segunda-feira - 03/08/2020 - 18:18h
Mossoró real

Paciente compra gaze de R$ 2,00 para para ser atendido

Em uma UBS foi informado que não se fazia um simples curativo e em outra faltava o produto

Uma dona de casa precisou fazer peregrinação para receber um simples curativo na estrutura de saúde pública da Prefeitura Municipal de Mossoró, nessa segunda-feira (3).

UBS completou 20 anos ano passado, mas não tem um produto básico para público (Foto: cedida)

No Santa Delmira, onde reside, foi-lhe informada que não era possível fazer o procedimento na Unidade Básica de Saúde UBS) Doutor Luiz Escolástico Bezerra.

A indicação era que procurasse a Unidade Básica de Saúde (UBS) Enfermeira Conchita Escóssia Ciarlini, no Abolição II, a cerca de 2,5 quilômetros de seu endereço.

Nessa UBS, outro problema: não havia como dar esse cuidado por falta de gaze. O marido da paciente, o senhor Francisco Chagas, precisou fazer aquisição do produto com recursos próprios, para só assim ela receber o curativo.

- Custou R$ 2,00 – relatou ao Blog Carlos Santos.

Ironia do destino é que a UBS leva o nome de uma irmã da prefeita e ela própria, pediatra, já atuou no local antes da municipalização há mais de 20 anos.

P.S – 20h54Nota de Esclarecimento

Em relação a matéria divulgada, a Prefeitura de Mossoró, por meio da Secretaria de Saúde, esclarece que a Farmácia Central do Município dispõe de estoque suficiente de gases e outros materiais para atendimento nas Unidades Básicas de Saúde. Excepcionalmente na tarde de hoje (03/08/2020) a UBS Enfª Conchita da Escóssia Ciarlini, no bairro Abolição 2, registou falta momentânea de gase (sic) devido a alta demanda de atendimento de pacientes por curativos durante a manhã desta segunda-feira. Ainda pela manhã, coincidentemente, os vereadores de oposição, Petras Vinícius e Ozaniel Mesquita, visitaram a UBS e comprovaram o funcionamento regular, inclusive elogiaram a Unidade de Saúde pelas assistências médicas ofertadas. A paciente mencionada na matéria se propôs a comprar a gase (sic) porque queria o atendimento naquela hora, mas os profissionais da Unidade de Saúde já iriam providenciar o insumo junto a Farmácia Central do Município. Em relação à Unidade Dr Luiz Escolástico, no bairro Santa Delmira, ela está entre as 14 Unidades Básicas de Saúde sendo reformadas com recursos de emendas federais do deputado Beto Rosado. Em breve vai ficar com a reforma totalmente concluída.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube (AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde

Comentários

  1. João Claudio diz:

    Apois diiiiiga….!!! A metrópole do futuro da Revista Veja chegou a esse ponto?

    E ‘mercuro e espaladrapo’. Tem?

    Misericódia.

    (tenho certeza que lá em Manel Enferneiro e no Ambulatório Silveira, tem gaze em banda de lata)

  2. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Que tristeza!

  3. Francisco diz:

    Carlos Santos, já remanejaram a verba do Mossoró Cidade Junina ???

    • Carlos Santos diz:

      NOTA DO BLOG – Bom dia. Não. Mas há recursos fartos transferidos pelo Governo Federal, que passam de R$ 30 milhões.

      Abraços

  4. JOSE ALDO DE OLIVEIRA JUNIOR diz:

    É uma vegonha.

  5. João Claudio diz:

    Ainda há um fio de esperança de fazerem o Cidade Junina acontecer.

    Nem que seja um ‘Cidade Junina Fora de Época’, até porque, de cada real investido, se não me falha a memória, nove retornam aos cofres público.

    Portanto, passar um ano com essa ‘botija de ouro de 21 quilates’ à flôr da terra, mas entocada e sem a prefeitura poder mexer…assim não dá, assim não pode.

    O gado quer circo. O resto sai na urina.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.