sexta-feira - 29/05/2015 - 23:47h
Gilberto Occhi

Ministro promete São Francisco pronto em 20 meses e no RN


O ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, esteve em Natal e Mossoró nesta sexta-feira (29). Fechou sua programação já à tarde em Mossoró. Garantiu que em 20 meses a Transposição do Rio São Francisco estará concluída e houve promessa de que recursos da ordem de R$ 200 milhões irriguem obras hídricas no estado.

Em Natal, o ministro e o governador Robinson Faria (PSD), assinaram, no final da manhã desta sexta-feira (29), um convênio que garante o valor de R$ 4 milhões a ser aplicado em obras emergenciais de convivência com a seca. O Ministério assegurou para o Rio Grande do Norte recursos da ordem de R$ 200 milhões.

Robinson e ministro em evento na capital (Foto: Demis Roussos)

O montante será aplicado na conclusão do Sistema Alto Oeste, na Adutora de Engate Rápido Currais Novos-Acari, na barragem de Oiticica e no reforço da operação com carros-pipa.

“A soma ultrapassa até os R$ 200 milhões. Das obras mais emergenciais, talvez apenas a barragem de Oiticica fique para os próximos exercícios. Em relação às demais obras, nossa intenção com o governo do estado, é concluí-las ainda este ano. Fora o apoio que o Governo Federal vai continuar dando, através do Exército, e este apoio mais emergencial que é o carro-pipa para a área urbana”, assinalou o ministro, que também participou do Seminário Regional “Nordeste 60 anos depois – mudanças e permanências”, realizado na Escola de Governo Cardeal Eugênio Sales, no Centro Administrativo, em Natal.

Mossoró

No auditório do Hotel VillaOeste em Mossoró, o ministro chegou acompanhado do deputado federal Beto Rosado (PP). Também teve a companhia de outras autoridades, como o senador Garibaldi Filho (PMDB). Pegou um auditório superlotado e atento à sua exposição sobre obras de Transposição do Rio São Francisco.

Estimou que no ritmo atual da obra, em 20  meses ela estará pronta. Até brincou, falando de um fato histórico real. Lembrou que começou em 1847, com Dom Pedro II, a ideia de transposição. “Se quiserem culpar alguém pelo atraso, culpem Dom Pedro”, gracejou.

Aluízio Alves

O ministro não citou, talvez por desconhecimento, que no início dos anos 90, o então ministro da Integração, Aluízio Alves, na gestão Itamar Franco, chegou a se emocionar e até chorar, ao instalar escritório regional para o empreendimento, em Mossoró.

Passados tantos anos, o “Velho Chico”, como o chamado Rio da Integração Nacional também é conhecido, continua sendo mexido e revolvido para irrigar o semiárido.

Em sua apresentação, o ministro usou recurso audivisual para dar explicações sobre o investimento.

As obras devem chegar ao Rio Grande do Norte no próximo ano, sem o risco de sofrer falta de verba federal em função do ajuste financeiro e fiscal que o governo está adotando. Ao menos, uma etapa importante foi vencida no estado, a regulamentação fundiária que possibilita as desapropriações.

Pelo menos 500 mil potiguares vão ser beneficiados após o fim da transposição, em torno de 35 cidades.

Auditório ficou superlotado para acompanhar seminário à tarde de hoje (Foto: Carlos Costa)

No Rio Grande do Norte, a obra que vai possibilitar a chegada das águas é conhecida como ”Eixo Norte”, isto é, pela região oestana, com o Canal do Apodi com 115 quilômetros de extensão total.

O projeto executivo do Canal do Apodi está 90% concluído e deve ficar pronto no segundo semestre deste ano.

Presenças

Estiveram presentes ao seminário, além de Beto Rosado e Garibaldi, o secretário de Recursos Hídricos do Estado, Mairton França; deputado estadual Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, que representou a Assembleia Legislativa; vice-prefeito mossoroense Luiz Carlos Martins (PT), representando o prefeito Francisco José Júnior (PSD); deputados estaduais Jacó Jácome (PMN) e George Soares; deputado federal Antônio Jácome, ex-governadora Rosalba Ciarlini, ex-prefeita Fafá Rosado, ex-deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM), ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado; reitor e vice-reitor da Universidade do Estado do RN, respectivamente Pedro Fernandes Neto e Aldo Gondim; reitor da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), Arimatéa de Matos; ex-deputado federal Betinho Rosado (PP); Jório Nogueira (PSD), presidente da Câmara Municipal de Mossoró, cerca de 30 prefeitos e vice-prefeitos, incontáveis vereadores da região Oeste, salineira e Vale do Açu.

Ainda participaram da solenidade o deputado federal paraibano Romulo Gouveia, o secretário nacional de Infraestrutura Hídrica, Osvaldo Garcia, o recém empossado presidente da Companhia para o Desenvolvimento do Vale do São Francisco (CODEVASF), Felipe Mendes, e o Diretor Geral do DNOCS, Walter Gomes.

O prefeito de Mossoró, Francisco José Júnior, não esteve presente por motivos de saúde, mas telefonou para o deputado Beto Rosado, antes do evento, justificando sua ausência e desejando boa sorte.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. carlos Aberto da silva diz:

    como diria Zé Mendes;”só munganga’

  2. Antônio Damasceno diz:

    Muito tem se falado sobre o projeto da transposição do rio São Francisco, mas pouco tem se discutido a respeito de sua revitalização. Moro há três anos na cidade de Piranhas, em Alagoas, banhada pelo Velho Chico e próxima a Usina Hidroelétrica de Xingó. É uma tristeza ver o rio sofrendo daquele jeito. Há lugares em que se parece muito mais um riacho. Com a falta de chuvas e as várias usinas em seu curso, o rio perdeu força. Na sua foz, o mar já começa a entrar rio a dentro. Em várias outras partes, o rio deixou de ser navegável. Tive a honra de fazer a viagem de barco entre a cidade de Piranhas e a Piaçabuçu. Hoje não se faz mais esse passeio. A situação é tão grave que a usina de Paulo Afonso funciona apenas com um turbina, e em Xingó, apenas duas. Com o projeto de transposição, o que restará do Velho Chico e das pessoas que vivem dele? Abro aqui uma discussão!!

  3. luis carlos diz:

    Viixe, o governador Robinson Farias não esteve em Mossoró para receber o Ministro? medo da greve doa UERN/?

    #UERN sim
    #EuVistoaCamisadaUERN

Trackbacks

  1. [...] dos objetivos do seminário sobre as obras de transposição do rio São Francisco (veja AQUI), organizado em Mossoró pelo deputado Beto Rosado (PP), foi debater o projeto do ramal Apodi. O [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.