segunda-feira - 18/01/2016 - 17:22h
Mossoró

Prefeito anuncia fusão de secretarias e outras medidas


O prefeito Francisco José Júnior (PSD) anunciou na tarde desta segunda-feira, 18, no Salão dos Grandes Atos do Palácio da Resistência, o Projeto de Lei Complementar nº 122, enviado para apreciação da Câmara Municipal de Mossoró, propondo uma nova estrutura organizacional do governo para redução de despesas. O pacote de medidas apresentado é resultado de estudos realizados ao longo dos últimos meses pela equipe técnica da administração.

A equipe apontou que as ações são necessárias, frente à atual situação política e econômica do país, o que reflete diretamente nas contas públicas e tornam indispensáveis as atitudes austeras para a retomada do equilíbrio econômico e financeiro do Município.

Prefeito apontou economia em um ano de cerca de R$ 1,7 milhão (Foto: PMM)

A iniciativa visa amenizar o impacto da folha de pagamento frente às constantes quedas na arrecadação, além da busca pela excelência no planejamento e atendimento à população.

A proposta estabelece a redução de 30% nos gastos com os salários dos comissionados, provocada por uma reorganização das secretarias municipais, inclusive extinguindo todas as secretarias adjuntas. O intuito é enxugar os custos de manutenção da máquina administrativa, o que deve resultar em economia anual de cerca de R$ 1.716.000,00.

A reorganização prevê a nova estrutura da gestão composta da seguinte forma: Secretaria Municipal de Administração e Finanças (SEMAD); Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEMECE); Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM); Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo (SEDAT); Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB).

O contexto mantém as já existentes, Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude (SEDS), Secretaria Municipal de Comunicação Social (SECOM), Secretaria de Gabinete do Prefeito, e Instituto Municipal de Previdência Social (PREVI). No caso da Secretaria da Fazenda, ela continua existindo, no entanto, mantendo o caráter exclusivo de arrecadadora do Município.

Sendo assim, as 19 secretarias então existentes devem ser reduzidas a 11, por meio de fusão entre parte delas. A junção dessas pastas cria, consequentemente, em suas estruturas, as secretarias executivas, sendo elas a de Gestão Orçamentária, Rede Municipal de Ensino, Cultura, Esporte e Lazer, Atenção Integral à Saúde, Mobilidade Urbana e Trânsito, Agricultura e Recursos Hídricos, Turismo, Engenharia e Projetos, Meio Ambiente e Urbanismo, e Serviços Urbanos. As secretarias executivas de Gestão de Pessoas e Licitações, Contratos e Compras permanecem no organograma do Poder Executivo Municipal.

Mesmo com as mudanças da proposta enviada nesta segunda-feira, o Poder Executivo altera, mas mantém a essência da Lei Complementar nº 105, datada de 4 de julho de 2014, adequando e corrigindo as deficiências apresentadas no texto anterior.

ESTRUTURA DAS SECRETARIAS ANTES DA PROPOSTA:

- Secretaria Municipal da Fazenda;

- Secretaria Municipal da Administração;

- Secretaria Municipal de Planejamento;

- Secretaria Municipal de Educação;

- Secretaria Municipal de Saúde;

- Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude;

- Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Civil;

- Secretaria Municipal de Esporte e Lazer;

- Secretaria Municipal da Cultura;

- Secretaria Municipal do Desenvolvimento Econômico e Trabalho;

- Secretaria Municipal da Agricultura e Recursos Hídricos;

- Secretaria Municipal de Turismo;

- Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação;

- Secretaria Municipal de Serviços Urbanos;

- Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo;

- Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana;

- Secretaria Municipal da Comunicação Social;

- Secretaria Municipal do Gabinete do Prefeito;

- Secretaria Municipal de Transparência Pública e Relações Interinstitucionais.

ESTRUTURA PROPOSTA DAS SECRETARIAS:

- Secretaria Municipal de Administração e Finanças (SEMAD);

- Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEMECE);

- Secretaria Municipal de Segurança Pública, Defesa Civil, Mobilidade Urbana e Trânsito (SESEM);

- Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo (SEDAT);

- Secretaria Municipal de Infraestrutura, Meio Ambiente, Urbanismo e Serviços Urbanos (SEIMURB);

- Secretaria Municipal de Saúde;

- Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e Juventude;

- Secretaria Municipal da Comunicação Social;

- Secretaria do Gabinete do Prefeito;

- Secretaria da Fazenda;

- Instituto Municipal de Previdência Social (PREVI).

Categoria(s): Administração Pública

Comentários

  1. Saturnino diz:

    Medida tomada muito tarde. Somente isto, foi apresentado ? Os vereadores farão pressão para não aprovação. Será que o prefeito abre ou tem coragem de entregar as cobranças que os vereadores irão fazer? Afinal, porque já tem vereador com história de rompimento? Quer dizer que quando o barco afundou, correram?

  2. Vicente Venâncio diz:

    Carlos, boa noite. Adianta não, fundir, juntar ou excluir secretarias, problema grande está no gestor, quem dirige, colocar culpa no carro num é honesto, tem substituir o motorista.

  3. Carlos Andre diz:

    Pouco pouquissimo, se for considerado so a reducao do numero de secretários (8 secretarios X R$12.000,00 salario mes X 12 meses = R$ 1.152.000,00),

    Se so com a reducao dos secretarios ja da para economizar mais de 1 milhão, essa economia tao alardeada do prefeito nao passa de um engodo.

    Vai querer enganar quem, meu voto nao tem mais.

    Esse prefeito quer chupar cana e assobiar, nao da, administrar é escolher, e ele não se define.

    Esse negocio de “apoio de politicos” e muito diferente do “apoio politico do povo”, um onera e o outro banca a coisa publica.

  4. João Claudio diz:

    Essas medidas deveriam ter sido tomadas dias após a sua posse. Esse atraso deu margens e mangas para os Rosados retornarem das ferias mais rápido do que se imaginava. Arrependido, Silveirinha? Pense num castigo.

    Pensando bem, o enxugamento do famoso cabidão em 30%, é muito pouco. 80% seria de bom tamanho. Aliás, servidor publico, só concursado. Era pra ser assim, nera?

  5. jb diz:

    A propósito das dificuldades do erário municipal lembrei disto:”A primeira convicção política incutida em meu espírito foi que o município não tinha recursos, e que por esse motivo andava descalçado, ou devia o calçado; convicção que me acompanhou até hoje. A frase — escassez das rendas municipais — há muito tempo que nenhum tipógrafo a compõe; está já estereotipada e pronta, para entrar no período competente, quando alguém articula as suas idéias acerca dos negócios locais.” Notas semanais Texto-fonte: Obra Completa de Machado de Assis. Rio de Janeiro: Nova Aguilar, Vol. III, 1994. Publicado originalmente em O Cruzeiro, Rio de Janeiro, de 02/06/1878 a 01/09/1878. Éh, a cantiga da perua vem de longe, muito longe mas o que não falta são candidatos – Silveira, Larissa, Rosalba…- ao “sacrifício”, digo à PMM. “Mas eles estão por tudo.Sacrifício não medem.Querem é servir o povo.”Orígenes Lessa

  6. Marcos diz:

    Esse Silveira é o prefeito mais fracassado da história de Mossoró, caiu de para quedas na pmm e parecia q brincava de ser prefeito, aí a realidade chegou e vê q ele não Sabe administrar nada e de quebra ainda pede voto a Rosalba toda vez q faz algo! Um derrotado mesmo!!!

  7. nadja diz:

    o problema é: quando for fazer os cortes, sairá as pessoas que realmente trabalha e as que não estão nem ai p população irão ficar

  8. Francy Granjeiro diz:

    Faltou extinguir a Secretaria de Cultura…Cadê o Projeto Seis e Meia? Cadê os artistas que nessa gestão nenhum vieram para o Teatro Municipal Dix-Huit Rosado? Sumiu Mossoró a Semana Criativa? Cadê aqueles humoristas que vinham do CE,PB,PE….???????
    Realmente, ESCARCÉU E ESCASSEZ NO TEATRO DE MOSSORÓ
    oO que faz mesmo essa Secretária de Cultura??????

  9. Francy Granjeiro diz:

    O MAR (Maias Alves Rosado)de lama nunca mais..
    Você é parente de algum deles? Mais de cinquenta anos de oligarquia…. Evolua moço! Pobre e iludido mossoroense
    ‘Oligarquia nunca mais no Piauí’ já era, no Maranhão também…..

Trackbacks

  1. [...] anúncio do novo pacote (veja AQUI) do Governo Francisco José Júnior (PSD), que objetiva reduzir custos da máquina pública, foi [...]

  2. [...] novo pacote de medidas do Governo Francisco José Júnior (PSD) para redução de despesas (veja AQUI), parece que segue a receita dos dois últimos pacotes (veja AQUI) de outubro e novembro do ano [...]

  3. [...] do Blog – Aditivo deve fazer parte do mais recente pacote (veja AQUI) para redução de despesas e melhoria de funcionamento da máquina [...]

  4. [...] A reforma faz parte de nova tentativa de enxugamento de despesas da municipalidade, a terceira desde o dia 11 de outubro do ano passado. Foi anunciada há poucos dias, prometendo economizar pouco mais de R$ 1,7 milhão até final do ano (veja AQUI). [...]

  5. [...] nova, mais uma, reforma administrativa do prefeito (veja AQUI), aprovada esta semana na Câmara Municipal, rebaixou o Turismo no organograma da [...]

  6. [...] reforma decorre principalmente do novo pacote anunciado pelo prefeito há poucos dias (veja AQUI), na tentativa de reduzir despesas. Categoria(s): Administração [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.