quinta-feira - 22/03/2018 - 17:50h
Decisão

Militares vão acampar se compromisso não for cumprido


Em Assembleia Geral Unificada, policiais e bombeiros militares decidem fazer acampamento no Centro Administrativo do RN (em Natal) caso o Governo do Estado não cumpra os itens com prazos vencidos, do Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial. O prazo limite previsto para a espera é 10 de abril. A reunião dos militares ocorreu na manhã desta quinta-feira (22), na sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN).

Subtenente Eliabe: mais um tempo (Foto: Web)

Após denúncia do presidente da ASSPMBMRN, subtenente Eliabe Marques – em transmissão ao vivo no Facebook na quinta-feira, 15 – quanto ao descumprimento de pontos do Termo, a equipe do Governo do Estado se reuniu nesta última terça-feira (20), com os representantes da categoria e apresentou encaminhamentos para a efetivação dos itens não cumpridos do Acordo.

Compromisso

Na ocasião, o Governo anunciou que os níveis começaram a ser implantados e estarão na folha de pagamento do mês de março e com continuidade na de abril. Os retroativos dos promovidos estarão na folha de abril. Também foi divulgado o pagamento prioritário da Segurança, do salário de março, para o dia 6 de abril.

Em relação ao 13º, a Associação cobra do Governo uma definição de data do pagamento.

O Termo de Compromisso e Acordo Extrajudicial foi pactuado no dia 10 de janeiro, após a categoria realizar a mobilização “Segurança com Segurança”, onde policiais e bombeiros seguiram à risca a Legislação Brasileira e normas das Corporações (Policia Militar e Corpo de Bombeiros) quanto ao uso de equipamentos e procedimentos para trabalho.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.