quinta-feira - 24/09/2020 - 11:06h
Mossoró real

Rosalba impõe veto a entrevistador para poder falar à TV

Constrangimento se repete com prefeita que não consegue conviver com questionamentos e críticas

A prefeita e candidata à reeleição Rosalba Ciarlini (PP) finalmente resolveu participar da série de entrevistas (veja AQUI) com nomes à Prefeitura de Mossoró, proporcionada pela TV Cidade Oeste (Canal 172, sistema cabo Brisanet), após se esquivar em pelo menos duas datas programadas para ela. Mas sua presença nessa quarta-feira (23), às 18h, no estúdio da emissora, no Santa Delmira, foi antecedida por sérios constrangimentos.

Ela só aceitou participar da Sabatina que a emissora começou em agosto, com a exigência de que o apresentador Carlos Cavalcante fosse retirado da tarefa que cumpriu com todos os demais nomes. Nenhum outro fez queixa mínima à sua conduta ou desautorização impositiva.

Com outro entrevistador, Rosalba se livrou de Cavalcante, mas não dos problemas de comunicação (Reprodução BCS)

A direção da TV Cidade Oeste a princípio relutou em ceder à pressão, inclusive com o respaldo das demais assessorias de concorrentes à municipalidade. Porém, temendo judicialização, capitulou.

Foi escalado o jornalista Wesley Duarte em lugar de Carlos Cavalcante, mas mesmo assim a prefeita não preencheu todo o tempo cronometrado para a entrevista.

A série organizada pela TV Cidade Oeste tem sido bastante ampla. Começou ouvindo pré-candidatos, inclusive nomes que desistiram de pleitear a prefeitura, como Ângela Schneider (PRTB), Bianca Negreiros (Podemos), Daniel Sampaio (PSL), Gutemberg Dias (PCdoB) e Telma Gurgel (PSOL).

Todos eles obedeceram o cronograma de entrevistas, ao lado de outros que realmente vão concorrer ao cargo de prefeito (veja boxe abaixo).

Sabatina da TV Cidade Oeste

Veja AQUI a íntegra da entrevista com Irmã Ceição (PTB)

Veja AQUI a íntegra da entrevista com Cláudia Regina (DEM)

Veja AQUI a íntegra da entrevista com Allyson Bezerra (Solidariedade)

Veja AQUI a íntegra da entrevista com Ronaldo Garcia (PSOL)

Dia 30 será Isolda Dantas (PT).

Apenas Rosalba, o primeiro nome da lista de sabatinados, não ocupou o espaço que lhe foi destinado logo no dia 24 de agosto, início da programação especial da emissora. Sua assessoria informou que ela teria compromissos àquela data, em Natal. Importante ser registrado: a direção da TV Cidade Oeste comunicou a sabatina com 20 dias de antecedência, após proceder sorteio com nomes dos sabatinados. Todos confirmaram, incluindo-se a prefeita.

Mesmo assim, outra data foi arranjada: 31 de agosto. Novamente, sua assessoria deu um bypass (desviou caminho). Justificou que dessa vez, haveria agenda administrativa em Mossoró. Fim de papo.

Na pressão

Já essa semana, com a repercussão da Sabatina com outros candidatos, que ouviu nomes como Allyson Bezerra (Solidariedade) e Ronaldo Garcia (PSOL) na segunda (21) e terça-feira (22), respectivamente, a prefeita surtou. Entendeu que teria de ser ouvida de qualquer jeito, mas a seu modo. E assim a Cidade Oeste rendeu-se, para evitar discurso vitimista e mimimi judicialesco.

Cavalcante, em 'live', reage ao veto (Reprodução BCS)

Cavalcante, que é um dos mais vigorosos comunicadores sociais do estado, mesmo assim não aceitou a mordaça. Em igual horário da entrevista com a “Rosa”, ele abriu seu canal no Facebook (veja AQUI) e fez uma ‘live’ em defesa do voto consciente, do respeito ao cidadão e interagiu com dezenas de internautas.

Na Rádio Difusora de Mossoró, TV Cidade Oeste e suas redes sociais, ele gera um conteúdo crítico, pluralista, interativo e voltado à prestação de serviço dos seus seguidores, ouvintes e telespectadores. Há anos, o apresentador convoca a própria Rosalba e seus secretários para entrevistas, dando direito ao contraponto, ou seja, se pronunciarem sobre qualquer crítica/denúncia. Nunca aceitaram.

Antecedentes

Rosalba Ciarlini tem antecedentes graves de vetos, intolerância, incapacidade de diálogo com quem lhe contraria, censuras e tentativa de manipulação da mídia.

No primeiro ano de seu atual mandato, abril de 2017, chegou a parar uma entrevista na Estação das Artes Elizeu Ventania, quando um repórter de TV lhe perguntou sobre denúncia divulgada no Jornal Nacional sobre suposto envolvimento dela, em corrupção eleitoral. A prefeita teria aparecido em listagem do Departamento de Propina da Construtora Odebrecht com o apelido de “Carrossel” (veja AQUI).

O jornalista passou um tempo “na geladeira” da empresa, pela impertinência do embaraço que teria criado à prefeita. O caso não voltou a se repetir.

Do ponto de vista comercial, a divulgação da Prefeitura Municipal de Mossoró só é veiculada em endereços de mídia que reproduzam a Mossoró da propaganda institucional. Qualquer linha desfavorável, o contrato é desfeito.

Debate foi pouco produtivo, mas revelou que Rosalba não estava preparada para ser questionada (Foto: arquivo)

Em Natal, há muito que se consolidou a fama da prefeita como casca grossa e incapaz de se submeter a um pingue-pongue (perguntas e respostas diretas) na imprensa, sem pauta previamente definida.

Gagueja, treme, embarga a voz. Saliva; os olhos parecem saltar de aflição e o rosto retesa. Perde o controle, como no debate promovido em 2016 pela Inter TV Costa Branca, quando o então articulado prefeito Francisco José Júnior a levou à situação de pânico (Veja: Francisco José Júnior desestabiliza Rosalba num debate pouco produtivo).

Desde a época em que foi governadora do RN, que Rosalba despistava de qualquer tipo de questionamento que lhe causasse aborrecimento. Em Mossoró, na ‘sua prefeitura’, ela pode mais.

* INSCREVA-SE em nosso canal no Youtube ( AQUI) para avançarmos projeto jornalístico.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Q1naide maria rosado de souza diz:

    Tudo pode ser resolvido com um toque de doçura…

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.