segunda-feira - 07/10/2019 - 17:08h
Prioridade

Temendo paralisação do Samu, prefeitura vai pagar terceirizada


Autorização através de portaria vai gerar crédito à Athos (Reprodução)

A Prefeitura de Mossoró publica portaria sob o número 280/2019, da Secretaria Municipal da Saúde, autorizando quebra de ordem cronológica da “Nota Fiscal 44″, em favor da empresa Athos Assessoria e Serviços de Terceirizados, no valor superior a R$ 329,018,51.

A justificativa da gestão Rosalba Ciarlini (PP) é o de atender a essa terceirizada, para que serviços essenciais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU) não parem.

Semana passada, o Blog Carlos Santos mostrou a dimensão das dívidas dessa terceirizada (veja AQUI), mesmo com recente contrato obtido na municipalidade com “dispensa de licitação” (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Administração Pública

Comentários

  1. Wendell Stewart da Costa Silva diz:

    Ora, a atual prefeita sabe que está próximo da eleição de 2020, ela terá que fazer malabarismos para ser eleita,mesmo com uma oposição fragmentada, muitas pessoas não estão querendo votar mais nela, vamos aguardar os próximos eventos dessa política mossoroense.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.