• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
terça-feira - 24/10/2017 - 07:10h
Política e Justiça

Desembargador aguarda parecer do MP para julgar ‘Sal Grosso’


Foi encaminhado ao Ministério Público um dos processos correspondentes à “Operação Sal Grosso”, no âmbito do Tribunal de Justiça do RN (TJRN). Até o próximo dia 6 de novembro esse órgão deverá se pronunciar, com parecer.

Izabel e Manoel cumprem mandato eletivo (Foto: arquivo)

A matéria tem como relator no TJRN, o desembargador Gilson Barbosa Albuquerque. Esse processo tem cinco caixas com 31 volumes, tendo desembarcado no Tribunal no último dia 6 de setembro.

Depois do parecer do MP, o desembargador deverá dar seu voto para análise/votação do colegiado.

O processo sob o número 0004515-44.2008.8.20.0106 teve sentença em primeiro grau prolatada pelo juiz Cláudio Mendes Júnior, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Mossoró ainda ano passado. Mas o próprio Mendes rejeitou embargos de declaração interpostos pelos ex-vereadores Daniel Gomes e Júnior Escóssia, reiterando sua decisão – publicada no dia 24 de abril deste ano.

Condenados e absolvidos

Cláudio Mendes condenou no dia 16 de novembro de 2016 os atuais vereadores Izabel Montenegro (PMDB) e Manoel Bezerra de Maria (PRTB). Izabel, a propósito, é quem preside a Câmara Municipal na legislatura iniciada dia 1º de janeiro deste ano.

Os demais condenados foram os  ex-vereadores Claudionor dos Santos, Júnior Escóssia, Daniel Gomes, Gilvanda Peixoto, Aluizio Feitosa, Benjamim Machado e “Sargento” Osnildo Morais.

Na mesma decisão, o magistrado absolveu os ex-vereadores Renato Fernandes, Francisco José Junior e Francisco Dantas da Rocha (“Chico da Prefeitura”).

Leia também: Juiz mantém condenações contra envolvidos na “Sal Grosso” AQUI.

Entre 2005 e 2007 teria ocorrido um esquema de apropriação indevida de recursos públicos no âmbito da Câmara Municipal de Mossoró. Segundo o Ministério Público, o esquema seria fruto de um acordo entre o presidente da Câmara (Júnior Escóssia) e os demais implicados, visando sua reeleição para o cargo de presidente da Casa Legislativa.

Funcionava através da contratação de empréstimos consignados por parte dos vereadores junto à Caixa Econômica Federal (CEF).

A Operação Sal Grosso foi deflagrada pelo MP do Rio Grande do Norte no 14 de novembro de 2007.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Uma notícia sobre SAL GROSSO.
    ” Até o próximo dia 6 de novembro esse órgão deverá se pronunciar, com parecer.”
    Até não significa que o MP só possa se pronunciar, com parecer, neste dia.
    Até significa limite.
    O MP pode a qualquer momento se pronunciar, com parecer, sobre este caso que é aguardado com grande ansiedade pelos mossoroenses.
    ////
    AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CMM ESTÃO SENDO APURADAS DESDE 06/12/2016.

  2. Raniele Costa diz:

    Inácio Augusto, não têm jeito de ver a Izabel da Caixa atrás das grades, a mulher acaba de renovar por mais 2 anos a presidência da câmara municipal de Mossoró e com isso fica com mais imunidade ou impunidade, agora quem poderá nos salvar ?

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      “O presidente da Câmara Municipal de Natal, vereador Dickson Nasser (PSB), … Municipal, Dickson Nasser, não tem direito a foro privilegiado.”
      Fonte: Tribuna do Norte
      Uma coisa o açodamento para realização desta eleição deixou clara.
      Todos dão como certa a condenação.
      Até porque quem diz O QUE EU FIZ FOI TÃO POUQUINHO, confessou que fez. E se confessou que fez tornou-se réu confesso. E nunca, em nenhum lugar do mundo, um réu confesso foi absolvido.
      Henrique Alves está no xilindró. Sérgio Cabral está no xilindró.
      Vamos aguardar o desenrolar dos fatos.
      EU CONFIO NA JUSTIÇA.
      EU CONFIO NA COMPETÊNCIA DOS MEMBROS DO MINISTÉRIO PÚBLICO E NA IMPARCIALIDADE DOS DESEMBARGADORES DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO RIO GRANDE DO NORTE.
      ////
      OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTE ANO.
      AS DENÚNCIAS DO EX-PROCURADOR DA CMM ESTÃO SENDO APURADAS DESDE 06/12/2016. AGUARDEM!!!

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Com que cara Isolda, Alex do Frango e outros que se diziam oposicionistas vão pedir votos aos mossoroenses em 2020?
        PIOR DO QUE NÃO TER É TER E PERDER.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.