quarta-feira - 04/08/2021 - 16:26h
Sobre pesquisa

Tudo é muito frágil nas disputas ao Governo do RN e Senado

Numa avaliação sobre a pesquisa Tribuna do Norte/Instituto Consult divulgada nessa terça-feira (3) e reproduzida parcialmente por nossa página (veja AQUI, AQUI, AQUI, AQUI e AQUI), é fácil perceber como tudo é muito frágil. Estão em aberto as disputas ao governo estadual e Senado.

Carlos aparece com força ao Senado e em condições de vencer Fátima (Foto: não identificamos autoria)

Carlos aparece com força ao Senado e em condições de vencer Fátima (Foto: não identificamos autoria)

Mas, novidade mesmo é um personagem que estava silente e sumido, mas que aparece como “novidade”. Sim, pasme! A novidade é o ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), que perdeu a corrida ao Governo do RN em 2018 para a própria governadora Fátima Bezerra (PT).

Ele é forte novidade à sucessão de Fátima e ao Senado, segundo a pesquisa. E é bom que a gente fale pela milionésima vez: pesquisa não é oráculo, não tem poder da adivinhação, ainda mais com uma distância de mais de um ano do pleito. Pesquisa é um retrato do momento. Ponto.

Tudo pode mudar e mudar muito.

Sem praticamente perambular pelo estado, quase sem passar da Reta Tabajara e distante do burburinho político, o ex-prefeito demonstra que tem capital primário considerável para participar do jogo.

Numa corrida ao Senado desponta bem à frente de outros hipotéticos concorrentes, incluindo o petista e atual senador Jean-Paul Prates.

Em relação ao governo potiguar, seria – no momento – o único com nutrientes para enfrentar Fátima Bezerra, que está longe de possuir “gordura” para queimar com segurança na campanha.

Porém, não esqueçamos: A legislação passará por ajustes com a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 125 – Reforma Eleitoral; o quadro da corrida presidencial influenciará em alianças no estado, desdobramentos da CPI da Covid-19 e outros fatores entrarão em avaliações em seguida.

Fátima e Carlos Eduardo Alves foram adversários, da mesma forma que já foram aliados muito afinados e no momento estão em palanques distintos. A configuração das alianças e candidaturas está indefinida e poderemos ter surpresas.

Por enquanto, tudo é muito frágil.

Leia também: Carlos Eduardo abre canal para entendimento com Fátima.

Acompanhe o Canal BCS (Blog Carlos Santos) pelo TwitteAQUIInstagram AQUIFacebook AQUI e Youtube AQUI.

Categoria(s): Política

Comentários

  1. Inácio Augusto de Almeida diz:

    Se Styvesson chegar ao segundo turno ganha de goleada.
    Como parece que a tática de polatizar a campanha não está colando…
    A continuar este desmantelo administrativo pode acontecer uma Zebra. Votória do Styvesson no primeiro turna.
    O descontsntamentto do povo é enorme. Os privilégios aumentam na proporção direta da miséria do povo.
    O tempo trabalha á favor do Styvesson.

  2. M.D.R. diz:

    Se os PELEGAS tem respeito próprio não votaria no GOVERNO DO PT . Nunca se viu tanta humilhação, que a GOVERNADORA FÁTIMA DO PT, pregava dignidade dos trabalhadores com melhor qualidade de vida mas, tudo não passou de PILANTRAGEM de um GOVERNO mentiroso e covarde que empobreceu cada vez mais os humildes e os pobre funcionários públicos que já vem mais de 13 anos sem reposição SALARIAL.
    Viva o PT! Viva o PT! As URNAS deram as respostas do veredito em 2022.

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011 - 2021. Todos os Direitos Reservados.