segunda-feira - 20/08/2018 - 10:10h
Corrupção

MP do RN denuncia dez pessoas na “Operação Tubérculo


O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) ofereceu denúncia à Justiça potiguar contra dez investigados na sexta-feira (17), após deflagrar no dia 14 último (terça-feira), a “Operação Tubérculo” (veja AQUI). Além do prefeito de Caicó Robson Araújo (PSDB), o “Batata”, do vereador Raimundo Inácio Filho (MDB), o “Lobão”, e do lobista Edvaldo Pessoa de Farias, o “Bola”, foram denunciadas mais sete pessoas.

O documento é assinado pelo procurador-geral de Justiça, Eudo Rodrigues Leite.

Lobão e Batata seguem presos (Foto: Web)

O prefeito de Caicó foi denunciado pelos crimes de corrupção passiva (duas vezes), dispensa indevida de licitação, corrupção ativa (duas vezes) e associação criminosa. Já o vereador Raimundo Inácio Filho, por corrupção ativa (duas vezes), e o lobista Edvaldo Pessoa de Farias por corrupção passiva, tráfico de influência e associação criminosa.

Além dos três, foram denunciados Allan Emannuel Ferreira da Rocha (corrupção ativa, dispensa indevida de licitação e associação criminosa), Felipe Gonçalves de Castro, Maurício Ricardo de Moraes Guerra, Alberto Cardoso Correia do Rêgo Filho (corrupção ativa, lavagem de dinheiro, dispensa indevida de licitação e associação criminosa), João Paulo Melo Alves da Silva (corrupção ativa), Antônio Felipe Pinheiro de Oliveira (lavagem de dinheiro) e Abdon Augusto Maynard Júnior (corrupção passiva, lavagem de dinheiro, dispensa indevida de licitação e associação criminosa).

Em diligência

O MPRN ainda tem diligências em andamento, o que pode inclusive resultar em novas ações penais no futuro.

A operação Tubérculo foi deflagrada na terça-feira (14) e cumpriu três mandados de prisão e outros seis mandados de busca e apreensão em Caicó e Natal. Além de presos preventivamente, o prefeito e o vereador Raimundo Inácio Filho foram afastados dos cargos.

O lobista teve decretada prisão temporária.

Acompanhe o caso em sentido cronológico

Leia tambémPrefeito, vereador e lobista são presos na “Operação Tubérculo”;

Leia tambémMP também investiga supostos crimes em Câmara Municipal;

Leia também: Presos na Operação Tubérculo ficarão presos em Natal;

Leia também: Lobista preso ‘trabalha’ em gabinete de deputada estadual;

Leia também: Câmara vai empossar novos prefeito e vereadora hoje;

Leia tambémOperação Tubérculo deve seguir emendas parlamentares;

Leia tambémAssembleia Legislativa tenta se livrar de lobista com exoneração;

Leia também: Investigação do MP vai provocar mais estrago em Câmara;

Leia tambémVereadores pedem proteção temendo serem mortos;

Leia tambémMP libera gravação com vereador tentando acertar propina;

Leia também: Prefeito preso pode voltar ao exercício do mandato.

A Operação Tubérculo é um desdobramento das operações Cidade Luz, deflagrada em julho de 2017 e que desvendou um esquema criminoso instalado na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos de Natal através da constituição de cartel entre empresas pernambucanas. Elas prestavam serviços de iluminação pública na cidade.

A Operação Blackout foi realizada em agosto do mesmo ano e apurou superfaturamento e pagamento de propina para manutenção do contrato de iluminação pública em Caicó.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política

Comentários

  1. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    A Operação Tubérculo foi vapt-vupt. Talvez pelo fato de o Tubérculo se desenvolver abaixo da superfície da terra. Às vezes ele tem umas pequenas plantas com “olhos”. Creio que esses “olhos” conferiram destreza à operação, bem como o fato de estar abaixo da superfície. Seu melhor exemplo é a batata.
    Leio, por aqui e em outros cantos, que há operações à beira da prescrição e que não se movimentam.
    Talvez o segredo da “Tubérculo”, seja o significado da sua localização.
    Todavia, se o sucesso está sob superfícies, que as operações tartaruga recebam o nome de ” Opérbulo”- órgão que tampa qualquer orifício, promovendo o sucesso da empreitada.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Mensagem mais direta desconheço.
      A peça móvel que usam para cobrir a montanha salgada encaixou-se muito bem.
      Será que a solicitação de explicações do Conselho Nacional de Justiça vai cair no esquecimento?
      O prazo está se esgotando e não temos sinal de quando o opérculo será retirado deixando à mostra a montanha de NaCI.
      Uma lástima que nem mesmo o Conselho Nacional de Justiça tenha conseguido mover a montanha de Cloreto de Sódio.
      Hoje entendo porque a minha fé não conseguiu mover esta montanha de SAL GROSSO.
      Será que o Rio Grande do Norte vai assistir a mais uma prescrição?
      Até quando, Meu Deus?
      ///
      CORRUPTO NÃO TEM FAMÍLIA. CORRUPTO TEM CÚMPLICES.

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Opérculo é um neologismo que criei para tampa que cobre orifício salgado.
        KKKKKKKKKKKKKKKK
        ////
        CORRUPTO NÃO TEM FAMÍLIA. CORRUPTO TEM CÚMPLICES.
        VOCÊ RESPEITA UM RATO OU UMA BARATA? POR QUE VOCÊ RESPEITA UM CORRUPTO?

    • Naide Maria Rosado de Souza diz:

      Corrigindo… OPÉRCULO.

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Agora formou-se a confusão.
        Sendo assim, o neologismo fica sendo OPÉRBULO.
        Opérculo ou Opérbulo, a verdade é que esta demora no julgamento dos recursos SAL GROSSO já é do conhecimento de todo o Brasil.
        Conseguem evitar que as emissoras de rádio toquem nesse assunto, mas não conseguem impedir a internet de levar a todos o que acontece no RN.
        O CNJ está acompanhando com atenção este caso.
        Acredito que esta semana SAL GROSSO tenha os recursos julgados.
        Lembro à Sra. Naide Maria Rosado de Souza que pode ser surpreendida a qualquer momento com Oficial de Justiça em sua porta. Tocou neste assunto o processo acontece. Eu já estou com dois. Como não tenho mais muitos anos de vida, subirei ou descerei devedor de alguns anos de cadeia.
        ////
        CORRUPTO NÃO TEM FAMÍLIA. CORRUPTO TEM CÚMPLICES.
        VOCÊ RESPEITA UM RATO OU UMA BARATA? POR QUE VOCÊ RESPEITA UM CORRUPTO?

        • Inácio Augusto de Almeida diz:

          “Está com o desembargador-revisor Glauber Rêgo desde o dia 1º deste mês, o pronunciamento da Procuradoria Geral de Justiça quanto a um dos processos da chamada “Operação Sal Grosso”. Envolve vereadores e ex-vereadores de Mossoró em caso de corrupção. A Apelação Criminal sob o número 2017.014286-7 teve parecer “pelo desprovimento dos recursos dos apenados”, pedindo ainda a condenação dos envolvidos “também pela formação de quadrilha e ordenação de despesa não autorizada”. A situação mais delicada é dos vereadores Izabel Montenegro (MDB) e Manoel Bezerra de Maria (PRTB), pois implica ainda em perda de mandato. Essa novela se arrasta há quase onze anos.”
          O QUE AINDA FALTA PARA ESTES RECURSOS SEREM JULGADOS?
          ///
          CORRUPTO NÃO TEM FAMÍLIA. CORRUPTO TEM CÚMPLICES.

  2. Naide Maria Rosado de Souza diz:

    Por quê, Sr. Inácio, viria um Oficial de Justiça à minha porta? Só por ter sugerido, a exemplo da Operação Tubérculo, rápida como flecha, uma Operação OPÉRCULO ? Além do elogio e abrangência, é uma questão de rima.

    • Inácio Augusto de Almeida diz:

      Sra. Naide Maria Rosado de Souza
      Quem pede menos morosidade no julgamento de recursos recebe Oficial de Justiça em sua porta.
      Quem pede menos morosidade no julgamento de recursos recebe carro de polícia em sua porta.
      E-mails chamando de cúmplice quem abre espaço para este tipo de cobrança é recebido por blogueiro nas madrugadas agradáveis de Mossoró.
      Tentam intimidar a todos a fim de que anão se toque neste assunto.
      Não se surpreenda se receber um e-mail sendo chamada de cúmplice.
      Tudo isto acontecendo por conta de um processo se arrastar por quase 11 anos.
      Entendo a senhora ter estranhado o meu alerta. Isto só acontece em Mossoró.
      Creio ter respondido a sua pergunta.
      ///
      CORRUPTO NÃO TEM FAMÍLIA. CORRUPTO TEM CÚMPLICES.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.