domingo - 15/01/2012 - 20:37h
Registre-se

Poder de polícia em Tibau

Um incidente desagradável à noite passada, na Praia de Manoelas, na cidade do Tibau (42km de Mossoró), causou profundo mal-estar.  Terminou em caso de polícia.

A casa em que o casal jornalista Chrystian de Saboya-juíza Keity de Souza recebia familiares e amigos, terminou sendo “visitada” pela polícia.

Seguiu denúncia do secretário da Agricultura do Estado, deputado federal licenciado Betinho Rosado (DEM).

O som musical do endereço, conforme o denunciante, estaria o incomodando.

Poder é realmente para quem pode. Ainda mais, poder de polícia.

Nota do Blog – Sou amigo dos principais protagonistas do episódio e não os tenho como incivilizados. À distância de 42km, chego a acreditar que o velho e bom bate-papo seria suficiente para acomodar interesses bilaterais.

Torço para que o clima de intolerância e coronelismo adotado recentemente no Centro Administrativo em Natal, proibindo manifestações populares, não vire regra pink no RN.

Categoria(s): Gerais / Política / Segurança Pública/Polícia

Comentários

  1. João Santos diz:

    Esse Deputado, transvestido de Secretário Nulidade, além de administrativamente ser um ZERO à esquerda, mostra seu “poder de fogo” impedindo os súditos de ter um pequeno momento de prazer.
    Se manque, Coronel Betinho…

  2. Fernandes Oliveira diz:

    O bem que os Saboya fazem por Tibau merecem respeito. que coisa feia a atitude desse senhor. Mas… O carguinho dele passa.

  3. michell ferreira diz:

    Carlos, não tem nada a ver uma coisa com a outra. O governo tá uma droga, não é dos mais democráticos, pois é do DEMO, isso eu concordo. Mas quanto ao episódio de ontem em Tibau, apesar de você ser amigo do colunista e da Juíza, Betinho agiu como um cidadão qualquer. Não é de hoje que as festas promovidas pelo casal pertubam as pessoas. Mas quem teria coragem de reclamar, quanto se trata de uma Juíza, filha de um desembargador, e de um colunista mais importante que a governadora? Parabéns Betinho, nunca votei e nem votarei em você ou em Rosalba, mas ontem você agiu certo demais e foi elogiado por toda a vizinhança.

  4. Eduardo Silva diz:

    A polícia é acionada em caso de abuso para qualquer cidadão. Por que não seria neste caso? Detalhe que não pode deixar de ser avaliado.

  5. Mariana lima diz:

    As festas de Chrystian nao incomodam ninguém. São festas do bem, lindas e que fazem a alegria alheia inclusive de gente humilde. Chrystian, eu mesma vi em Tibau na ultima quinta, estava distribuindo sacoloes numa rua atras do supermercado Rei. Sou mais Chrystian!

  6. FRANSUELDO VIERIA DE ARAÚJO diz:

    As exorbitâncias e o abuso de grande parte da população no que diz respeito ao som absurdamente fora dos padrões e horários permitdos em Lei, devem necessariamente ser denunciados à quem de direito e combatido até as ultimas consequencias

    Chega de ploluição sonora e de desrespetio as mais elemantares regras de convivência social…!!!

    Datíssima Vênia meu Caro Carlos Santos, o fato se revela ainda mais desabonador e autorita´rio, quando uma figura que se diz juíza, filha de um conhecido desembargador e seu notórios métodos, se arvora em ser a Lei quando notoriamente usando do seu poder e influência quer fazer e acontecer fora dos padrões e das normas legais.

    Por concordar ipsis literis com o que escreveste o Web leitor acima, e, com a devida licença do mesmo …assim transcrevo…A polícia é acionada em caso de abuso para qualquer cidadão. Por que não seria neste caso? Detalhe que não pode deixar de ser avaliado.

    Um abraço senhores Web-leitores.

    FRANSUÊLDO VIEIRA DE ARAÚJO.
    OAB/RN. 7318.

  7. Priscilla de Aquino Freire diz:

    Pois eu achei muito certo. Se fosse eu faria o mesmo!! Esse povo acha que pode ficar incomodando os vizinhos com música alta?! Pelo Amor de Deus!! Respeito é bom…

  8. Cristiano Silva diz:

    É a primeira vez que vejo um colunista defender a pertubação do sossego alheio…

  9. v-targino diz:

    Acho que qualquer cidadão tem o dever de respeitar o direito do outro, independente de ser formador de opinião (imprensa), da polícia, do judiciário, do legislativo, do primeiro ou do segundo escalão dos governos. Imagine o que ouvi de algumas pessoas, que falam que veraneio em praia não é lugar pra descansar e sim pra agitar. Mas e se o seu vizinho não pensa igual a você? Já vi outro se gabar, dizendo que a polícia havia ido oito vezes e que ele desafiou os policiais a entrarem sem mandato em sua residência e depois disse que um advogado o havia amigo havia lhe instruído. Nesse caso, acho que esse cidadão e o advogado deveriam ter sido presos por desacato.

  10. Branco diz:

    Abusos com som alto e outros exageros tem que ser condenados, mesmo sendo por juizes, colunistas e seus puxa sacos.

  11. MANOEL diz:

    Caro carlos, a Lei é dura, mas é para todos, assim diziam os romanos. Vamos tratar o caso como sendo as partes pessoas comuns (apesar se saber que não são). Nunca votei em betinho, acho ele um pessimo deputado, secretário, não sei como professor (porque fazem muitos anos que ele não dar aula na ESAM/UFERSA), mas nesse caso a atitude dele foi corretíssima, meus parabéns nesse ponto.

  12. Gilnete Ferreira da Rocha Filho diz:

    Lei deve (ou deveria) ser para todos, independente de classe social. Talvez se fosse eu o reclamante, a polícia não teria nem ido lá. O senhor Christian de Saboya não é o mesmo que chamou os participantes da corrida Gov Dix-Sept Rosado de desocupados? Quando estou em Tibau, fico em uma casa próxima à cercado denominado de Arena e quando termina as festas, por volta das 5:00 da manhã, todos que possuem carros com seus sons começam suas festas particulares em cada esquina e nós, pobres mortais, temos que aguentar calados, pois muitos deles são “homens de bem(ns)”.

  13. Wilpersil diz:

    Faz muitos anos que sou perturbado por Moto-vigias com seus avisos sonoros e ninguém, nem mesmo quem deveria inibir estes abusos tá nem aí que é a policia militar, de trânsito, ´policia ambiental e o ministério público. Tomara que Betinho Rosado venha morar aqui vizinho para estes imbecis, tanto quem paga como que buzina ter a polícia para proibir. Criei um blog para fazer uma campanha contra os abusos dos motovigias com seus avisos sonoros para ver se UMA VOZ NO DESERTO é ouvida.
    CAMPANHA CONTRA OS ABUSOS DOS AVISOS SONOROS DOS MOTO-VIGIAS
    Blog destinado para Campanha contra os avisos sonoros dos moto-vigas. NÃO SOMOS CONTRAS AS ATIVIDADES DOS MOTO-VIGIAS
    http://contramotovigia.blogspot.com/

  14. Wilpersil diz:

    PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU DO SOSSEGO ALHEIOS

    DECRETO-LEI Nº 3.688 – DE 03 DE OUTUBRO DE 1941 – CLBR PUB 31/12/1941

    – LEIS DAS CONTRAVENÇÕES PENAIS

    Art. 42. Perturbar alguém, o trabalho ou o sossego alheios:

    I – com gritaria ou algazarra;

    II – exercendo profissão incômoda ou ruidosa, em desacordo com as prescrições legais;
    III – abusando de instrumentos sonoros ou sinais acústicos;
    IV – provocando ou não procurando impedir barulho produzido por animal e que tem guarda:
    Pena – prisão simples, de 15 (quinze) dias a 3 (três) meses, ou multa.
    EXCESSO de ruído que causa dano a outrem, a qualquer hora do dia, especialmente em zona residencial, constitui ABUSO DO DIREITO e, portanto, ATO ILÍCITO.
    Essa lei é para todo território nacional!!!!

  15. Marcos Pinto. diz:

    Péssimo exemplo para quem deveria pugnar pela aplicação da lei – in casu, os ocupantes da residência de uma magistrada. Todos são iguais perante a lei. Não existe essa história de que é a residência de autoridade tal ou qual. Autoridade tem que dar o bom exemplo. Acredito até que a magistrada não tem ônus de culpa neste imbróglio, e sim o seu esposo, que achou-se investido do poder que é inerente à sua esposa. Profundamente lamentável a verificação deste incidente.

  16. Alice Fonseca diz:

    Isso todos nós sabemos que é LEI:
    PERTURBAÇÃO DO TRABALHO OU DO SOSSEGO ALHEIOS
    DECRETO-LEI Nº 3.688 – DE 03 DE OUTUBRO DE 1941 – CLBR PUB 31/12/1941

    Agora o fato é que Deputado e sua Sra. são ou eram amigos do Casal ha vários anos inclusive caso esse que a Sra. doou da sua residencia os limões para as caipirinhas e caipirosca da festa. Não custava o Deputado ter mandado alguns de seus empregados ir até a casa do Sr. Chrystian e Dra. Keity para pedir para baixar o SOM ? Não seria mais amigável ? Acho que tudo seria resolvido sem grandes constrangimentos.

    • FRANCISCO SILVEIRA diz:

      O cidadão Betinho Rosado fez CERTO, os ERRADOS foram os que estavam perturbando, não só a Betinho como aos demais vizinhos.

  17. Renato diz:

    Nada de novo, mais um caso explicito de grande desrespeito as leis e ao próximo o qual tentaram resolver da forma mais errada, mas estes abusos (de ambas as partes) são muito frequentes de ser um habitue dos maus costumes da terrinha, este é mais um, mas já teve vários outros parecidos.

  18. Fabio Costa Oliveira diz:

    Creio que o comentário do blog não é foi a favor do descumprimento da lei, mas sim da busca, inicialmente, por soluções amigáveis para esse tipo de situação. Esse primeiro movimento deveria, aliás, ser o de todos. Pois se a cada som que for ligado, a polícia for imediatamente acionada, não fará outra coisa e nem dará conta de tanto som perturbando a paz alheia. Pelo pouco que conheco dos dois, assim como opina o blogueiro, acredito que teria se chegado a um consenso sem que fosse preciso a intervenção policial. Já fui incomodado diversas vezes por som ligado em alto volume, já conversei com os responsáveis, e até hoje, felizmente, sempre fui bem compreendido e nunca precisei chamar a polícia. Ainda que perturbem a paz alheia, não sao malfeitores, mas pessoas que procuram diversão nos seus momentos de lazer, dentro da sua própria casa. Com um pouco de conversa, chega-se ao entendimento. Errado o Betinho não está, mas que poderia ter sido mais cordial, poderia sim.

  19. itamar de sousa diz:

    vcs ja viram alguem escutando Vinicius de morais,Tom jobim,Elis ,14 BIS,com o volume de som altissimo? eu nunca ouvi!!
    escuto sim,uns bestas,perturbando o sosssego,nao sabendo até aonde vai o seu direito,enchendo os nossos ouvidos de porcarias,como=RAPARIGUEIRO SO PAPAI MAINHA,ENFICA,ENFICA,ENFICA,obras primas,q eu nao chamo de musicas.
    nesse final de ano,eu vi muitos desses,por toda a cidade.
    nao tenho nada contra quem escuta isso,cada qual usa o seu ouvido como quizer.mas isso ate aonde o seu direito termina.
    quanto as partes que se envolveram,prefiro nao comentar,amanha por conveniencia estarao juntos novamente….ouvindo as mesma musicas,no mesmo volume.!!1
    s

  20. Meyre Almeida diz:

    Se o som alto estivesse sendo gerado a partir de uma casa de um morador humilde ou de um daqueles paredões, todos os vizinhos teriam ligado para a polícia e o caso teria sido encerrado em menos de dez minutos. Mas, como o som alto estava ligado na casa de um “colunista” e de uma “Juíza”, o assunto chegou à imprensa. Eu pergunto:

    Qual a diferença entre um som ligado em alto volume na casa de “Chico borracheiro” e na casa dos Saboya-juíza Keity? O que leva algumas pessoas defenderem o som alto na casa dos Saboya-juíza Keity? É a classe social em que eles vivem? A fama que os envolve ou a autoridade dessa juíza “mau exemplo”?

    Creio que muitos vizinhos se sentiram incomodados, mas não ligaram para a policia porque quem estava “rasgando” o som era um “colunista social (uma grande merda) e uma juíza infratora da lei do silencio. Ora, ora…!

    Adianto a vocês que, estando dentro dos meus direitos, nenhuma “artoridade” venha a se meter a besta comigo senão ele entra pelo cano. Literalmente! Até porque, para mim, autoridade é autoridade dentro do trabalho dele e, estando em serviço. Estando de folga na rua e enchendo a cara de whisk, é uma pessoa igual a mim.

    Finalizando: As pessoas que defendem o colunista e ajuiza, são as mesmas que imagiam que festa de rico é chique e as de pobre uma verdadeira “cachorrada”.

    Parabéns ao deputado. Se eu estivesse no lugar dele, teria feito o mesmo.

  21. luciano diz:

    SE TODOS JA TIVESSEM FEITO O QUE O CIDADÃO BETINHO FEZ, TALVEZ A CIVILIDADE E A CORDIALIDADE, RESPEITO AO PROXIMO, FOSSEM MAIS PRESENTES EM TIBAU.

    QUANDO CANINDÉ CHAMAVA DE FAVELONA…… AH MEU DEUS….

  22. CALIBRE 50 diz:

    SERÁ QUE UM UM PEDIDO VERBAL OU ESCRITO DENTRO DOS LIMITES DA EDUCAÇÃO E DO RESPEITO NÃO RESOLVERIA O PROBLEMA!? CHAMAM LOGO A POLÍCIA PRA QUÊ? PRESO NINGUÉM IRIA,O QUE ESSES POLICIAIS FORAM FAZER LÁ,PRENDER A JUIZA?OU O CRISTHIAN? ERA SÓ O QUE FALTAVA!O QUE MAIS ME ADMIRA É NESTE BLOG TODO SANTO DIA É POSTADO ASSUNTOS DE GRANDE RELEVÂNCIA,AS VEZES VEJO DOIS ,TRÊS NO MÁXIMO OITO COMENTÁRIOS,AI UM ASSUNTO BOSTA DESSE CAUSAR UM FRENESIR DA PESTE,TUDO POR QUE!? POR QUE AS PARTES ENVOLVIDAS É UM DEPUTADO E DO OUTRO UM COLUNISTA E UMA JUÍZA!COMO SE FOSSEM CRIATURAS SOBRENATURAIS!É UM ASSUNTO BOSTA SIM!ASSUNTO CÔCÔ DE GALINHA GOGUENTA,TODO MUNDO SABE QUE TIBAU NESSE PERÍODO É UM INFERNO E POR PURO MODISMO MAIS DA METADE DE MOSSORÓ,SUA PSEUDOELITE E OUTROS METIDOS A MERDA SE TRANSFEREM PRA LÁ,CONGESTIONAM TODOS OS SERVIÇOS,SE AMONTOAM UNS EM CIMA DOS OUTROS,PAREDÕES DE SOM DAS MAIS VARIADAS POTÊNCIAS CIRCULAM TIRANDO O SOSSÊGO ATÉ DO SATANÁS,FALTA ÁGUA,APAGÕES CONSTANTES E OUTRAS PORCARIAS QUE SÃO OFERTADAS NESSE PERÍODO EM TIBAU,AI QUEREM SILÊNCIO,CONFORTO!HOMI VÃO FAZER CÔCÔ PRA AUMENTAR A BOSTA!É SÓ!

  23. wilpersil diz:

    Pimenta nos olhos dos outros é colírio

  24. Divanir diz:

    Atitude correta, tem de acionar a polícia, como o fez o deputado. Pena que a polícia nem sempre atende quando se trata da reclamação por parte de um cidadão comum. Que mal exemplo o dessa juíza, para até que nem conhece a lei. Até quem enfim, encontrei um motivo para elogia o deputado Betinho. Parabéns deputado.

  25. jaqueline souza maldin diz:

    Acho muita conicidencia a questão do ABAFA SOM, o poderio dessa familia em querer acabar com o som de todos. Um novo restaurante aberto recentemente, ao lado da casa da Governadora teve a infeliz visita de autoridades onde fez o dono fechar seu estabelecimento o mais rapito possível, segundo pessoas alí que circulavam o acontecido foi a mando da governadora.E onde fica o prejuizo do proprietário, um pobre coitado que fez do seu veraneio um ganha pão,ja que a governadora e seus parente não teveram a sensibilidade de analisar o investimento que o proprietário investiu. Cuidada dona Governadora e sr. Betinho Rosado com o salto alto, o filme se repete com a arrogancia desses poderes que são passageiros.
    Lembrem-se que estas pessoas que estão sendoo incomodadas foram as que colocaram voces no poder.

  26. robson silva diz:

    CONCORDO TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI,OU NÃO??????????????????????????
    (PARABÉNS BETINHO) GANHOU UM VOTO.

  27. Elano Figueiredo diz:

    Sem tomar partido algum, mas apenas como fato: o som realmente é alto e não permite que os vizinhos durmam enquanto dura a festa. Fico hospedado em casa vizinha e não duvidem que há um exagero quanto ao volume musical, que dura às vezes até mais de 3hs da madrugada.

Trackbacks

  1. […] postagem “Poder de polícia em Tibau” (vejas AQUI), publicada às 20h37 de domingo (15), focando incidente ocorrido no sábado (14) na Praia-cidade […]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.