quarta-feira - 20/06/2018 - 09:36h
Opinião

O fascismo “tendencioso”


Por François Silvestre

O sofisma é uma artimanha retórica de clássica escola grega. A modernidade aproveitou-se do método para deformá-lo e usá-lo em proveito de interesses políticos e escusos.

Sem escrúpulos. Em todas as direções da Rosa dos Ventos.

Trump e Jong-Un: agora, amigos (Foto: Web)

Veja um caso concreto.

Donaldo Trump, que dorme e acorda pensando em Barack Obama, declarou ser prejudicial à democracia americana uma aproximação com a ditadura cubana. Pelo perigo de Cuba? Não. Por ter sido uma decisão de Obama.

Mais recentemente, o mesmo Trump resolveu aproximar-se da ditadura coreana, chamando o ditador da Coreia de “jovem talentoso”.

A ditadura da Coreia do Norte é mais humana e “democrática” do que a cubana? Não. É muito pior.

Mas Obama falara muito mal de Kim Jong-un.

Foi a deixa para Trump amar a Coreia do Norte e odiar Cuba.

Qual a palavra que melhor alcança a definição desse procedimento? Fascismo. E o método? Sofisma.

Não existe cultura inútil, posto que inútil é a ignorância.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Artigo

Comentários

  1. souza junior diz:

    Genial: não existe cultura inútil, posto que inutil é a ignorãcia. Original ? Posto que gostaria de parafresear em muitas e atuais situações., respeitando o autor.

  2. François Silvestre diz:

    Sim. É minha, ocorreu numa discussão antiga com um político potiguar metido a sabido. Ele quis fazer graça e disse que “François fala bem, mas gasta muito tempo com cultura inútil”. Aí, na frente de muita gente, na churrascaria do Anísio, em Pau dos Ferros, eu respondi dizendo isso. Ele riu amareladamente.

    • souza junior diz:

      Elogiavel, e fina critica. Evita-se a desqualificação do debate, e soterra com elegância o inculto. Sinto-me autorizado a parafrasear. Saudações ao colega.

  3. François Silvestre diz:

    E tem mais, caro colega Souza Júnior, se pra outra coisa não servisse a informação e instrução, mesmo sem utilidade aparente, serviria para exercitar o cérebro. E cérebro preguiçoso fica obeso, guardando inveja dos cérebros ágeis.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.