• Lion - Banner Topo-Painel - 11-02-2020
domingo - 01/12/2019 - 20:10h
Eleições suplementares

Alto do Rodrigues elege Nixon Baracho como prefeito


Baracho: prefeito (Foto: sem identificação de autoria)

O vereador e prefeito interino Nixon Baracho (DEM) ganhou com folga as eleições suplementares em Alto do Rodrigues (Vale do Açu) neste domingo (1º).

Ele atropelou nas urnas o também vereador oposicionista Renan Melo (PSD). Como vice ele tem Emília Patrícia Batista de Sousa (MDB).

A maioria deles sobre a chapa perdedora foi de 4.283 (53,7%).

Eis abaixo o resultado final:

Nixon Baracho – 6.130 (76,85%)
Renan Melo – 1.847 (23,15%)
Abstenção – 2.044 (19,42%)
Branco – 162 (1,91%)
Nulo – 340 (4,01%).

O resultado eleitoral, retumbante, é uma vitória pessoal do prefeito cassado Abelardo Rodrigues Filho (DEM), que trabalhou a postulação de Baracho, com sua ex-vice-prefeita Emília Patrícia.

Só lembrando: no próximo ano, outubro precisamente, haverá eleições a prefeito, vice e vereadores em Alto do Rodrigues.

Em que outro país do mundo existe tamanha anomalia?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 01/12/2019 - 19:12h
Eleição suplementar

Júlio César Câmara é eleito prefeito de Ceará-Mirim


Câmara: vitória (Foto: Web)

Terminou a apuração das eleições suplementares em Ceará-Mirim, região do Mato Grande no Rio Grande do Norte, com sete chapas concorrendo à municipalidade.

O eleito a prefeito é Júlio César Câmara (PSD), ex-vereador, ex-candidato a prefeito (duas vezes) e ex-dirigente do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN/RN) no Governo Robinson Faria (PSD). Seu vice é Baiá Mota, o “Baiá de Jumária” (Podemos).

Eis abaixo o resultado final:

Júlio César (PSD) – 14.272 votos
Ronaldo Venâncio (PV) – 14.219 votos
Dr. Marcílio (PDT) – 5.064 votos
Irmão Heriberto (Solidariedade) – 1.874 votos
Glaucio Tavares (PSOL) – 400 votos
Ana Célia (PSTU) – 243 votos
Damião (PATRIOTA) – 90 Votos
Abstenção – 11.680 (22,53%)
Branco – 1.218 (3,03%)
Nulo – 2.777 (6,92%)

* No sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os votos dados ao vereador e candidato Ronaldo Venâncio aparecem como “anulados”, em face de impedimento processual. Na disputa direta com ele, Júlio César venceu por apenas 53 votos.

O eleito terá praticamente um mandato-tampão, haja vista que em outubro do próximo ano, o município passará por eleições regulares a prefeito, vice, além de formação da Câmara Municipal.

Sua eleição advém da cassação e afastamento do prefeito e vice-prefeita, respectivamente Marconi Barreto (PHS) e Zélia Pereira dos Santos (PSDB), por abuso de poder econômico no pleito de 2016.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
sexta-feira - 29/11/2019 - 21:34h
Domingo, 1º

Municípios do RN terão eleições suplementares a prefeito e vice


As eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito de Ceará-Mirim e Alto do Rodrigues acontecem neste domingo (01), das 8h às 17h, e a Justiça Eleitoral potiguar já está com tudo encaminhado para que o pleito ocorra conforme o planejado.

Ao todo, 62.360 eleitores do RN vão às urnas para escolher os candidatos.

O município de Ceará-Mirim, pertencente à 6ª zona eleitoral, contará com 47 locais de votação, 179 seções eleitorais e 161 urnas eletrônicas para atender à demanda de 51.837 eleitores aptos a votar. Além disso, 644 mesários voluntários atuarão no pleito garantindo a organização.

Alto do Rodrigues

Já em Alto do Rodrigues (47ª zona eleitoral), cujo eleitorado é menor – com apenas 10.523 pessoas aptas a votar, haverá 11 locais de votação, 39 seções e 32 urnas eletrônicas, além dos 128 mesários voluntários.

As novas eleições ocorrem em virtude da cassação e perda de mandato dos antigos prefeitos e vice-prefeitos de ambas as cidades, a partir de recentes decisões do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN).

Depois faremos postagens falando dos pleitos em cada município.

Nota do Blog – Esse país não pode dar certo. Em outubro do próximo ano, menos de um ano do pleito de domingo próximo, teremos outras eleições municipais. Os eleitos agora vão ficar menos de um ano no poder.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
segunda-feira - 14/10/2019 - 06:20h
Alto do Rodrigues

Eleições ocorrerão sem retorno de prefeito e vice


O vereador Nixon Baracho (DEM) segue interinamente como prefeito de Alto do Rodrigues, até a posse do novo prefeito (e vice) do pleito suplementar no município.

Até aqui, não vingaram sucessivas tentativas de retorno ao cargo do prefeito cassado e afastado Abelardo Rodrigues Filho (DEM) e da vice Emília Batista Patrícia de Sousa (MDB), através de pedido de tutela antecipada (liminar). A última aconteceu no fim de semana.

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu pelo descarte de ambos no dia 10 de setembro (veja AQUI), com base na Lei da Ficha Limpa.

Chapas

As eleições vão acontecer no dia 1º de dezembro, mesma data em que ocorrerá pleito semelhante em Ceará-Mirim.

A princípio, se desenha um embate entre duas chapas.

Em uma delas, o próprio Nixon Baracho é nome de proa à candidatura a prefeito pelo governismo. Ele assumiu a interinidade no último dia 23 de setembro. Em novembro do ano passado, ele ficou três dias no cargo, com primeiro afastamento de prefeito e vice.

O possível oponente que surge é Renan Melo (PSD), vereador e líder da oposição na Câmara Municipal, ligado ao ex-prefeito Eider Medeiros.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner 7 - Raf Propaganda - Governo do RN - 19-02-2020 - Abertura do Hospital da PM ao público
terça-feira - 17/09/2019 - 17:36h
RN

Pleito suplementar para prefeitura vai ser no dia 1º de dezembro


Ronaldo: prefeito interino (Foto: Câmara de Ceará-Mirim)

Na sessão plenária desta terça-feira (17), o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) aprovou à unanimidade a Resolução n° 21/2019 que disciplina a realização das eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Ceará-Mirim/RN.

Conforme a resolução, que entra em vigor nesta quarta-feira (18) após publicação no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), o pleito acontecerá no dia 01 de dezembro de 2019.

A nova eleição, que segue as mesmas condições de um pleito convencional, será realizada em virtude da cassação e perda de mandato do prefeito de Ceará-Mirim, Marconi Barreto (PHS), e da vice-prefeita, Zélia Pereira dos Santos (PSDB), por abuso de poder econômico.

A cassação foi confirmada recentemente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no dia 22 de agosto – veja AQUI, que negou provimento ao recurso especial eleitoral e manteve o entendimento do TRE-RN, cuja decisão foi proferida em consonância com Ministério Público Eleitoral, em abril de 2018.

A municipalidade vem sendo ocupada provisoriamente pelo presidente da Câmara Municipal, Ronaldo Marques Rodrigues (PV).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
quarta-feira - 28/08/2019 - 08:20h
Prefeito e vice

Eleições suplementares vão atrair enxurrada de candidatos


Com a cassação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do prefeito e vice-prefeita, respectivamente Marconi Barretto (PHS) e Zélia Pereira dos Santos (PSDDB), no último dia 22 (veja AQUI), Ceará-mirim já vive clima de eleições suplementares.

Expectativa é de que tenhamos uma enxurrada de candidatos para o pleito suplementar que acontecerá em menos de 90 dias.

Por enquanto, o prefeito é o presidente da Câmara Municipal, Ronaldo Venâncio (PV).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUIYoutube AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner 7 - Raf Propaganda - Governo do RN - 19-02-2020 - Abertura do Hospital da PM ao público
quinta-feira - 07/02/2019 - 22:38h
Condenado

Ex-prefeito nomeou 1.340 servidores ilegalmente


Dedé: condenação (Foto: arquivo)

Uma Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) resultou na condenação do ex-prefeito de Guamaré José da Silva Câmara (Dedé Câmara) por improbidade administrativa.

Na sentença, a Justiça estadual atendeu os pedidos formulados pelo MPRN com base em provas que o ex-gestor usou a “máquina administrativa” para contratar servidores de forma irregular, caracterizando fins eleitoreiros, fato que acarretou acréscimo considerável na folha de pagamento do Município.

entre junho e agosto de 2008 ele contratou o total de 1.340 novos servidores, dentre os quais 666 em junho, 442 em julho e 232 em agosto, o que culminou no aumento de aproximadamente 50% na folha de pagamento com pessoal.

Veja íntegra da sentença clicando AQUI.

Nota do Blog – Na campanha para eleição suplementar de prefeito e vice do município, ano passado, Dedé Câmara voltou a ser destaque negativo. Apareceu num vídeo ofertando supostas vantagens a um eleitor, para favorecimento de uma das chapas (veja AQUI).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Justiça/Direito/Ministério Público / Política
segunda-feira - 04/02/2019 - 08:22h
Política

“Caciques” resistem à “onda” e vencem disputas paroquiais


Parte da imprensa pesa e sobrepesa as eleições suplementares em Santa Cruz e Passa e Fica, ocorridas ontem (domingo, 3) – veja AQUI.

Em parte do noticiário/comentário, já há um balanço majoritário que aponta uma derrotada.

Nos dois municípios, a governadora Fátima Bezerra (PT) teria sido atropelada, por apoiar chapas contendoras que não tiveram êxito nas urnas.

Fazemos uma avaliação sob outra ótica, sem desconstruir o pensamento alheio.

Respeitamos.

Os dois pleitos evidenciaram a vitória de grupos tradicionais, com clara prevalência do discurso paroquial sobre o estadual ou nacional. Ninguém perdeu por ter a governadora como aliada. Ninguém venceu por tê-la apoiando adversários.

A propósito, a governadora não esteve em qualquer comício.

Tomba

Em Santa Cruz, a liderança e o peso do grupo do deputado estadual Tomba Farias (PSDB) ficaram claros demais. Ele pontifica no lugar há quase 20 anos.

Sua mulher – Fernanda Costa (MDB) – foi cassada à prefeitura em novembro do ano passado, ao lado do vice-prefeito Ivanildo Ferreira (PSB) e mais 6 vereadores. Mesmo assim, numa hábil e densa costura política, ele recompôs seu esquema e garantiu a eleição de duas mesas diretoras interinas na Câmara Municipal, além de aboletar dois prefeitos provisórios em curto espaço de tempo.

Completou a goleada no domingo (3), com a vitória de Ivanildo, o “Ivanildinho”, à prefeitura, com o vice Glauther Adriano Azevedo Silva (MDB). Ivanildinho foi vice da própria Fernanda, não tendo sido alcançado pela cassação em massa do ano passado.

Pepeu

Em Passa e Fica, novo êxito do grupo de Pepeu Lisboa. Ele é o principal líder político do município, tendo sido prefeito por cinco mandatos.

Ontem, o seu sobrinho e ex-prefeito Celso Luiz Marinho Lisboa (PSB), o “Celu”, com Maria de Lourdes Silva do Nascimento (PSD) a vice, venceu as eleições. Celu foi prefeito entre 2005 e 2008.

É claro que se as chapas litigantes tivessem vencido nos dois municípios, haveria exaltação desse sucesso como crédito dela – a governadora. Mas a linha de raciocínio não seria diferente.

Os dois resultados eleitorais mostraram, sim, que continua viva a força do caciquismo. A onda antissistema que eclodiu nas urnas em 2018, não chegou em Santa Cruz e Passa e Fica. Talvez fique para a próxima eleição. Talvez.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Banner 7 - Raf Propaganda - Governo do RN - 19-02-2020 - Abertura do Hospital da PM ao público
quinta-feira - 31/01/2019 - 14:08h
Domingo, 3

Primeiras eleições 2019 no país acontecerão no RN


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) realiza no próximo domingo (03) as eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito dos municípios de Santa Cruz (16ª ZE) e Passa e Fica (12ª ZE), localizadas no interior do estado. O pleito será o primeiro a acontecer no Brasil em 2019.

As novas eleições foram marcadas para substituir prefeitos cassados por decisões da Justiça Eleitoral. Dessa forma, novos nomes foram registrados no TRE-RN para concorrer às vagas.

Santa Cruz

Em Santa Cruz, os eleitores poderão escolher entre os seguintes candidatos Ivanildo Ferreira Lima Filho (prefeito) e Glauther Adriano Azevedo Silva (vice-prefeito), da Coligação Seguindo em Frente; e José Péricles Farias da Rocha (prefeito) e Paulo César (vice-prefeito), pela Coligação Porque o Povo Quer.

Passa e Fica

Já em Passa e Fica, os candidatos que concorrem são Celso Luiz Marinho Lisboa (prefeito) e Maria de Lourdes Silva do Nascimento (vice-prefeito), pela Coligação Passa e Fica Continua Crescendo; e Cibelly Fonseca Jorge (prefeito) e Edson Pereira Padilha (vice-prefeito), pela Coligação Unidos para Mudar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
sexta-feira - 11/01/2019 - 13:26h
RN

Tribunal agiliza providências para eleições suplementares


Glauber Rêgo: medidas em andamento (Foto: arquivo)

As eleições suplementares em Santa Cruz e Passa e Fica, que vão ocorrer no próximo dia 3 de fevereiro em face de cassação de prefeito e vice nos municípios, vão envolver muitas pessoas e estrutura da Justiça Eleitoral. Providências começam a ser aceleradas.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN), presidido pelo desembargador Glauber Rêgo, trabalha para alimentar as urnas eletrônicas na própria zona eleitoral no dia 31 de janeiro.

O TRE-RN irá contar com a ajuda das policias civil e militar para garantir a segurança das eleições.

Para a  eleição em Santa Cruz serão convocados 29 supervisores e 334 mesários que irão atuar nas 86 seções eleitorais. No município estão aptos a votar 23.800 eleitores.

Já em Passa e Fica, município com 8.625 eleitores, serão convocados 108 mesários e 11 supervisores para trabalhar nas 27 seções eleitorais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Banner 7 - Raf Propaganda - Governo do RN - 19-02-2020 - Abertura do Hospital da PM ao público
segunda-feira - 07/01/2019 - 19:52h
RN

Candidaturas são registradas para pleitos suplementares


Terminou o prazo para o registro de candidaturas nos municípios de Santa Cruz e Passa e Fica. As eleições suplementares vão acontecer no próximo dia 3 de fevereiro.

A partir de hoje, dia 07 de janeiro, já é permitida  a propaganda eleitoral nos dois municípios.

Em Santa Cruz, município da 16a Zona eleitoral, com 23.800 eleitores, registraram candidaturas a prefeito e vice, Ivanildo Ferreira Lima Filho (PSB) e Glauther Adriano Azevedo Silva (PSB), ambos pela Coligação Seguindo em Frente e José Péricles Farias da Rocha e Paulo César pela Coligação Porque o Povo Quer.

Em Passa e Fica, município da 12a Zona eleitoral, com 8.625 eleitores, foram registradas as candidaturas de Celso Luiz Marinho Lisboa e Maria de Lourdes Silva do Nascimento para os cargos de prefeito e vice pela Coligação Passa e Fica Continua Crescendo.

Os adversários são Cybelly Fonseca Jorge e Adriana Pessoa Silva pela Coligação Unidos para Mudar.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 15/12/2018 - 19:30h
Senhor do Agreste

Tomba vira o jogo e parte para confronto decisivo


É, não está fácil, mas o deputado estadual reeleito Tomba Farias (PSDB) sobrevive a um cataclismo político em sua principal base eleitoral, o município de Santa Cruz (região Agreste), com enorme capacidade de articulação e liderança.

Segue pontificando no lugar.

Tomba tem uma presença quase onipotente no município e região, mas enfrenta turbulências decisivas pro futuro (Foto: Web)

A cassação e afastamento de sua mulher Fernanda Costa (MDB) da municipalidade (veja AQUI) no dia 27 passado, além do vice-prefeito Ivanildo Ferreira (PSB) e, mais seis vereadores governistas, deixaram-no atordoado. Sentiu a estocada.

Contudo nesse vácuo de poder, a dispersa oposição não conseguiu se impor politicamente e meteu os pés pelas mãos.

Dia passado (veja AQUI), a realização de duas eleições de duas mesas diretoras da Câmara Municipal resultou em retumbante vitória do grupo de Tomba. As duas mesas diretoras, uma tampão até dia 31 de dezembro e outra para o biênio 2019-2020, têm o DNA do seu sistema político.

Vem por aí agora, no dia 3 de fevereiro, a eleição suplementar a prefeito e vice (veja AQUI).

Desafio

É outro jogo que confrontará seu grupo com adversários que estão grogues com os recentes acontecimentos. Parecem acéfalos e sem capacidade de reação.

Em desvantagem desde o dia 27 de novembro, sem prefeitura e reduzido a pó na câmara, Tomba Farias virou o jogo. Isso é inequívoco.

Conduziu um contra-ataque político que levou seu sistema a reocupar o Legislativo e restabelecer o comando do Executivo, em meio ao caos político-administrativo provocado pelas cassações e afastamentos.

As urnas dirão, em seguida, se Luiz Antônio Lourenço de Farias, o Tomba Farias, continuará como o todo-poderoso Senhor do Agreste, ou não. Há quase 20 anos ele o é.

O campo político local pode ter outros atores e protagonistas, ou seja, uma nova história ou outro capítulo com a mesma narrativa.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
sexta-feira - 14/12/2018 - 23:10h
RN

Eleições suplementares são definidas para dois municípios


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE/RN) definiu a data das eleições suplementares nos municípios de Santa Cruz e Passa e Fica. Será no dia 03 de fevereiro de 2019, das 8h às 17h.

O TRE-RN cassou os mandatos da prefeita e vice-prefeito do município de Santa Cruz/RN (16a zona eleitoral), Fernanda da Costa Bezerra (MDB) e Ivanildo Ferreira Lima Filho (PSB), “Ivanildinho”, em virtude da prática de abuso de poder político com repercussão econômica nas eleições de 2016.

A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte também afastou o prefeito e ao vice-prefeito do município de Passa e Fica, na região Agreste potiguar. Leonardo Lisboa (PSD) e o seu vice, Aluízio Almeida de Araújo (PSB), o “Lula Caboclo”, foram afastados dos cargos por terem cometido os ilícitos de abuso de poder econômico e político durante o pleito eleitoral de 2016.

A resolução que trata das eleições suplementares está no PJe -0601622-74.2018.6.20.0000.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 09/12/2018 - 11:48h
Duas chapas

Guamaré tem disputa à prefeitura neste domingo


O município de Guamaré que pertencente à 30ª Zona Eleitoral e tem 13.726 eleitores realiza eleições suplementares neste domingo (9).

Duas chapas disputam a a prefeitura de um dos municípios de maior renda per capita do país:

Mozaniel e Adriano: disputa (Fotomontagem: BCS/Web)

- Adriano Diógenes (MDB)-Iracema Maria Morais da Silveira (MDB), candidatos a prefeito e vice-prefeito na Coligação Guamaré para Todos;

- Mozaniel Rodrigues (SD), o “Biel”, e Édson Siqueira do Carmo (SD), o “Edinho de Moacir” (SD), nomes a prefeito e vice. São da Coligação Guamaré Merece Mais.

O pleito acontece em face da cassação e afastamento do prefeito Hélio Willamy (MDB), o “Hélio de Mundinho”, e a vice Iracema Maria Morais da Silveira, que está habilitada a se candidatar novamente, agora na chapa do farmacêutico-bioquímico Adriano Diógenes.

Hélio foi considerado inelegível em decorrência da impossibilidade de exercício de terceiro mandato consecutivo pelo mesmo núcleo familiar, com base no artigo 14, parágrafos 5º e 7º, da Constituição da República. A norma veda a permanência de um mesmo grupo familiar na chefia do Poder Executivo por mais de dois mandatos consecutivos.

Mais eleições

Outros cinco municípios no país realizam eleições suplementares neste domingo: Congonhinhas, Japira e Rancho Alegre, no Paraná; Sandolândia, no Tocantins; e Pimenta Bueno, em Rondônia. Veja AQUI.

Leia também: Coligação pede investigação denunciando compra de votos;

Leia também:  Guamaré vive numa gangorra pelo poder cheia de cassações.

Leia tambémChapa concorre à prefeitura convivendo com ações judiciais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner 7 - Raf Propaganda - Governo do RN - 19-02-2020 - Abertura do Hospital da PM ao público
domingo - 25/11/2018 - 21:54h
Eleições

Prefeito eleito pelo DEM tem apoio de governadora Fátima


Ronaldo é do DEM (Foto: Web)

Parece estranho, mas o prefeito eleito de Água Nova (região Oeste) neste domingo (25), Francisco Ronaldo de Souza (DEM), tem a simpatia e teve o apoio da governadora eleita Fátima Bezerra (PT).

PT e DEM juntos, sem qualquer embaraço.

Ronaldo e o vice Francisco de Assis Bezerra do Nascimento (SD) obtiveram 1.204 (52,42%) dos votos válidos.

Ele e seu grupo apoiaram Fátima desde o primeiro turno eleitoral deste ano.

No último dia 12 de novembro, em plena campanha, Francisco Ronaldo teve seu carro crivado de balas na zona rural do município, incidente até o  momento não esclarecido (veja AQUI).

Veja mais detalhes sobre eleições suplementares em Água Nova e também Pendências, acontecidos hoje, clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 25/11/2018 - 19:30h
Suplementar

Água Nova e Pendências elegem prefeito e vice-prefeito


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) encerrou a apuração dos votos das eleições suplementares nos municípios de Pendências e Água Nova. Ambos tiveram disputa a prefeito e vice.

Flaudivan: Pendências (Foto: Web)

Em Água Nova (região Oeste), na 65ª zona eleitoral, o prefeito eleito foi Francisco Ronaldo de Souza (DEM) com 1.204 votos, 52,42% dos votos válidos. Seu vice é Francisco de Assis Bezerra do Nascimento (SD).

Ambos fizeram parte da Coligação Juntos por uma Água Nova Melhor (DEM-SOLIDARIEDADE).

A chapa derrotada foi formada por Francisco Fábio de Araújo (MDB) e João Paulo de Carvalho Ribeiro (MDB), que obteve 1.093, 47.58% dos votos válidos.  A abstenção foi de 8.01%.

Os votos em branco chegaram a 5 (0,21%) e os nulos foram 41 (1,75%).

Pendências

Já em Pendências (Vale do Açu), o prefeito eleito foi Flaudivan Martins Cabral (MDB), tendo como vice Francivani Batista da Silva (DEM). Os dois fizeram parte da Coligação Unidos por Pendências (MDB-DEM-PR-SOLIDARIEDADE-PSDB-PT-PDT).

Obtiveram 4.383 votos, 50.14% dos votos válidos.

Outra duas chapas estavam inscritas à disputa.

Gustavo Adolpho dos Santos Queiroz (PSC) e Alexandre da Conceição Alves Bezerra (PSD) da Coligação Renova Pendências (PSC-PSD) somaram 4.123 votos, 46.08% dos votos válidos.

Já a chapa Maria Zilda da Costa Silva( PRB)-Josivan de Melo Evangelista (PRB) totalizou 236 votos, 2.64% dos votos válidos. Ainda foram identificados 44 votos em branco (0,49%) e 161 nulos (1,80%).

Ronaldo: Água Nova (Foto: Web)

A abstenção em Pendências foi de 12,58%.

Cassações

Em Água Nova, a cassação de Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho (MDB) e Elias Raimundo de Souza (MDB), respectivamente prefeita e vice (veja AQUI), resultou nas eleições suplementares de hoje.

Quanto à Pendências, o pleito deriva da cassação do prefeito e vice-prefeito Fernando Antônio (MDB), e seu vice José Maria Alves Bezerra (MDB) – veja AQUI.

De acordo com informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN), nenhuma ocorrência foi registrada nas eleições nos dois municípios.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
sexta-feira - 23/11/2018 - 19:46h
Domingo

Eleições suplementares vão acontecer em dois municípios


Mais eleições 2018. No próximo domingo (25), haverá disputa suplementar às prefeituras de Água Nova e Pendências, em face da cassação dos prefeitos e vice-prefeitos eleitos em 2016.

As cassações ocorreram por abuso de poder econômico e político, além da prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos),

O pleito acontece em conformidade com a Resolução do TSE nº 23.280, de 22 de junho de 2010. O Tribunal regional Eleitoral  (TRE/RN) já concluiu a carga das urnas que serão usadas durante o pleito. A expectativa é que o resultado das eleições nos dois municípios seja divulgado às 18h do domingo, dia 25.

Em Pendências, município pertencente à 47ª zona eleitoral, 10.240 eleitores estão aptos à votação.

O município de Água Nova/RN pertence à 65ª zona eleitoral e possui 2.551 eleitores.

Veja candidaturas em cada município:

Município: Pendências (47ª ZE)

Coligação Renova Pendências (PSC-PSD)

Prefeito: Gustavo Adolpho dos Santos Queiroz

Vice: Alexandre da Conceição Alves Bezerra

Coligação Unidos por Pendências (MDB-DEM-PR-SOLIDARIEDADE-PSDB-PT-PDT)

Prefeito: Flaudivan Martins Cabral

Vice: Francivani Batista da Silva

PRB

Prefeito: Maria Zilda da Costa Silva

Vice: Josivan de Melo Evangelista

Município: Água Nova (65ª ZE)

Coligação Juntos por uma Água Nova Melhor (DEM-SOLIDARIEDADE)

Prefeito: Francisco Ronaldo de Souza

Vice: Francisco de Assis Bezerra do Nascimento

MDB

Prefeito: Francisco Fábio de Araújo

Vice: João Paulo de Carvalho Ribeiro.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo  TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 16/11/2018 - 07:28h
Água Nova

Disputa tem homicídio, atentado e suposta compra de votos


É de submundo o enredo político-eleitoral em Água Nova (Alto Oeste Potiguar, distante 411 quilômetros de Natal). O pequeno município terá eleições suplementares a prefeito e vice no próximo dia 25 e vive uma atmosfera de submundo em sua campanha.

Água Nova: enredo nebuloso (Foto: Web)

O ex-vice-prefeito “Neném de França” (Antônio César Nilton do Nascimento) foi assassinado misteriosamente no dia 26 de setembro (veja AQUI) e o candidato a prefeito Ronaldo Souza (DEM) teve seu carro crivado de balas na segunda-feira (12) – veja AQUI. Teria sido um atentado, é a versão inicialmente narrada.

Correm denúncias de compra de votos e um áudio circula nas redes sociais com caracterização desse crime eleitoral. Tivemos acesso ao material, mas não a postamos por não existir garantia de autenticidade do seu conteúdo. Envolve Francisco Iromar de Carvalho, pai da ex-prefeita cassada Iomária Carvalho (MDB).

Morte no passado

Há pouco mais de 20 anos (27 de outubro de 1998), o então prefeito água-novense Irosvaldo de Carvalho (irmão de Iromar) foi executado no Hotel São Paulo em Natal. O recepcionista José Roberto Bento também foi vítima, por ter testemunhado o assassinato. Caracterizou-se como crime por motivação política.

O pleito em Água Nova ocorrerá devido cassação de Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho e Elias Raimundo de Souza (MDB), respectivamente prefeita e vice (veja AQUI). Município pertence à 65ª Zona Eleitoral e possui 2.551 eleitores.

Concorrem às eleições, Fabio Araújo (MDB) e João Paulo (MDB), candidatos a prefeito e vice, contra Ronaldo Souza (DEM) e seu vice Neném de Duba (SD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
terça-feira - 13/11/2018 - 13:22h
Água Nova

Carro de candidato a prefeito é crivado de balas


Ronaldo Souza (DEM), candidato a prefeito de Água Nova-RN em pleito suplementar marcado para o próximo dia 25, teve seu carro crivado de balas à noite dessa segunda-feira (12).

O incidente aconteceu na zona rural do município.

No momento dos disparos, Ronaldo não estava no veículo, um Uno Mille.

O carro era dirigido por seu motorista, que não se feriu. Ocorreram oito perfurações na lataria do veículo.

A Justiça Eleitoral determinou reforço no policiamento com vistas às eleições.

O pleito acontecerá em face da cassação da prefeita e vice do município, respectivamente Iomária Rafaela Lima de Souza Carvalho (MDB) e Elias Raimundo de Souza (MDB) – veja AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política / Segurança Pública/Polícia
sábado - 03/11/2018 - 16:40h
Pendências

Campanha suplementar começa com movimentação de rua


Gustavo e seu vice puxaram carreata-passeata (Foto: cedida)

A campanha municipal suplementar em Pendências (região do Vale do Açu) ganhou as ruas nesse final de semana. A chapa oposicionista formada pro Gustavo Queiroz (PSD) e Alexandre de Dida (PSC), nome a prefeito e vice, realizou significativa mobilização pública nessa quinta-feira (1º).

Os dois puxaram carreata-passeata.

Eles enfrentam na campanha o prefeito interino Flaudivan Martins (MDB) e vice Preta da Cerâmica (PSDB). Ambos começaram campanha também no dia, mas com corpo a corpo no bairro Rocas.

As eleições suplementares vão acontecer no próximo dia 25, em face da cassação de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros (MDB), o “Fernandinho”, e José Maria Alves Bezerra (MDB), respectivamente prefeito e vice.

Foram cassados por abuso de poder econômico e político e prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 29/10/2018 - 23:50h
COLUNA DO HERZOG

“Maldição” do vice se confirma agora com Kadu Ciarlini


Por Carlos Santos

Segue a maldição do vice de Mossoró. Kadu Ciarlini (PP), filho da prefeita Rosalba Ciarlini (PP), candidato derrotado na chapa de Carlos Eduardo Alves (PDT), é mais um nome saído da cidade que não consegue ser vice-governador. A série já é numerosa e vem de longe, como o Blog Carlos Santos postou no dia 15 de junho de 2010: A “maldição” de ter vice de Mossoró.

Em 1950, o médico e ex-prefeito mossoroense Duarte Filho foi vice na chapa governista de Manoel Varela. Perderam para o mossoroense Dix-sept Rosado e Sílvio Pedrosa. Em 1960, deputado estadual Vingt Rosado foi vice de Djalma Marinho: perdeu para a dupla Aluízio Alves-Walfredo Gurgel.

Em 1965, o ex-deputado federal Tarcísio de Vasconcelos Maia (pai do senador José Agripino) apresentou sua candidatura para vice-governador de Dinarte Mariz, mas ambos foram derrotados por Walfredo e Clóvis Motta.

Em 1994, a então ex-prefeita de Mossoró Rosalba Ciarlini concorreu como vice do ex-governador Lavoisier Maia e a chapa levou a pior para a composição senador Garibaldi Filho-deputado federal Fernando Freire.

Em 2002, a urucubaca veio em dose dupla: o deputado federal Laíre Rosado foi vice do governador Fernando Freire e o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado ocupou a mesma posição na chapa do senador Fernando Bezerra. As duas chapas foram derrotadas pela ex-prefeita natalense Wilma de Faria-deputado estadual Antônio Jácome.

Em 2022 teremos mais uma tentativa?

P.S – 10h38 de 30-10-18 – O professor Walter Fonseca acrescenta mais um ingrediente a essa postagem de abertura da coluna: “Amigo, em 1986, Antonio Florêncio, que era de Pau dos Ferros mas tinha base eleitoral por Mossoró, representando eleitoralmente a cidade, foi vice de João Faustino. Também perdeu”. Nota do Blog – De fato, caro Walter. Mas não o incluí na lista por um critério duvidoso que adotei, o fato de ele não ter uma vida regular vinculada ao município naqueles tempos, com a escolha para vice sendo por outros critérios e não necessariamente sua base política. Abraços.

PRIMEIRA PÁGINA

Senadores potiguares ocuparão assentos até então intocáveis - As eleições deste ano produziram várias surpresas, novidades e fenômenos. Algo diferente será a formação da representatividade potiguar no Senado. Na próxima legislatura teremos no Senado o Capitão Styvenson (Rede), Jean-Paul Prates (PT) e Zenaide Maia (PHS). Nomes como José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB) saem de cena após mais de 30 anos entre passagens pelo governo estadual e esse poder. Sinal dos tempos.

Prates (em pé, à direta) substituirá Fátima (Foto: divulgação)

Bancada governista de fácil formação, mas de difícil controle – A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) não terá dificuldades em montar bancada majoritária na Assembleia Legislativa. Apesar de apenas três deputados terem sido eleitos por sua coligação, apoios recebidos no segundo turno e migrações “naturais” que vão acontecer, lhe darão boa maioria na Casa. Difícil será controlar tanta gente, em mais de uma dezena de partidos, com boa parte deles acostumada a uma forma de apoio pouco republicana.

Os descontentes com um e com outro na disputa presidencial – Dados da Justiça Eleitoral apontam que o percentual de votos nulos no segundo turno das eleições presidenciais de 2018 chegou a 7,4%, o maior registrado desde 1989, totalizando 8,6 milhões. Foi um aumento de 60% em relação ao 2º turno da última eleição presidencial, em 2014, quando 4,6% dos votos foram anulados. Os votos brancos somaram 2,4 milhões (2,1%), neste 2º turno, pouco acima do 1,7% da última eleição presidencial. Ao todo, 31,3 milhões de eleitores não compareceram às urnas, o equivalente a 21,3% total, proporção similar ao do 2º turno presidencial de 2014. Somando os votos nulos e brancos com as abstenções, houve um contingente de 42,1 milhões de eleitores que não escolheram nenhum candidato, cerca de um terço do total.

O ciclo de eleições 2018 no RN ainda não está concluído

A corrida pelo voto no RN não terminou nesse domingo (28), com as eleições no segundo turno. Ainda vão existir eleições suplementares para prefeito e vice em dois municípios no dia 25 de novembro: Água Nova e Pendências. Em ambos, prefeito e vice foram cassados por abuso de poder econômico. Este ano já aconteceram também eleições suplementares em João Câmara, Pedro Avelino, Galinhos, Parazinho e São José de Campestre no último dia 3 de junho. P.S – Às 13h32 de 31 de outubro - O TRE/RN decidiu nessa terça-feira (30) que haverá eleição suplementar em outro município: Guamaré. Será dia 9 de dezembro.

Candidaturas e vitórias eleitorais para 2020 começam a ser antecipadas – Mal terminou a apuração de votos das eleições 2018, já é possível ouvirmos e lermos sobre nomes “certos” às eleições municipais em 2020. Os mais empolgados antecipam vitória de “A” ou de “B”. Calma, turma. As urnas deram uma mensagem retumbante não apenas para quem foi derrotado, mas também para os eleitos. Está todo mundo no fio da navalha. Compreensível, mas cedo e precipitado se falar em tom assertivo e premonitório sobre eleições que vão acontecer daqui a quase dois anos. Numa era analógica, há algumas décadas, o governador mineiro Magalhães Pinto definiu: “Política é como uma nuvem. Você olha e ela está de um jeito. Você olha de novo e ela já mudou”. Imagine hoje, num mundo cibernético.

Carlos: nome para 2022 (Foto: divulgação)

Carlos Eduardo Alves não é opção para disputa de prefeitura – Bom alertarmos para quem acredita numa nova candidatura do ex-prefeito Carlos Eduardo Alves (PDT), à Prefeitura do Natal, que ele está alijado de disputa em 2020. Por ter renunciado ao segundo mandato consecutivo para ser candidato ao governo estadual, não pode tentar emendar outro (seria o terceiro em série). O ex-prefeito só retomará a trilha de candidaturas mais adiante, em 2022, se quiser ser de novo candidato ao governo ou outro cargo eletivo.

O presidente eleito pode e deve desestimular excessos – Muita gente alimenta pregação de que o país marcha para uma ditadura ou outra forma de intervenção não constitucional. Sinceramente, não temo um regime de exceção, mas percebo que precisamos nos contrapor à restrição de direitos individuais, patrulhamento de costumes, violação da liberdade de expressão e cerco ao exercício jornalístico. Algumas escaramuças nesse sentido incomodam desde já. Porém espero que o próprio presidente eleito seja voz discordante e desestimuladora de excessos entre familiares, votantes e militantes-patrulhadores mais exaltados. Na oposição, também não faltam aloprados, é bom que se diga. Não votei nele, mas torço demais para que acerte e possa contribuir à retomada do desenvolvimento, à luta contra as profundas desigualdades sociais e à corrupção endêmica. Nesse caso, também tenho o Brasil como meu partido e pátria amada.

Nomes saem fortalecidos em meio ao tsunami eleitoral - Em contraponto à onda de votos contra políticos tradicionais, os deputados estaduais Vivaldo Costa (PSD) e Nelter Queiroz (MDB) têm motivos para comemorações. Sobreviveram e bem ao tsunami que varreu boa parcela da velha guarda da política potiguar este ano. Vivaldo, com 32.638 votos; Nelter, com 40.717. Outras figuras precisaram se reinventar, como o atual prefeito do Natal, Álvaro Dias (MDB). Paralelamente, começam a surgir outros nomes na tabuleiro, sobretudo num momento em que também está em aberto o comando da própria prefeitura, com o afastamento do prefeito Robson Araújo (PSDB), o “Batata”.

EM PAUTA

Banda H – A Banda H com seu pop-rock de alta qualidade vai animar a noite que antecede o feriado de finados, com música ao vivo nas piscinas do Hotel Thermas, na quinta-feira (1º de novembro). Sucesso, rapaziada. Se der, apareço.

Finados – A Diocese de Mossoró divulgou o horário das missas que serão celebradas na sexta-feira, dia 2, Dia de Finados. Cemitério São Sebastião, às 5h30 e às 16h30; Capela de Santa Teresinha, às 6h e às 9h; Cemitério Novo, às 8h e às 17h. Missa na Matriz Imaculada Conceição às 19h. A Rádio Rural transmite a Missa de Finados das 16h30 com Bispo Dom Mariano Manzana.

Palco Giratório – O espetáculo teatral “Os cavaleiros da triste figura” do grupo Boca de Cena, do Sergipe, vai se apresentar em três palcos do Rio Grande do Norte: Caicó (11/11), Mossoró (14/11) e em Natal (18/11), dentro da 21ª Edição do Palco Giratório do Sesc.

Jegue Folia – A cidade de Marcelino Vieira na região Oeste do RN terá entre os dias 4 e 6 de janeiro de 2019 a 18ª edição do Jegue Folia. A micareta é uma das mais consolidadas e longevas do estado. Psirico, Chicabana e Cláudia Leitte serão as atrações.

Catedral - A banda Catedral está de volta a Natal em sessão extra. O show “Catedral 30 Anos e Você”, em comemoração aos seus 30 anos de carreira, acontece no dia 21 de novembro, no Teatro Riachuelo, às 21h30.

Saraiva – No Dia Nacional do Livro, 29 de outubro, uma péssima notícia: a Livraria Saraiva do Partage Shopping em Mossoró não abriu. Foi desativada, como outras mais 19 unidades dessa marca no país (veja AQUI). Lamentável.

SÓ PRA CONTRARIAR

As urnas eletrônicas são confiáveis ou não, capitão Bolsonaro?

GERAIS… GERAIS… GERAIS…

Nesta quarta, 31/10, das 14 às 17h, vai acontecer a Mostra de Arte e Educação 2018 da Casa Durval Paiva. A instituição fica situada na Rua Prof. Clementino Câmara, 234 – Barro Vermelho, em Natal e o acesso ao público é gratuito. A entidade atende à criança e ao adolescente com câncer e doenças hematológicas crônicas (veja AQUI).

Obrigado à leitura do Nosso Blog Juscelino Rêgo (Pau dos Ferros),  Carlinhos Silveira (Mossoró) e  Carlos Sérvulo (Natal).

Veja a edição anterior da Coluna do Herzog (22/10) clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI.

Categoria(s): Coluna do Herzog
quinta-feira - 28/06/2018 - 17:38h
"Estado de leis"

Prefeito empossado há apenas dois dias é cassado


José Alexandre: posse anteontem (Foto: reprodução)

Por decisão judicial, o recém-empossado prefeito de Pedro Avelino (Sertão Central), José Alexandre Sobrinho (MDB), da Coligação União, Força e Trabalho, perde mandato conquistado em eleição suplementar no último dia 3 de junho.

Quem deverá ocupar a municipalidade é o vice Elson Batista da Trindade (PSD).

Eles foram empossados no último dia 26, ou seja, anteontem.

José Alexandre Sobrinho foi condenado à devolução do valor que recebeu como procurador do município de João Câmara, no mês em que entrou com recurso contra a municipalidade, devidamente corrigido e com juros, imediata perda do cargo público que ocupa (Prefeito de Pedro Avelino), suspensão dos direitos políticos por 8 anos, multa civil equivalente ao valor do prejuízo causado e proibição de contratar com o Poder Público pelo prazo de 5 anos.

Má-fé

A medida acontece com base em precedente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determina que sejam encaminhados ofícios para a Câmara de Vereadores local e ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RN) com a comunicação referente a esta decisão. O processo foi julgado pelo Núcleo de Apoio ao cumprimento das Metas 4 (ações de improbidade administrativa e crimes contra a Fazenda Pública) e 6 (ações civis públicas) do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Segundo os autos, José Alexandre defendeu os interesses do então prefeito Ariosvaldo Targino de Araújo de João Câmara, apesar de ser procurador municipal. Inclusive, com procedimentos que teriam favorecido Targino, em flagrante má-fé, causando prejuízo ao erário.

Veja mais detalhes clicando AQUI.

Nota do Blog – No dia 12 passado, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) anulou o pleito suplementar do município de São José do Campestre (veja AQUI), também ocorrido no dia 3.

O Brasil pode ser tudo, menos um Estado Democrático de Direito. Em que outro país “democrático”, essa putaria aconteceria?

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.