• Expofruit - Teaser - 20-07-18 a 21-08-18 - Topo
sexta-feira - 01/06/2018 - 23:04h
Brasília

Juiz federal condena Henrique Alves e Eduardo Cunha


Do G1

O juiz Vallisney Oliveira, da Justiça Federal de Brasília, condenou o deputado cassado Eduardo Cunha (MDB-RJ) e o ex-deputado federal Henrique Alves (MDB-RN), além de mais três pessoas, por envolvimento na cobrança de propina de empresários em troca de contratos com a Caixa Econômica Federal (CEF), na “Operação Sépsis”, deflagrada ano passado. Cabe recurso. Trata-se de decisão de primeiro grau.

Ex-deputados Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e Alves (PMDB-RN), durante sessão na Câmara (Foto: Luis Macedo/Câmara)

Saiba abaixo quem foi condenado, o crime atribuído, a pena de prisão e a multa a ser paga:

  • Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara: Violação de sigilo funcional, corrupção passiva e ativa e lavagem de dinheiro (pena: 24 anos e 10 meses, em regime fechado, mais multa de R$ 7 milhões como reparação do dano);
  • Henrique Eduardo Alves, ex-presidente da Câmara: Lavagem de dinheiro (pena: 8 anos e 8 meses de prisão, em regime fechado, mais multa de R$ 1 milhão como reparação do dano);
  • Fábio Cleto, ex-vice-presidente da Caixa: Violação de sigilo funcional, corrupção passiva e lavagem de dinheiro (pena: 9 anos e 8 meses, em regime fechado, seguindo termos da delação. Teve redução de 2/3 em razão do acordo);
  • Lúcio Funaro, operador financeiro: Violação de sigilo funcional, corrupção ativa e lavagem de dinheiro (pena: 8 anos, 2 meses e 200 dias; cumprirá prisão domiciliar conforme termos da delação. Teve redução de 2/3 em razão do acordo);
  • Alexandre Margotto, empresário e ex-auxiliar de Funaro: Corrupção ativa (pena: 4 anos, em regime aberto, considerando termos da delação. Teve redução de metade em razão do acordo).
  • A decisão do juiz foi tomada em um processo no âmbito da Operação Sépsis, que apura o pagamento de propina para liberação de recursos do Fundo de Investimentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS), administrado pela Caixa Econômica Federal.

    Saiba mais detalhes clicando AQUI.

    Veja AQUI a íntegra da decisão judicial.

    Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

    Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

    Comentários

    1. Inácio Augusto de Almeida diz:

      QUANDO O PROTETOR CAI O PROTEGIDO SE ESPATIFA.
      Inácio Augusto de Almeida
      ////
      OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTA SEMANA?

    2. João Claudio diz:

      O ‘adevogado’ dele diz que HenRIQUINHO é a quinta alma viva mais honesta do brasil.

      A primeira alma é Lula, a segunda é Zé Dirceu, a terceira é Sergio Cabral, a quarta é Eduardo Cunha e a quinta é o $iganinho.

      Eu sinto nojo de todos eles. Sorry!

    3. Elves Alves diz:

      Será que estamos prestes a ver o ocaso das oligarquias familiares que mandam e desmandam nesta pobre taba por décadas a perder de vista?
      Pelo sim, pelo não cabe a dúvida: quando afinal estaremos livres da exumação de cadáveres políticos de triste memória como Geraldo Melo e que tais?
      Superada a catástrofe que foi a presença corruPTa dos petralhas no poder central, mas ainda com muitas “viúvas” inconsoláveis a verter baldes de lágrimas de crocodilo, será que este pobre elefante manco vai incorrer na desventura de colocar no seu poder-que-quase-não-pode uma anacrônica e retrógrada oligarquia sindical?
      Sinceramente: gente como os políticos daqui só existe porque este “erre ene vezes” existe.

    Faça um Comentário

    *


    Current day month ye@r *

    Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
    © Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.