sábado - 17/11/2018 - 15:30h
Câmara de Mossoró

Izabel quer uso de sobra orçamentária para construir sede


Izabel: construção (Foto: Edilberto Barros)

Do Blog Saulo Vale

A presidente da Câmara Municipal de Mossoró, vereadora Izabel Montenegro (MDB), lançou ideia da criação de um fundo para custear parte da construção da sede própria do Legislativo, cujo terreno foi doado pela Prefeitura, no bairro Nova Betânia.

“A Câmara de Mossoró poderia seguir o exemplo de outras Câmaras no Brasil e fazer projeto de lei, criando um fundo de finalidade específica, para a sede própria. Pelo menos, para começar a obra”, diz a vereadora.

O fundo seria composto por recursos de sobras orçamentárias. “Ao final do ano, ao invés de devolver à Prefeitura recursos, como acontece com certa frequência, a Câmara aplicaria o dinheiro nesse fundo”, explica.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    ““Ao final do ano, ao invés de devolver à Prefeitura recursos, como acontece com certa frequência, a Câmara aplicaria o dinheiro nesse fundo”, explica.
    A única notícia que li a respeito de devolução de sobras de recursos à Prefeitura foi a realizada pelo Jório Nogueira. De lá para cá não tomei conhecimento de nenhuma devolução.
    Se aconteceu alguma devolução a divulgação foi pequena.
    A Prefeitura de pires à mão e o que poderia ser devolvido pela CMM à prefeitura para evitar demissões de funcionários pensam utilizar na construção de uma suntuosa sede.
    Passa da hora de repensar o valor dos repasses feitos ao poder legislativo em todo o Brasil.
    Prova de que é dinheiro em demasia são estas sobras orçamentárias.
    Como em Mossoró ninguém se manifesta, funcionários municipais serão demitidos pela Prefeitura para que a CMM tenha construída a sua luxuosa sede.
    O choro de funcionários demitidos ao ver seus filhos com fome não incomoda a todos.
    Cabe aos funcionários municipais se organizarem em defesa dos seus direitos.
    ////
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

  2. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Toda recurso disponível deveria ser encaminhado à Saúde e à Educação que agonizam.

  3. Manoel diz:

    Deveria sim usar sobras, mas também destinar parte do salário dos
    Vereadores para construir sua casa! Nada mais justo e correto!

  4. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Que não apareça ninguém com o argumento de que a construção de uma sede própria é mais econômica do que o pagamento de aluguel.
    O dinheiro que será gasto na construção, se aplicado em Letras do Tesouro, vai gerar recursos mensais para pagar várias vezes o valor do aluguel. E como o prédio é alugado, a manutenção do mesmo é obrigação do proprietário. Já uma sede própria sempre vai existir o que ser consertado, melhorado etc.
    Nenhum estudante de contabilidade, mesmo que do primeiro período, se deixará convencer com a balela de que é melhor construir do que alugar.
    Se o aluguel com o passar dos anos será corrigido, muito mais corrigido será o valor da construção aplicado em Letras do Tesouro.
    Todos sabem que com o passar dos anos os prédios envelhecem e se desvalorizam.
    Além do mais, no momento a Prefeitura precisa deste dinheiro para evitar demissões em massa.
    Não é possível que os funcionários municipais não se organizem e lutem pelos seus direitos.
    ///
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

  5. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Não é possível que o PSL não se pronuncie acerca da construção desta sede para a CMM numa época de grave crise econômica e com a Prefeitura precisando desesperadamente de recursos.
    Se o PSL ficar calado eu passarei a perguntar o que significa BRASIL ACIMA DE TUDO E DEUS ACIMA DE TODOS.
    ///
    NADA MAIS TRISTE E DIGNO DE PENA DO QUE A DECADÊNCIA DE UM CORRUPTO.

  6. Claudio diz:

    Como nós Mossoroenses iremos aceitar que seja gasto com uma obra sem finalidade nenhuma, um.verdadeiro gasto do erário público enquanto há tantos setores precisando de verbas

  7. Jeovani diz:

    Como pode uma Cidade como Mossoró precisando de outras prioridades, como iluminação pública, Saúde, Merenda para nossas crianças na escola, e a Senhora gastar verba pública dessa maneira, é melhor queimar dinheiro, total falta de respeito com o cidadão Mossoroense !!!

  8. Lair solano vale diz:

    Tenho uma sugestão Presidente Izabel.
    Financiar em um Banco o valor da construção e instalações para os senhores ( as ) parlamentares.
    Como pagar ? Em 20 ou 30 anos com 5% do valor recebido mensalmente da PMM. Se houver aperto , retira 50 % dos comissionados de todos os 21 vereadores. Simple e democrático. Se houver sobra , devolve todo para investir na Saúde e Educação .

  9. Marcos Juno diz:

    Pagar aluguel sai mais barato.Devolução das sobras e o mais acertado.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.