quinta-feira - 07/06/2018 - 08:20h
Mossoró

MP realiza hoje audiência pública de sua corregedoria


A Corregedoria Geral do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) promove nesta quinta-feira (7) uma audiência pública na cidade de Mossoró.

O evento contará com uma palestra sobre resolutividade na atuação ministerial e servirá para aproximar o MPRN da sociedade mossoroense.

Aberta ao público, a audiência será realizada a partir das 9h, no plenário da Câmara Municipal de Mossoró, localizada na rua Idalino de Oliveira, Centro.

O corregedor Geral Anísio Marinho Neto conduzirá a audiência pública.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Se este corregedor tivesse 10 minutos para me ouvir ficaria sabendo que um cidadão quando tenta fazer uma denúncia em Mossoró tem que se deslocar para a sede do MPRN, que fica a quilômetros de distância do centro e bairros da cidade.
    A distância é a primeira barreira, mas não a maior.
    Conseguindo chegar ao prédio onde funciona o MPRN o cidadão, após esperar, em média 2 horas, é submetido a uma triagem por um funcionário que fica fazendo perguntas ao mesmo tempo que tecla num computador. Sequer olha para o cidadão.
    Tecla e coloca obstáculos a quem deseja falar com um promotor.
    Pensa que acaba aí? Tem mais. Depois de convencer este funcionário que é necessário o promotor tomar conhecimento do assunto, a triagem demora em média 30 minutos, o cidadão finalmente consegue chegar à sala do promotor. Lá, após esperar mais de uma hora, finalmente a porta se abre e quando o cidadão pensa que vai poder fazer seu relato descobre que laborou num ledo engano. Aparece um outro promotor e chama o que ia ouvir o cidadão para almoçar. O que acontece? O promotor olha para o cidadão e diz, educadamente, que ele volte na parte da tarde.
    O cidadão é daqueles que não desiste. Na parte da tarde lá está novamente. Chega às 2 horas e às 5 horas consegue finalmente falar com o promotor. Faz o relato e fica ouvindo palavras de espanto tais como O QUÊ?! ISTO ESTÁ ACONTECENDO?!
    O cidadão, pacientemente, diz que assina todas as declarações que está fazendo etc.
    O promotor dispensa a assinatura do cidadão e a entrevista é encerrada.
    Resultado? UNIFORME ESCOLAR continua sem ser entregue desde 2015. MERENDA ESCOLAR continua sendo, nos dias em que é servida, a pior do Brasil. MATERIAL ESCOLAR nem um cotoco é entregue aos alunos e blusas que arremedam as do UNIFORME ESCOLAR continuam sendo vendidas dentro de colégio municipal.
    Como sei que tudo isto acontece quando se quer falar com um promotor?
    O nome do cidadão é Inácio Augusto de Almeida.
    ////
    OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTA SEMANA?
    O ARRASTÃO DA FREI MIGUELINHO SERÁ ELUCIDADO ESTE MÊS?

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Não perca seu tempo.

      Tudo que você diz e repete há anos está na superfície dos acontecimentos, não precisa de oitiva.

      Abraços.

      • Inácio Augusto de Almeida diz:

        Se não precisa de oitiva o que este corregedor feio fazer em Mossoró?
        Ouvir o que ele mesmo já sabe de cor e salteado?
        Qual o valor de uma diária de um corregedor?
        Quanto a perder tempo, disto eu tenho experiência.
        HÁ QUANTOS ANOS CLAMO PELO JULGAMENTO DOS RECURSOS SAL GROSSO?
        ////
        OS RECURSOS SAL GROSSO SERÃO JULGADOS ESTA SEMANA?
        O ARRASTÃO DA FREI MIGUELINHO SERÁ ELUCIDADO ESTE MÊS?

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.