimento e escassos recursos para simples custeio.

Parte desse endosso do povo vem da capacidade de Fátima dialogar, talvez o grande mérito da atual gestão, com todos os segmentos políticos e sociais.

A conversa com o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), ao mesmo tempo em que ouve os líderes da indústria do RN, assentados na Fiern, tem contribuído para que a governadora tenha 55,35% de aprovação.

Mas é importante observarmos um dos ítens da sondagem feita pelo Instituto Consult, sob contratação da Fiern: – De uma maneira geral, como o(a) sr.(a) (você) classifica até agora, o Governo da Governadora Fátima Bezerra, para o RN?

Pelo menos 38,35% dos ouvidos o citaram como “regular”.

O eleitor em sua maioria mantém crédito na governante e evita um julgamento precipitado. Mas esse ativo pode se deslocar para o andar de baixo. Pode se transformar em passivo de imagem.

Tem prazo de validade, digamos.

Fátima precisa mexer-se, ser mais eficaz e diligente. Antecessores mais recentes viveram situação parecida e depois caíram num fosso abissal, sem recuperação.

E o Estado? É isso que está em suas mãos agora.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Opinião da Coluna do Herzog / Política

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Fátima não dialoga com todos os segmentos. Li, aqui mesmo, que Policiais e Bombeiros Militares já tentaram diálogo por quatro vezes com a governadora e não foram atendidos.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.