terça-feira - 30/11/2010 - 00:28h

Lauro Maia nega envolvimento com corrupção no Estado



Mesmo confrontado com uma planilha contendo nomes de empresas, valores em dinheiro e datas, coletada no computador pessoal, o advogado Lauro Maia (PSB), negou envolvimento no suposto esquema de pagamento de propinas para a renovação de contratos na Secretaria Estadual de Saúde (SESAP).


O filho da ex-governadora Wilma de Faria (PSB) depôs hoje à Justiça Federal em Natal, dentro do processo que deriva da denominada "Operação Hígia",  que em 2008 culminou com a prisão de Lauro Maia e outras 12 pessoas. Tanto ele como o ex-secretário-adjunto de Esportes, João Henrique Lins, considerado na investigação o arrecadador do esquema, afirmaram ser inocentes de todas as acusações.

Ao sentar na cadeira dos interrogados, informou a própria renda (de R$ 80 a R$ 100 mil por ano) e declarou-se inocente das acusações. Primeiramente, Lauro esclareceu como atuava à época dos fatos relatados. Era assessor do deputado federal Rogério Marinho (PSDB) em Natal. Além disso, auxiliava o pai Lavoisier Maia (PSB), como uma espécie de assessor político.

Lauro Maia era o responsável por fazer articulações com prefeitos e lideranças no interior do Estado.

A partir disso, o filho de Wilma de Faria negou qualquer ingerência na Secretaria Estadual de Saúde e outras secretarias do Governo do Estado. “Sempre trabalhei em contato com os prefeitos e lideranças do interior do Estado”, disse.

O juiz da 2a. Vara Federal, Mário Jambo, apresentou em seguida um documento apreendido no computador pessoal de Lauro Maia. Trata-se de uma planilha contendo nomes de empresas e datas de pagamento, divididas entre autorizadas e solicitadas.

A Emvipol, por exemplo, uma das empresas que estaria envolvida no esquema, consta dessa lista. “Desconheço essa lista”, disse, após o juiz reforçar que foi apreendido pela perícia da Polícia Federal no computador do acusado.

Lauro Maia passou então a negar seguidamente todas as acusações que lhe foram imputadas.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
terça-feira - 30/11/2010 - 00:17h

Mossoró tem alto excesso de arrecadação e vive “crise”



A receita extra-orçamentária da Prefeitura de Mossoró deverá passar dos R$ 55 milhões no atual exercício. Os números até o mês passado já tinham ultrapassado os R$ 49 milhões.

Isso significa dizer que da estimativa orçamentária de R$ 369 milhões para este ano, conforme o Orçamento Geral do Município (OGM) aprovado ano passado, o excedente previsto fará o erário do município passar dos R$ 424 milhões de ativos.

Apesar de toda essa montanha de dinheiro, que contraria o discurso fatalista sobre "crise", a prefeitura teve bloqueio de repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), além de enfrentrar há tempos atraso no pagamento a prestadores de serviços e fornecedores.

Nota do Blog - A todo tempo fica claro que a patota não é do ramo. O problema é o de sempre: má gestão. 

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
segunda-feira - 29/11/2010 - 14:22h

Encontro exclusivo com Fafá Rosado


Estou chegando em poucos minutos ao Juizado Especial Criminal de Mossoró.

Vou participar de seis audiências consecutivas como réu. São queixas-crimes protocoladas pela prefeita de direito de Mossoró, a enfermeira Fátima Rosado (DEM), a "Fafá".

Teremos uma tarde inteira, provavelmente parte da noite, nessa liturgia processual.

Essa enxurrada faz parte de uma estratégia utilizada por sua facção política, contra mim, em curto espaço de meses. A ordem é impedir meu exercício profissional e me calar com dezenas de ações.

A patota não suporta quem pense diferente. Acostumou-se com louvação.

Tudo bem. Faz parte. É um direito subjetivo que respeito. Melhor do que o uso de expedientes baixos e de jagunços, da imprensa, para outros procedimentos contra mim e meus filhos.

A prefeita e sua gente contrataram o escritório dos doutores Humberto Fernandes, Olavo Hamilton e Emanuel Antas.

O escritório do doutor Marcos Araújo, com reforço de doutora Fernanda Abreu, arrima minha defesa. Além deles, doutor Tarcísio Jerônimo noutra leva.

Vamos lá.

Tenho todo o tempo e paciência do mundo.

Categoria(s): Blog
segunda-feira - 29/11/2010 - 14:06h

Caixa volta a ter folha de pessoal da Prefeitura de Mossoró


A Caixa Econômica Federal (CEF) voltará a ser o banco credenciado pela Prefeitura de Mossoró para atendimento à folha de seus servidores.

O Bradesco vai sair de cena. E sem deixar muitas saudades.

Há cerca de quatro anos o Bradesco ganhou disputa para prestar o serviço, tendo desembolsado R$ 7 milhões com esse fim.

A mudança tem sido saudada pelo funcionalismo, que hoje vive situação angustiante de endividamento.

Segundo fontes credenciadas da municipalidade, mais de 75% dos servidores estão com alto índice de comprometimento salarial, em face de empréstimos consignados e a facilidade de uso da modalidade de crédito conhecida como CDC.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
segunda-feira - 29/11/2010 - 08:00h

Juiz proíbe governos de fazerem festas; Saúde é priorizada


O juiz federal José Eduardo de Melo Vilar Filho, titular da 6ª Vara Federal, determinou adoção de medidas que solucionem, de forma definitiva, a problemática da fila de espera para as cirurgias ortopédicas de alta complexidade no Hospital Universitário Walter Cantídio e Hospital Geral de Fortaleza (HGF).

Caso os pacientes não sejam atendidos dentro de um prazo final de 36 meses, o juiz deve estabelecer a proibição de festas e shows promovidos pela União, Estado do Ceará e Município de Fortaleza.

De acordo com o juiz, a sentença inicial prevê, no caso de descumprimento da determinação, multa diária no valor de R$ 10 mil à União, ao Estado do Ceará e ao Município de Fortaleza. Decorridos 20 dias de descumprimento, estabelece proibição de veiculação de propagandas institucionais, até a adequação da fila.

Caso o descumprimento permanecer por 30 dias, a partir daí, será proibida a realização de festas e show.

“A espera imposta aos pacientes não lhes permite uma vida digna e saudável, na medida em que aqueles enfermos encontram-se, no mais das vezes, incapacitados para o trabalho e para as atividades cotidianas”, defendeu o juiz.

Veja mais detalhes e íntegra de decisão clicando AQUI.

Nota do Blog – Ainda temos juízes no Brasil. Amém.

A política do "pão e circo" tão difundida desde a antiguidade, continua prevalescendo, transformando a massa-gente em gado abolhado e inconsciente.

Virão aí as festas de final de ano, depois carnaval, festejos de padroeiros etc. E, ao mesmo tempo, a choradeira de governadores e prefeitos, reclamando da falta de recursos.

Dinheiro tem demais. Falta mesmo é priorizar o ser humano em suas necessidades básicas.

Roubem um pouco menos que já melhora 100%.

Categoria(s): Gilson Cardoso
segunda-feira - 29/11/2010 - 07:51h

Os sabidos que ganham a vida com a política no RN


O escritor areia-branquense Francisco Rodrigues da Costa, ao ler postagem deste Blog que pergunta quem é mais perigoso, se o narcotraficante carioca ou o político potiguar que desvia recursos da Saúde, Educação e Segurança, não titubeia.

Sua observação beira a genialidade, com fina ironia.

Leia abaixo:

Carlos Santos,  

Acho que o caso não é de periculosidade, mas de sabedoria. Lá, um traficante foi-não-foi perde a vida. Aqui, foi-não-foi, um sabido "ganha" a vida.

Francisco Rodrigues da Costa (Chico de Neco Carteiro) – Escritor e Webleitor

Categoria(s): Blog
  • Repet
segunda-feira - 29/11/2010 - 07:46h

Orçamento tem emendas que perturbam prefeitura



A Câmara de Mossoró vai realizar nessa terça (30), no horário regimental das 9h, a primeira sessão ordinária para apreciação e votação de emendas ao Orçamento Geral do Município-2011 (OGM).

Será a prova de fogo para a nova composição oposicionista da Casa e pro governismo, quer perdeu quatro dos seus dez vereadores, ficando inferiorizado no placar de 6 x 7.

Foram apresentadas 82 emendas ao projeto original da prefeita de direito Fátima Rosado (DEM). Pelo menos duas delas devem, se aprovadas, devolver o poder de autonomia fiscalizadora à Câmara e obrigar o governo a ser mais zeloso com as contas públicas.

Uma emenda, do oposicionista Lahyrinho Rosado (PSB), reduz de 25% para 10%, a prerrogativa da prefeitura movimentar crédito suplementar sem consulta à casa.

O outro é do também oposicionista Genivan Vale (PR). Sua proposta bota a Câmara de Vereadores com o dever de autorizar a movimentação orçamentária excedente. As duas emendas fazem parte de um elenco de 46 aprovadas na Comissão de Orçamento e Finanças. 

Ambas causam profundo abalo no modelo que há anos impera na prefeitura, de uso quase que autônomo dos recursos públicos, sem acompanhamento da Câmara.

Todo orçamento é feito de forma reprimida, ou seja, com estimativa de receita sempre muito abaixo do que realmente ocorre.

A sobra extraorçamentária é utilizada a bel-prazer do governante. Um exemplo é que o orçamento deste ano é de pouco mais de 369 milhões. Já ultrapassou essa soma há um mês e todo o excedente tem destinação sem que a Casa tenha conhecimento de uso ou interfira em suplementação.

Categoria(s): Sem categoria
domingo - 28/11/2010 - 20:36h

Vida e história de Mário Negócio


Os irmãos Mário Heitor e José Nilton, filhos do ex-deputado estadual constituinte e ex-secretário-geral do Estado Mário Negócio, planejam programação especial em 2011.

Querem lembrar os 100 anos de nascimento e 60 de morte do seu pai.

Conversei com ambos agora à noite em Mossoró. Os dois estão na cidade levantando documentos, fazendo contatos pessoais e rastreando informações que enriqueçam o projeto em formatação.

Mário foi advogado e principal nome da equipe de governo do governador Dix-sept Rosado. Morreu em acidente de carro no dia 30 de março de 1951, no início da curta gestão de Dix-sept.

Nota do Blog – Mário é um personagem riquíssimo da história politica de Mossoró e do Rio Grande do Norte, mas praticamente esquecido.

Contem com este espaço à divulgação do trabalho.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
domingo - 28/11/2010 - 16:45h

Oposição reforça afinação para enfrentar desafios



Sete vereadores que fazem oposição e são maioria, na Câmara de Mossoró, estão aproveitando a brisa da praia de Tibau neste domingo (28). Mas não é apenas por lazer.

O encontro na casa de praia do vereador Francisco José Júnior (PMN) tem outro sentido: reforça o vínculo e união desse grupo com vistas a duas batalhas titânicas.

1º – Luta  para ratificar a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal, ocorrida no dia 2 de julho, que segundo decisão judicial, precisa ser reiterada ou não pelo plenário;

2º – A votação das emendas e do projeto do Orçamento Geral do Município-2011, que começa nessa terça (30), no horário regimental das 9h.

Os sete vereadores estão assim definidos: Jório Nogueira (PDT), Lahyrinho Rosado (PSB) e Genivan Vale (PR) que já estavam na oposição; Júnior, Ricardo de Dodoca (PDT), Zé Peixeiro (PMDB) e Daniel Gomes (PMDB) do "Bloco Independente", que há poucos dias saíram da bancada governista.

Categoria(s): Sem categoria
domingo - 28/11/2010 - 12:49h

Vamos acabar com esta folga


O negócio aconteceu num café. Tinha uma porção de sujeitos, sentados nesse café, tomando umas e outras.

Havia brasileiros, portugueses, franceses, argelinos, alemães, o diabo.

De repente, um alemão forte pra cachorro levantou e gritou que não via homem pra ele ali dentro. Houve a surpresa inicial, motivada pela provocação e logo um turco, tão forte como o alemão, levantou-se de lá e perguntou:

— Isso é comigo?

— Pode ser com você também — respondeu o alemão.

Aí então o turco avançou para o alemão e levou uma traulitada tão segura que caiu no chão.

Vai daí o alemão repetiu que não havia homem ali dentro pra ele.

Queimou-se então um português que era maior ainda do que o turco. Queimou-se e não conversou. Partiu para cima do alemão e não teve outra sorte. Levou um murro debaixo dos queixos e caiu sem sentidos.

O alemão limpou as mãos, deu mais um gole no chope e fez ver aos presentes que o que dizia era certo. Não havia homem para ele ali naquele café.

Levantou-se então um inglês troncudo pra cachorro e também entrou bem. E depois do inglês foi a vez de um francês, depois de um norueguês etc. etc.

Até que, lá do canto do café levantou-se um brasileiro magrinho, cheio de picardia para perguntar, como os outros:

— Isso é comigo?

O alemão voltou a dizer que podia ser.

Então o brasileiro deu um sorriso cheio de bossa e veio vindo gingando assim pro lado do alemão. Parou perto, balançou o corpo e… pimba!

O alemão deu-lhe uma porrada na cabeça com tanta força que quase desmonta o brasileiro.

Como, minha senhora? Qual é o fim da história? Pois a história termina aí, madame.

Termina aí que é pros brasileiros perderem essa mania de pisar macio e pensar que são mais malandros do que os outros.

Stanislaw Ponte Preta - pseudônimo de Sérgio Porto – 1923-1968 – Um texto curto, extraído do livro "O Melhor da Crônica Brasileira – 1", José Olympio Editora – Rio de Janeiro, 1997, pág. 71, de um cronista que inundou a vida carioca no século passado, com permanente bom humor e sarcasmo.

Categoria(s): Blog
  • Repet
domingo - 28/11/2010 - 12:21h

Letra e Música – 117



Testemunhando pela TV, Internet e outros meios de comunicação o inferno urbano no Rio de Janeiro, no conflito entre narcotraficantes e forças policiais e militares, o alívio é a boa música.

Chega à mente Ave Maria no Morro, de Herivelton Martins.

Letra e melodia poéticas que exaltam o outro lado da alma carioca, carregada de afeto e saudação à vida pertinho do céu.

(…) Barracão
De zinco
Sem telhado
Sem pintura lá no morro
Barracão é bangalô
Lá não existe

Felicidade
De arranha-céu
Pois quem mora lá no morro
Já vive pertinho do céu
.

Tenham uma ótima semana. A minha promete ser supimpa, maravilhosa, intensa. Totalmente demais.

Veja a letra AQUI;
Veja o vídeo AQUI com João Gilberto e Caetano Veloso.

Categoria(s): Letra e Música
domingo - 28/11/2010 - 12:06h

Pensando bem…


"É costume de um tolo, quando erra, queixar-se dos outros. É costume de um sábio queixar-se de si mesmo."

Sócrates

Categoria(s): Pensando bem...
  • Repet
domingo - 28/11/2010 - 12:03h

Pensando bem…


"O que o dinheiro faz por nós não compensa o que fazemos por ele."

Gustave Flaubert

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 28/11/2010 - 11:56h

Timidez



Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve…
– mas só esse eu não farei.
Uma palavra caída
das montanhas dos instantes
desmancha todos os mares
e une as terras mais distantes…
– palavra que não direi.
Para que tu me adivinhes,
entre os ventos taciturnos,
apago meus pensamentos,
ponho vestidos noturnos,
– que amargamente inventei.
E, enquanto não me descobres,
os mundos vão navegando
nos ares certos do tempo,
até não se sabe quando…
e um dia me acabarei.

Cecília Meireles - (1901-1964)

Categoria(s): Nélter Queiroz
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
domingo - 28/11/2010 - 11:50h

Polícia inteligente



Numa reportagem especial sobre o conflito armado no Rio de Janeiro, uma emissora de tevê mostrou a central de inteligência montada para o combate ao crime organizado.

Numa rápida sonora, o secretário de Segurança Pública do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, simplificou o porquê do êxito continuado desse operação:

"Polícia inteligente".

Para ele, sem uma estrutura de inteligência, não adianta ter viatura, bom armamento e muitos homens nas ruas.

Nota do Blog – Há tempos ouço e leio o jornalista e repórter-fotográfico Cézar Alves ser repetitivo, num mantra, falar em inteligência e política técnica como segredos no combate aos marginais.

Mas os donos do poder apostam no espetáculo, pondo homens e carros nas ruas para o povo ter a sensação de segurança.

Quando passa a campanha política, tudo volta ao normal. Faltam armas e munição, combustíveis para veículos, pagamento de diárias operacionais e sobra cinismo.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
domingo - 28/11/2010 - 11:33h

Alta periculosidade


Quem é mais perigoso: o narcotraficante do Rio ou os bandidos que roubam dinheiro da Saúde, Segurança e Educação no Rio Grande do Norte?

Responda aí, vai!

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
domingo - 28/11/2010 - 11:27h

Beatlemania, febre de minha juventude


Quando assisti o filme “Febre de Juventude”, uma produção do mago da Sétima Arte Steven Spilberg, em meados dos anos 80 do Século passado, sofri um choque. A Beatlemania estava distante, mas ali começava a minha febre beatlemaníaca.

Algo difícil de explicar.

O poder da música dos Beatles tomou conta do meu corpo, da minha mente, do meu coração. A minha primeira providência foi comprar um LP. Fui na Disco Fitas e vi o Lei it Be. Não comprei. Como não conhecia o trabalho da banda, fiquei reticente.

Na época fiz o certo.

Para minha sorte, a rede Pague Menos de Supermercados tinha uma seção que vendia LPs e lá estava o 20 Greatest Hits. Enchi os olhos. Enfim, tinha comprado o que na época para mim era o Santo Graal.

A coletânea dos Beatles estava perfeita, com She Loves You, I Want to Hold Your Hand, Help, Yesterday, Lei it Be, We Can Work it Out e outras de igual quilate.

Começava a minha saga e a minha sede em comprar mais LPs. Cheguei a possuir a coleção e a doei a um amigo após ter chegado a era do CD. Um erro de minha parte, diga-se de  passagem.

As lembranças são válidas para explicar por que um mossoroense sai de sua terra natal para ir a São Paulo assistir a um show. Oportunidade única de ver um ídolo.

Por mim estariam lá, também, John Lennon, George Harrison e Ringo Starr. Impossível. Tudo bem.

Mas Paul McCartney estava lá e simbolizava todo o meu amor pela música e pelos Fab Four.

Simpático, Paul fala em português para uma platéia de 64 mil pessoas, todas ansiosas, inebriadas, encantadas… Pessoas de todo o país se largaram para São Paulo para ver um verdadeiro espetáculo, um verdadeiro show. Não se decepcionaram.

O que mais me chamou a atenção foi ver jovens não acreditando no que estavam vendo, no que estavam ouvindo. Lá no palco, um senhor de 68 anos demonstrava vitalidade e intimidade com os instrumentos que tocava – sem falar na excelente banda que o acompanha.

Vi um garoto de seus 20 anos – se isso tivesse – boquiaberto com a execução de Helter Skelter. Sensacional, verdadeiramente.

O show de Paul McCartney é superlativo como a cidade que o acolheu, São Paulo.

No final das contas, estou muito feliz por ter assistindo, ao vivo, uma lenda do rock, um ex-beatle, um de meus ídolos musicais. O show de Paul vai ficar na minha memória assim como lá está o dia em que descobri o Beatles.

Espero que essa febre, essa febre que começou na minha juventude, não se acabe nunca.

Emerson Linhares – Jornalista e diretor de programação da Rádio Difusora de Mossoró

Categoria(s): Nair Mesquita
sábado - 27/11/2010 - 23:18h

Só Pra Contrariar


Quem é o figurão do poder estadual que está cobrando "pedágio" para liberação de pagamentos em atraso.

Ele só garante os recursos se empalmar uma "orelhinha".

Uma caneca com espulmante fermentado para quem acertar.

Decifra-me ou te devoro

Categoria(s): Blog
  • Lion Brazil - 09-01-18 a 09-03-19 - Moda Masculina
sexta-feira - 26/11/2010 - 21:27h

Oposição se fecha para confirmar eleição de Júnior


Na sessão ordinária da próxima quarta (1º), às 9h, a Câmara de Mossoró deverá ter em pauta outra matéria polêmica. Promessa de mais desavenças.

Sete vereadores vão apresentar requerimento para que seja endossada eleição ocorrida no dia 2 de julho deste ano, quando foi escolhida a nova Mesa Diretora da Casa, para o biênio 2011-2012.

Desde a decisão do juiz da Vara da Fazenda Pública de Mossoró, Pedro Cordeiro, que esta semana devolveu aos vereadores a prerrogativa de definirem se ratificam ou não o pleito, há uma interrrogação enorme no caso. Afinal de contas, a eleição será endossada ou ocorrerá outra disputa?

Os vereadores da oposição – Jório Nogueira (PDT), Lahyrinho Rosado (PSB) e Genivan Vale (PR) -, com o reforço dos ex-governistas Francisco José Júnior (PMN), Daniel Gomes (PMDB), Ricardo de Dodoca (PDT) e Zé Peixeiro (PMDB), querem confirmação da eleição de julho.

Àquela data, a chapa montada por eles elegeu Júnior para presidente, Jório a vice e Lahyrinho como 1º secretário. O Palácio da Resistência, que simboliza o governo da prefeita de direito Fátima Rosado (DEM),  não aceita essa composição.

Para o governismo, Jório e Lahyrinho não são apenas adversários. São tratados como inimigos.

Veja outros assuntos relacionados ainda hoje à noite:

- Emendas ao Orçamento do Município devem causar mais problemas ao governo;
- Daniel Gomes é perseguido com várias demissões.

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 26/11/2010 - 21:27h

“Fafá” e mano galalau punem seus próprios eleitores



Com a enxurrada de demissões de pessoas ligadas a vereadores que saíram da base governista, não custa lembrar: essas pessoas votaram na prefeita de direito, reeleita, Fátima Rosado (DEM).

Ao demitir dezenas de aliados, com empregos na Prefeitura de Mossoró, "Fafá" e seu mano galalau, Gustavo Rosado (PV), tido como prefeito de fato, atiram no próprio pé.

Punem quem os ajudou.

Pior ainda: podem estar causando uma ira irreversível, que só ajudará adiante a quem se postar à oposição na disputa ao governo em 2012?

E o nome de maior proeminência, até aqui, é justamente da deputada estadual Larissa Rosado (PSB).

Com uns adversários assim, medíocres e que só agem por impulso, Larissa tem motivos para sorrir.

E não custa assinalar: no caso do vereador Daniel Gomes (PMDB), originário da comunidade evangélica, essas demissões e provocações feitas através de setores amestrados, da imprensa, termina por atingir a todo esse segmento.

A burrice é um pecado que nem sempre é perdoado.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
sexta-feira - 26/11/2010 - 21:25h

Perseguição agora chega ao vereador Daniel Gomes


Depois do vereador Ricardo de Dodoca (PDT), agora chegou a vez de Daniel Gomes (PMDB) ser punido pelo Governo Da Gente (deles). Demissão em massa.

Hoje o Jornal Oficial do Município publicou demissão de pessoas ligadas ao vereador, que detinham cargos comissionados, entre eles a sua mulher, Denilza Gomes.

Os dois vereadores rebelaram-se contra as ordens do prefeito de fato, agitador cultural e chefe de Gabinete Gustavo Rosado (PV).  Resolveram dar uma espécie de grito de independência.

Com eles também saíram da base governista os vereadores Francisco José Júnior (PMN) e Zé Peixeiro (PMDB), formando o que passaram a denominar de "Bloco Independente".

Nota do Blog – A patota não é do ramo. Domina a ciência política com a mesma destreza que gerencia as contas públicas.

Não possui condições de gerenciar um carrinho de cachorro-quente à porta do Nogueirão, em dia de Potiguar e Baraúnas.

A estratégia da intimidação e da perseguição, marcas desse governo chinfrim, expõe ainda as vísceras de um relacionamento promíscuo com sua própria base, onde a Câmara Municipal aparece como um anexo da prefeitura.

Categoria(s): Sem categoria
sexta-feira - 26/11/2010 - 19:19h

Aline Linhares é dez!



Neste sábado (27), a jornalista e radialista Aline Linhares, apresentadora do programa Essencial, exibido de segunda a sexta, às 11 hs, na TV Mossoró, recebe convidados para comemorar os dez anos na área de comunicação.

Será na Praça de Convivência, a partir das 19h.

Aline Linhares além de apresentadora da TV Mossoró, apresenta programa vespertino na FM Universitaria 103,3; mantém um portal de comunicação www.alinelinhares.com e assina coluna sobre mídia aos domingos na Gazeta do Oeste.

Nota do Blog – Todo o sucesso, saúde e paz do mundo, Aline. Manda ver.

Categoria(s): Paulo de Tarso Fernandes
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.