domingo - 15/09/2019 - 17:40h
"Abrazo"

Justiça aguarda versão da Caixa sobre fim abrupto de contrato


Abrazo: espetáculo do Clowns (Foto: arquivo)

Do G1 Pernambuco e Blog Carlos Santos

A Justiça federal em Pernambuco convocou a Caixa Econômica Federal (CEF) para apresentar explicações sobre o cancelamento das apresentações do espetáculo “Abrazo”, que ocorreriam em setembro, na Caixa Cultural, no Bairro do Recife, no Centro.

Os artistas do grupo Clows de Shakespeare de Natal subiram ao palco e fizeram o primeiro show, no sábado (7), momentos antes de a decisão ser anunciada. Não foi-lhe dada qualquer explicação mais clara sobre o porquê da decisão.

Mesmo tendo provocado informalmente a CEF à justificativa, a companhia teatral não obteve nada consistente, além de evasivas que apontavam ter o Clowns descumprido cláusula contratual.

Passou a existir interpretação de que ocorrera censura ao espetáculo patrocinado pela própria CEF, até então, sem qualquer contestação. Diante dessa postura, o grupo resolveu acionar a Justiça. Na sexta-feira (12), protocolou ação com pedido de tutela antecipada em caráter antecedente, junto à 2ª Vara Federal da Justiça Federal/PE. Veja série de postagens sobre o assunto nos links abaixo:

Leia também: Caixa cancela espetáculo infantil sob seu patrocínio;

Leia também: Caixa corta contrato sem maiores explicações;

Leia também: Grupo teatral aciona Caixa na Justiça por quebra de contrato.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Cultura / Gerais

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Isto de ficar com evasivas é prática da CEF desde a época do Geddel MALA CHEIA DE DINHEIRO.
    A CEF garante ao cliente que o contrato imobiliário é com prestações decrescentes e depois passa a aloprar o preço das mensalidades. Quando o cliente recola a CEF encaminha e-mail assumindo que existe INCONSISTÊNCIA na planilha do seu financiamento imobiliário. Quando o cliente solicita uma planilha sem INCONSISTÊNCIA a CEF sequer responde e tudo fica por isto mesmo.
    O Senador Álvaro Dias clama todos os dias por uma CPI a fim de apurar o que de errado acontece na CEF. Não consegue as assinaturas necessárias para instalar a CPI.
    Incrível é mesmo o governo tendo mudado os gerentes da CEF serem os mesmos nomeados por Temer, Dilma e
    Lula. Por que não trocam os gerentes da CEF? Por quê?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.