terça-feira - 30/10/2012 - 11:54h
Saúde

Berê-Berê, Bará-Bará


Soube que o ex-governador Iberê Ferreira (PSB) está internado na Casa de Saúde São Lucas, Natal, sob cuidados especiais. Saúde que preocupa desde 2010.

Ele passa por tratamento e vem de cirurgias contra o câncer.

Que se recupere, cabra.

Categoria(s): Política
terça-feira - 30/10/2012 - 10:35h
Meu carango

Maior classificados de carros do Nordeste é do RN


Praticidade, agilidade, variedade e alta visitação. O que para muitas concessionárias e lojas de veículos seminovos são metas, já é realidade no meucarango.com. Impossível? Para o mais antigo e maior classificado de automóveis do Nordeste, não.

Nascido em Natal, no Rio Grande do Norte, hoje com 12 anos de mercado, o site vem mostrando por que não só a internet é a ferramenta de vendas do presente, como demonstrou ser o futuro consolidado para aqueles que desejam ter sucesso no ramo automotivo.

Para ter uma ideia de influencia da internet na venda e no consumidor automotivo, pesquisas de mercado apontam que cerca de 90% das pessoas acessam, de alguma forma, a internet para se atualizar e pesquisar sobre o mercado de veículos, em um universo aproximado de 400 modelos vendidos só no Brasil. Só mesmo uma ferramenta de alta difusão como a Internet para ajudar no aumento das vendas e na diferenciação de um mercado cada vez mais plural e disputado.

Veja o endereço do Meu Carango clicando AQUI.

É dentro desse universo extremamente competitivo que o meucarango.com mostra suas armas: maior estoque de veículos do Nordeste, resultando em mais de 20 mil opções entre carros, motos, utilitários e náuticos à disposição do internauta. Junto ao fato do site ter representatividade física em cada um dos nove estados do Nordeste, além de ações de apoio e divulgação em cada localidade onde atua. O resultado é uma visitação superior a 30 mil usuários por dia.

Apenas para exemplificar o poder de difusão e audiência que o site consolidou em sua região, ele se configura na maioria das grandes cidades nordestinas (capitais inclusas) como um dos mais acessados em cada estado, muitas vezes superando em acesso sites mais populares, como operadoras de celulares e bancos.

Só em Mossoró, são mais de 60 lojas, comprovando o quanto o site têm visibilidade, mesmo em cidades do interior.

Além disso, segundo o site Alexa.com, um dos mais conhecidos sites de aferimento de audiência, o portal está entre os 2000 sites mais acessados no Brasil, considerando-se todos os sites existentes no mundo.

Esse resultado só foi possível devido a uma série de investimentos, de pessoal e organizacional.

O Meucarango.com mantém parcerias com empresas de TI (Tecnologia da Informação) de várias partes do Brasil, o que tem rendido mudanças significativas na estrutura, atendimento e organização, resultando em um site mais ágil, prático, completo, popular, moderno e com a interface do consumidor que o acessa.

Essa é a filosofia de um site que investe cada vez mais em tecnologia e transparência em suas informações, sempre pensando no mercado como um todo: cliente ou internauta.

Esse é o meucarango.com, o maior classificado de automóveis do Nordeste, genuinamente Potiguar.

Categoria(s): Economia / Informe Publicitário
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
terça-feira - 30/10/2012 - 10:22h
Constatação

Governo perde auxiliar ‘honesto, respeitado e experiente’


Ex-consultora-geral do Estado na própria administração Rosalba Ciarlini (DEM), Tatiana Mendes Cunha resolveu comentar a exoneração de Francisco Melo da Controladoria Geral do Estado.

A portaria foi emitida hoje.

- Com a exoneração de Francisco Melo, servidor do TCU (Tribunal de Contas da União), o Rio Grande do Norte perde um Controlador Geral honesto, respeitado e experiente. Sem concessões! – proclama Tatiana em seu endereço na rede de microblogs Twitter.

Nota do Blog – Melo foi substituído por José Anselmo de Carvalho Júnior, alguém da absoluta confiança do novo secretário-chefe do Gabinete Civil, ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM) – marido da governadora.

Isso basta!

É um predicado que Francisco Melo não possuía aos olhos de Carlos e da governadora Rosalba Ciarlini (DEM).

Isso basta!

Categoria(s): Política
terça-feira - 30/10/2012 - 09:53h
Armistício

Vale lembrar que a campanha 2012 terminou


Um elenco de pessoas ainda não percebeu que a campanha eleitoral em Mossoró chegou ao fim. Faz quase um mês.

Chega de picuinhas, lengalenga, mágoas, ódios, ressentimentos, troca de ofensas e provocações bobas.

Querendo ou não, uma parte da cidade precisará conviver com a realidade das urnas. Tem que admitir perdas, para se habilitar a merecer ganhos.

E, quem votou ou foi votado vitoriosamente, não pode ser parte de uma cidade dividida que olha os demais de cima para baixo – ridicularizando-os.

Fora desse contexto de análise e comportamento, Mossoró estará submetida a uma primitiva divisão entre vencidos e vencedores, captores e presas.

Se não é possível para muita gente ensarilhar armas, que pelo menos celebre um armistício.

Será muito bom para Mossoró de todas as cores.

 

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
terça-feira - 30/10/2012 - 09:39h
Carlos e Wilma

Coabitação difícil na Prefeitura do Natal


Os próximos meses e anos vão mostrar se Carlos Eduardo Alves (PDT) e Wilma de Faria (PSB), políticos com temperamento forte e às vezes explosivo, podem ocupar serenamente o “mesmo quadrado”.

Eleitos respectivamente para prefeito e vice do Natal, Carlos e Wilma trocam de papeis.

Em 2000, ela foi eleita prefeito e ele seu vice. A afinação foi tanta, que Carlos terminou prefeito – e reeleito – com a renúncia de Wilma para ser candidata vitoriosa – e reeleita – ao Governo do Estado.

Experiência traumática mesmo foi de Carlos na coabitação com sua vice Micarla de Sousa (PV). Houve racha no poder e Micarla terminou tendo uma eleição consagradora em 2008.

O resto da história o natalense lembra bem.

Sente na pele até os dias atuais.

Categoria(s): Política
terça-feira - 30/10/2012 - 09:28h
Nomeação

Carlos passa a ser, oficialmente, homem forte de Rosalba


Agora é prego batido, ponta virada.

Depois de meses de gestação e muito encolhe-estica, o ex-deputado estadual Carlos Augusto Rosado (DEM), marido da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), assume um cargo oficialmente em seu governo.

Sai dos bastidores e, sobretudo das “sombras”, para ganhar corpo na Chefia do Gabinete Civil. Vira, de fato, o homem forte do governo. Sua própria cara e alma.

Torna-se visível.

O Diário Oficial desta terça-feira (30) traz  a nomeação do Carlos, em substituição ao professor José Anselmo de Carvalho Júnior.

O substituído é nomeado como controlador-geral do Estado, em lugar de Francisco Melo.

Ainda hoje, o Blog traz detalhes de bastidores sobre esse assunto e um histórico da vida de Carlos Augusto no poder público, que remonta aos anos 70.

Aguarde.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
terça-feira - 30/10/2012 - 08:50h
Eleições 2012

Um em cada quatro eleitores não votou em ninguém


Um em cada quatro eleitores decidiu não escolher nenhum dos cem candidatos que concorreram às prefeituras no segundo turno das eleições municipais de 2012. Somados os votos brancos e nulos com a abstenção de domingo (28), o índice de rejeição aos candidatos chegou a 26,58%, maior percentual registrado desde as eleições municipais de 2000.

Com base em dados registrados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nas últimas quatro eleições municipais, o Congresso em Foco chegou à conclusão de que nunca houve antes tanto desinteresse por uma disputa eleitoral. Seja por não se sentir representado pelos concorrentes, seja por vontade de não participar do processo. Os números considerados em ambos os turnos foram os dados aos candidatos a prefeito.

O primeiro dado que impressiona é o número de eleitores que sequer compareceu às zonas eleitorais para escolher seu prefeito.

Acompanhe nosso Twitter clicando AQUI.

Do total de 31 milhões de eleitores que estavam em condições de votar, aproximadamente 6 milhões não foram até as cabinas de votação.

Para o cientista político da Universidade de Brasília (UnB) David Fleischer, os motivos são os mais variados. Desde alienação com o processo eleitoral até viagens e doenças são razões para não ir às urnas.

Mas a esses ausentes, somam-se aqueles que, à frente das urnas, preferiram não escolher nenhum dos nomes disponíveis na disputa.

Foram registrados 837 mil votos em brancos e 1,5 milhão de nulos, o que chega a um total de 8.433.727 pessoas que, de alguma maneira, não se sentiram representadas pelos políticos na disputa.

Das dez cidades com os maiores índices, cinco são do Rio de Janeiro, três de São Paulo, uma de Santa Catarina e outra do Rio Grande do Norte.

Veja matéria completa clicando AQUI.

Categoria(s): Eleições 2012
segunda-feira - 29/10/2012 - 23:59h

Pensando bem…


“Em nosso país a vulgaridade é um título, a mediocridade um brasão.”

Machado de Assis

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 29/10/2012 - 22:49h
Caicó

Roberto Germano forma sua equipe de transição


O prefeito eleito de Caicó, Roberto Germano (PMDB), anunciou hoje sua equipe de transição para levantar informações do governo Bibi Costa (PR).

Os advogados Fernando Antônio Bezerra e Alberto Clemente de Araújo juntam-se à auditora-fiscal Marleide Carvalho de Macedo e Max Antônio Azevedo de Medeiros, que será o coordenador da equipe, homem com experiência na atividade pública.

Bibi ainda adiantará sua equipe.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 29/10/2012 - 22:38h
Natal

Micarla anuncia sua equipe para transição de governo


A prefeita natalense Micarla de Sousa (PV), a menos de 65 dias de terminar seu governo, nomeou comissão de transição para ao lado de equipe do prefeito eleito Carlos Eduardo Alves (PDT), realizar levantamento de informações para novo governo.

Como coordenador da equipe, a prefeita terá o diretor-presidente do Procon Municipal, Rivaldo Fernandes.

Além dele, mais seis secretários do município.

São eles: Josileide Lucas de Pontes, atual secretária de Políticas Públicas para as Mulheres; Alcedo Borges Júnior, titular da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social; João Alves de Carvalho Bastos, diretor da Urbana; Fúlvio Saulo Mafaldo do Nascimento, secretário municipal de Planejamento Instrumental adjunto; Sílvio Eugênio de Araújo Medeiros, presidente do Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município de Natal e Caio Araújo de Medeiros, secretário chefe do Gabinete da Prefeita.

Micarla adiantou ainda que o Centro de Referência em Educação Aluízio Alves (Cemure) está à disposição para reuniões de trabalho das duas equipes.

Nota do Blog – Carlos Eduardo anunciará sua equipe na próxima quinta-feira.

Categoria(s): Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 29/10/2012 - 22:28h
Fim

Jornal vai deixar de circular após 46 anos


Do portal UOL

Circula nesta quarta-feira (31) a última edição do “Jornal da Tarde”, um produto do Grupo Estado, após 46 anos de sua fundação. O jornal teve uma tiragem média de 37.778 exemplares por dia em agosto, segundo o Instituto Verificador de Circulação (IVC).

A meta ao fechar o “JT”, segundo a empresa em nota no site do “Estado de S. Paulo”, “leva em conta o objetivo de investir na marca Estadão com uma estratégia multiplataforma integrada (papel, digital, áudio e vídeo e mobile), para levar maior volume de conteúdo a mais leitores, sem barreira de distância e custos de distribuição”.

“Hoje, o meio jornal é a segunda mídia mais importante para a publicidade, com o dobro de participação do terceiro colocado. Daí a estratégia de focar no Estadão, principal marca do Grupo, e de investir em uma plataforma digital mais robusta e avançada”, diz Francisco Mesquita Neto, diretor presidente do Grupo Estado.

Segundo funcionários, por decisão da Justiça, eles terão estabilidade no emprego até 4 de dezembro, quando haverá outra audiência; até lá, uma comissão negociará benefícios para quem for demitido.

“O JT deixará de existir, mas suas principais contribuições permanecem no seu irmão mais velho, o Estadão”, diz a nota.

Categoria(s): Comunicação
segunda-feira - 29/10/2012 - 22:02h
Novo governo

Cláudia faz primeira reunião com equipe de transição


A prefeita eleita de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), realizou hoje à tarde a primeira reunião da sua equipe técnica que vai cuidar da transição de governo junto à equipe formada pelo Poder Executivo.

A reunião contou com a participação dos oito integrantes da comissão indicados por ela e aconteceu na Secretaria Municipal de Planejamento.

Cláudia (centro) reuniu sua equipe na Secretaria do Planejamento (Raul Pereira)

No primeiro encontro da equipe, Cláudia Regina destacou a importância do trabalho de cada um – junto com a comissão indicada pela prefeita Fafá Rosado – para que se possa construir um diagnóstico sobre o município, que vai apoiar as ações iniciais do novo governo. As ações da equipe indicada pela prefeita eleita serão articuladas pelo ex-secretário estadual da Administração, Manoel Pereira, coordenador da comissão montada por Cláudia Regina.

Além de Manoel Pereira, integram também a comissão da prefeita eleita as seguintes pessoas: Olavo Hamilton (advogado), Canindé Maia (advogado e economista), Antoneide Pereira (gerente bancário), Patrícia Leite (assistente social), Adonias Vidal (economista), Dorinha Burlamarqui (economista) e Betinho Segundo (engenheiro agrônomo).

A equipe montada pela prefeita Fafá Rosado é presidida pelo secretário chefe do Gabinete Civil, Gustavo Rosado, e conta também com a participação de Noguchi Rosado (controlador geral), Alexandre Lopes (SEDETEMA), Jaqueline Amaral (secretaria da Cidadania), Fátima Marques (secretaria de Planejamento) e Manoel Bizerra (secretaria da Administração).

O decreto que institui a criação das duas equipes foi publicado na edição desta segunda-feira do Jornal Oficial do Município (JOM).

Com informações da Assessoria de Cláudia Regina.

Categoria(s): Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 29/10/2012 - 17:36h
Eleições

Política como um fato local


A máxima do gênio Charles Chaplin continua valendo para a política no pindorama brasileiro:

- A vida é um fato local.

Uma arenga provinciana, as questiúnculas paroquiais, tiveram mais relevância do que temas nacionais ou até mesmo estaduais.

O julgamento dos envolvidos no rumoroso caso do “mensalão” praticamente não arranhou a fuselagem do PT, principal partido implicado.

Categoria(s): Eleições 2012 / Opinião da Coluna do Herzog
segunda-feira - 29/10/2012 - 17:25h
Ao lado

Carlos Augusto será nomeado ao Gabinete Civil


Do Blog Virgínia Coelli

A nomeação dele para a chefia do Gabinte Civil deve sair amanhã.

Com a nomeção de Carlos Augusto, marido da governadora Rosalba Ciarlini (DEM), outras mudanças devem ser feitas na equipe.

Comenta-se a troca de nove secretários.

O PMDB vai ser convidado a entrar de cabeça no governo da Rosa.

Aliás, essa é a estratégia do governo.

Envolver ao máximo o partido de Henrique Alves e Garibadi no governo de Rosalba Ciarlini.

Eles vão topar????

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 29/10/2012 - 08:35h
Segundo Turno

Resultado de eleições em todas as cidades do país


Veja o resultado final das eleições no segundo turno, ocorrido ontem em 50 cidades Brasil afora:

CAPITAIS

São Paulo (SP)
Fernando Haddad (PT) – 55,65% – eleito
José Serra (PSDB) – 44,35%

Salvador (BA)
ACM Neto (DEM) – 53,66% – eleito
Pelegrino (PT) – 46,36%

Fortaleza (CE)
Roberto Cláudio (PSB) – 53,02% – eleito
Elmano (PT) – 46,98%

Manaus (AM)
Artur Neto (PSDB) – 65,95% – eleito
Vanessa Grazziotin (PCdoB) – 34,05%

Natal (RN)
Carlos Eduardo (PDT) – 58,31% – eleito
Hermano Moraes (PMDB) – 41,69%

São Luís (MA)
Edivaldo Holanda Júnior (PTC) – 56,13% – eleito
Castelo (PSDB) – 43,87%

Belém (PA)
Zenaldo Coutinho (PSDB) – 56,61% – eleito
Edmilson Rodrigues (Psol) – 43,39%

Curitiba (PR)
Gustavo Fruet (PDT) – 60,65% – eleito
Ratinho Junior (PSC) – 39,35%

Florianópolis (SC)
Cesar Souza Júnior (PSD) – 52,64% – eleito
Gean Loureiro (PMDB) – 47,36%

Vitória (ES)
Luciano Rezende (PPS) – 52,73%  – eleito
Luiz Paulo (PSDB) – 47,27%

Campo Grande (MS)
Alcides Bernal (PP) – 62,55%
Giroto (PMDB) – 37,45%

Teresina (PI)
Firmino Filho (PSDB) – 51,54% – eleito
Elmano Férrer (PTB) – 48,46%

João Pessoa (PB)
Luciano Cartaxo (PT) – 68,13% – eleito
Cicero Lucena (PSDB) – 31,87%

Cuiabá (MT)
Mauro Mendes (PSB) – 54,65% – eleito
Lúdio (PT) – 45,35%

Porto Velho (RO)
Dr. Mauro Nazif (PSB) – 63,03% – eleito
Lindomar Garçon (PV) – 36,97%

Macapá (AP)
Clécio (Psol) – 50,59%  - eleito
Roberto (PDT) – 49,41%

Rio Branco (AC)
Marcus Alexandre (PT) – 50,77% – eleito
Tião Bocalom (PSDB) – 49,23%

DEMAIS MUNICÍPIOS

Nordeste

Campina Grande (PB)
Romero Rodrigues (PSDB) – 59,14% – eleito
Tatiana (PMDB) – 40,86%

Vitória da Conquista (BA)
Guilherme (PT) – 56,35% – reeleito
Herzem Gusmão (PMDB) – 43,65%

Sudeste

Cariacica (ES)
Juninhi (PPS) – 85,43%  – eleito
Marcelo Santos (PMDB) – 14,57%

Vila Velha (ES)
Rodney Miranda (DEM) – 55,63%
Neucimar (PR) – 44,37%

Belford Roxo (RJ)
Dennis DAuttmam (PCdoB) – 61,46% – eleito
Waguinho (PRTB) – 38,54%

Duque de Caxias (RJ)
Alexandre Cardoso (PSB) – 51,52% – eleito
Washington Reis (PMDB) – 48,48%

Niterói (RJ)
Rodrigo Neves (PT) – 52,55% – eleito
Felipe (PDT) – 47,45%

Nova Iguaçu (RJ)
Nelson Bornier (PMDB) – 55,30% – eleito
Sheila Gama (PDT) – 44,70%

Petrópolis (RJ)
Rubens Bomtempo (PSB) – 56,05%
Bernado Rossi (PMDB) – 43,95%

São Gonçalo (RJ)
Neilton Mulim (PR) – 56,78% – eleito
Adolfo Konder – PDT) – 43,22%

Volta Redonda (RJ)
Neto (PMDB) – 55,15% – reeleito
Zoinho (PR) – 44,85%

Campinas (SP)
Jonas Donizette (PSB) – 57,69% – eleito
Marcio Pochmann (PT) – 42,31%

Sorocaba (SP)
Pannuzio (PSDB) – 51,04% – eleito
Renato Amary (PMDB) – 48,96%

Diadema (SP)
Lauro Michels (PV) – 60,15% – eleito
Mario Reali (PT) – 39,85%

Franca (SP)
Alexandre (PSDB) – 57,98% – eleito
Delegada Graciela (PP) – 42,02%

Guarujá (SP)
Antonieta (PMDB) – 64,25% – reeleita
Farid Madi (PDT) – 35,75%

Guarulhos (SP)
Almeida (PT) – 60,59% – reeleito
Carlos Roberto (PSDB) –  39,41%

Jundiaí (SP)
Pedro Bigardi (PCdoB) – 65,57% – eleito
Luiz Fernando Machado (PSDB) – 34,43%

Mauá (SP)
Donisete Braga (PT) – 57,14% – eleito
Vanessa Damo (PMDB) – 42,86%

Ribeirão Preto (SP)
Dárcy Vera (PSD) – 51,97% – reeleito
Nogueira (PSDB) – 48,03%

Santo André (SP)
Carlos Grana (PT) – 53,92% – eleito
Dr. Aidan Ravin (PTB) – 46,08%

Taubaté (SP)
Ortiz Junior (PSDB) – 62,92% – eleito
Isaac do Carmo (PT) – 37,08%

Juiz de Fora (MG)
Bruno Siqueira (PMDB) – 57,16% – eleito
Margarida Salomão (Pt) – 42,84%

Contagem (MG)
Carlin Moura (PCdoB) – 66,27% – eleito
Durval (PT) – 33,73%

Montes Claros (MG)
Ruy Muniz (PRB) – 56,15%
Paulo Guedes (PT) – 43,85%

Uberaba (MG)
Paulo Piau (PMDB) – 51,36% – eleito
Lerin (PSB) – 48,64%

Sul

Blumenau (SC)
Napoleão Bernardes (PSDB) – 70,70% – eleito
Jean Kuhlmann (PSD) – 29,30%

Joinville (SC)
Udo Dohler (PMDB) – 54,65% – eleito
Kennedy (PSD) – 45,35%

Cascavel (PR)
Edgar Bueno (PDT) – 55,56% – reeleito
Professor Lemos (PT) – 44,44%

Londrina (PR)
Alexandre Kireeff (PSD) – 50,53% – eleito
Marcelo Belinati (PP) – 49,47%

Maringá (PR)
Pupin (PP) – 53% – eleito
Enio Verri (PT) – 47%

Ponta Grossa (PR)
Marcelo Rangel (PPS) – 50,48% – eleito
Pericles (PT) – 49,52%

Pelotas (RS)
Eduardo Leite (PSDB) – 57,15% – eleito
Marroni (PT) – 42,85%

Veja AQUI um mapa detalhado do poder partidário no país após as eleições 2012.

Categoria(s): Eleições 2012
segunda-feira - 29/10/2012 - 08:31h
Região Oeste

Os passos de “Ferreirinha” à Assembleia Legislativa


A vitória dos tios Ademar Ferreira (PMDB) em Caraúbas e Haroldo Ferreira (PSD) em Felipe Guerra, nas eleições a pefeito deste ano, reforça sobremodo um sonho pessoal.

O empresário Ferreira Júnior pode ser candidato a deputado estadual em 2014.

Filho do empresário Ademus Ferreira – controlador da empresa Aficel, especializada em beneficiamento de castanha de caju -, “Ferreirinha” há anos participa dos bastidores políticos na região Oeste e tem ponte direta com nomes de proa da política potiguar.

Aguardemos seus próximos passos.

Categoria(s): Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 29/10/2012 - 07:56h
Mapa eleitoral

PT e PSDB somam mais votos no segundo turno


Do portal G1

Mais da metade dos eleitores que compareceram às urnas de 50 cidades no domingo (28) escolheu votar no PT ou no PSDB, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As duas siglas abocanharam 54,2% dos 23,3 milhões de votos válidos do segundo turno. Outros 16 partidos tiveram candidatos disputando pelo menos uma prefeitura em 20 estados. Onze partidos disputaram apenas o primeiro turno.

O PT foi o partido que mais recebeu votos no segundo turno: 6,99 milhões (30% do total). Em segundo lugar ficou o PSDB, com 5,6 milhões (ou 24,2% de todos os votos válidos).

O Partido dos Trabalhadores foi também o mais votado no primeiro turno, quando teve 17,2 milhões de votos, o equivalente a 16,79% do total.

O PSDB, no entanto, teve aproveitamento melhor em relação ao número de disputas de que participou. O partido conquistou 9 das 17 prefeituras onde concorreu no segundo turno (aproveitamento de 53%), enquanto os candidatos do PT tiveram maioria de votos em 8 das 21 disputas de segundo turno, um aproveitamento de 38,1%.

O PMDB, que no primeiro turno foi o segundo partido mais votado (16.716.079, ou 16,26%), ficou em terceiro lugar no segundo turno, com 1.954.364 votos no pleito realizado neste domingo (ou 8,4% dos votos válidos). A sigla levou 16 candidatos para o segundo turno, mas venceu em apenas seis prefeituras.

O PSB e o PDT ficaram novamente entre os cinco maiores partidos, com 1,7 milhão e 1,5 milhão de votos válidos, respectivamente. Nenhum outro partido recebeu mais de um milhão de votos. O DEM, sexta sigla em número de eleitores do pleito de domingo, teve 839,8 mil votos.

O PSD, partido mais recente do país, teve desempenho pior no segundo turno em relação ao primeiro. Na votação do dia 7 de outubro, o partido foi o sexto mais votado e no dia 28 foi o oitavo, com um total de 602 mil votos. Mas, apesar da participação nas urnas ter encolhido de 5,6% para 2,6% do total de votos, a sigla venceu três das cinco eleições que disputou: em Florianópolis (SC), Londrina (PR) e Ribeirão Preto (SP).

Já o PC do B conquistou três das quatro prefeituras que disputou no segundo turno e viu sua participação crescer de 1,82% para 3,4% dos votos válidos em relação ao primeiro turno.

O PP completa a lista de partidos com mais de 500 mil votos no segundo turno: recebeu 582,5 mil, ou 2,5% do total. PR, PSOL, PSC, PTB, PPS, PTC, PV, PRB e PRTB tiveram menos de 2% dos votos válidos nas 50 cidades onde a eleição foi para o segundo turno. O PTC foi o único dos 18 partidos participantes do pleito com 100% de aproveitamento: conquistou a única prefeitura que disputou, em São Luís (MA).

PMN, PRP, PTN, PHS, PT do B, PSL, PSDC, PSTU, PPL, PCB e PCO não tiveram candidatos participantes do segundo turno.

Categoria(s): Eleições 2012
segunda-feira - 29/10/2012 - 07:42h
Opinião

Lula é o grande vencedor


Por Fernando Rodrigues (UOL)

O líder petista foi arquiteto da vitória da sigla na cidade de São Paulo. O saldo das eleições municipais em 5.568 cidades mostra apenas dois partidos relevantes com um acréscimo de prefeituras: o PT e o PSB.

Mas os petistas são os maiores vencedores por terem reconquistado a cidade de São Paulo. E no universo do Partido dos Trabalhadores é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva quem mais faturou. A vitória de Fernando Haddad contra o tucano José Serra foi arquitetada única e exclusivamente por Lula.

Por causa do seu “dedaço”, o ex-presidente da República de 2003 a 2010 foi contestado por parte do establishment petista. Não se importou. Escanteou um nome natural para essa disputa, que era o da senadora (hoje ministra da Cultura) Marta Suplicy (PT-SP).

Mesmo quando o projeto teimava em não decolar, Lula não arredou pé. Pressionou a presidente Dilma Rousseff a entrar na campanha de Haddad de maneira explícita quando o petista estava ainda em terceiro lugar. Foi uma manobra arriscada.

Haddad registrava o pior desempenho nas pesquisas entre todos os candidatos do partido nas últimas décadas na capital paulista. Ao final, Lula provou que estava certo.

Acabou emprestando também a Dilma uma parte da vitória.

Ao atender aos apelos de seu antecessor, a atual ocupante do Planalto contrariou o discurso de que estaria muito distante do “PT de raiz”. Dilma se engajou. Gravou depoimentos, subiu em palanques e até cantarolou jingles.

Por ocasião do 7 de Setembro, fez um discurso à nação no qual atacou o governo do tucano Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). Incendiou a militância petista nas redes sociais. A presidente da República sai do processo mais petista do que entrou – ela começou sua vida partidária no PDT do Rio Grande do Sul, seguidora de Leonel Brizola (1922-2004).

Nunca houve risco real de o PT negar a legenda a Dilma para que ela dispute a reeleição em 2014. Mas agora o caminho se tornou muito mais suave.

É claro que o PT também sofreu derrotas. Campinas, Salvador, Fortaleza e Diadema, para citar 4 municípios relevantes. Mas mesmo esses reveses ficam minimizados diante da vitória em São Paulo.

É possível encontrar em algumas análises a interpretação de que Eduardo Campos é um dos grandes vencedores desta eleição, ao lado do PT e de Lula. É uma interpretação correta.

Só que não são vitórias com a mesma octanagem. Campos e o seu PSB ainda representam um grupo político muito menos sólido do que Lula e o petismo. No mais, o PSB conseguiu bons resultados no Sul e no Sudeste.

Ocorre que ainda está longe de ser uma agremiação com militância estabelecida nessas regiões do país. Tudo considerado, é claro que Eduardo Campos tem interesse em ser presidente da República. Mas só será candidato em 2014 em condições muito especiais que não existem neste momento –uma derrocada completa da economia e uma queda brusca na popularidade de Dilma.

O cenário ainda mais provável para o PSB e para Eduardo Campos é que acabem ficando no governo Dilma “acumulando forças”, como se dizia antigamente.

Sua maior aposta pode ser em 2018.

Categoria(s): Eleições 2012
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
domingo - 28/10/2012 - 23:33h

Pensando bem…


“Eu sou sim. Eu sou não. Aguardo com paciência a harmonia dos contrários.”

Clarice Lispector

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 28/10/2012 - 23:04h
Luiz Gonzaga e Gonzaguinha

Letra e Música – 191


Vi hoje à noite “De pai para filho”, filme sobre a relação conflituosa de dois gênios, pai e filho: Luiz Gonzaga e Gonzaguinha. Bravo, bravíssimo.

Impossível não se emocionar com tudo.

Enredo, texto, figurino, locações, fotografia, edição de imagens e interpretações estão ótimos.

Para homenagear pai e filho, eis “A vida do viajante” que marcou o primeiro encontro de ambos no palco no início dos anos 80. O vídeo acima tem o acompanhamento do grande Wagner Tiso, mineiro dos bons, embalando Gonzagão e Gonzaguinha.

Minha vida é andar
Por esse país
Pra ver se um dia
Descanso feliz
Guardando as recordações
Das terras por onde passei
Andando pelos sertões
E dos amigos que lá deixei.

Chuva e sol
Poeira e carvão
Longe de casa
Sigo o roteiro
Mais uma estação
E a saudade no coração

Minha vida é andar…

Mar e terra
Inverno e verão
Mostra o sorriso
Mostra a alegria
Mas eu mesmo não
E a alegria no coração

Minha vida é andar…

Boa semana para você, webleitor.

Categoria(s): Letra e Música
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
domingo - 28/10/2012 - 18:53h
Definido

Carlos Eduardo Alves é eleito prefeito do Natal


Carlos Eduardo Alves (PDT) é o novo prefeito do Natal. Na verdade, parte para o terceiro mandato.

As eleições no segundo turno da capital potiguar, realizadas hoje, o colocam à frente do deputado estadual Hermano Morais (PMDB). Uma maioria de 16,62 pontos percentuais para Carlos Eduardo Alves e a sua vice Wilma de Faria (PSB).

Veja os números finais do pleito:

Carlos Eduardo Alves (PDT) – 58,31% (214.687 votos)
Hermano Morais (PMDB) – 41,69% (153.522 votos)
Branco – 3,71% (15.749 votos)
Nulo – 9,46% (40.135 votos)
Abstenções – 19,44% (102.324 votos)
Votos Válidos – 86,82% (368.209)
Votos Apurados – 424.093

Nota do Blog – Carlos Eduardo já fora prefeito em 2002, com a renúncia da então prefeita Wilma de Faria (PSB) para se candidatar (e ser eleita) ao Governo do Estado. Ele era seu vice.

Em 2007, ele obteve a reeleição.

Ele nasceu no Rio de Janeiro (RJ), é ex-deputado estadual, foi secretário da Justiça e Cidadania no governo Garibaldi Filho (PMDB), além de candidato a governador em 2010, quando ficou em terceiro lugar com 160.828 votos.

Categoria(s): Eleições 2012
domingo - 28/10/2012 - 10:37h

A arte de ser avó


Por Raquel de Queiroz

Netos são como heranças: você os ganha sem merecer. Sem ter feito nada para isso, de repente lhe caem do céu. É, como dizem os ingleses,um ato de Deus.

Sem se passarem as penas do amor, sem os compromissos do matrimônio, sem as dores da maternidade. E não se trata de um filho apenas suposto, como o filho adotado: o neto é realmente o sangue do seu sangue, filho de filho, mais filho que o filho mesmo…

Quarenta anos, quarenta e cinco… Você sente, obscuramente, nos seus ossos, que o tempo passou mais depressa do que esperava. Não lhe incomoda envelhecer, é claro. A velhice tem as suas alegrias, as suas compensações – todos dizem isso embora você, pessoalmente, ainda não as tenha descoberto – mas acredita.

Todavia, também obscuramente, também sentida nos seus ossos, às vezes lhe dá aquela nostalgia da mocidade. Não de amores nem de paixões: a doçura da meia-idade não lhe exige essas efervescências. A saudade é de alguma coisa que você tinha e lhe fugiu sutilmente junto com a mocidade.

Bracinhos de criança no seu pescoço. Choro de criança. O tumulto da presença infantil ao seu redor.

Meu Deus, para onde foram as suas crianças?

Naqueles adultos cheios de problemas que hoje são os filhos, que têm sogro e sogra, cônjuge, emprego, apartamento a prestações, você não encontra de modo nenhum as suas crianças perdidas. São homens e mulheres – não são mais aqueles que você recorda.

E então, um belo dia, sem que lhe fosse imposta nenhuma das agonias da gestação ou do parto, o doutor lhe põe nos braços um menino. Completamente grátis – nisso é que está a maravilha.

Sem dores, sem choro, aquela criancinha da sua raça, da qual você morria de saudades, símbolo ou penhor da mocidade perdida. Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho, é um menino seu que lhe é “devolvido”.

E o espantoso é que todos lhe reconhecem o seu direito de o amar com extravagância; ao contrário, causaria escândalo e decepção se você não o acolhesse imediatamente com todo aquele amor recalcado que há anos se acumulava, desdenhado, no seu coração.

Sim, tenho certeza de que a vida nos dá os netos para nos compensarde todas as mutilações trazidas pela velhice. São amores novos, profundos e felizes que vêm ocupar aquele lugar vazio, nostálgico, deixado pelos arroubos juvenis. Aliás, desconfio muito de que netos são melhores que namorados, pois que as violências da mocidade produzem mais lágrimas do que enlevos.

Se o Doutor Fausto fosse avó, trocaria calmamente dez Margaridas por um neto…

No entanto – no entanto! – nem tudo são flores no caminho da avó. Há, acima de tudo, o entrave maior, a grande rival: a mãe. Não importa que ela, em si, seja sua filha. Não deixa por isso de ser a mãe do garoto. Não importa que ela, hipocritamente, ensine o menino a lhe dar beijos e a lhe chamar de “vovozinha”, e lhe conte que de noite, às vezes, ele de repente acorda e pergunta por você.

São lisonjas, nada mais.

No fundo ela é rival mesmo. Rigorosamente, nas suas posições respectivas, a mãe e a avó representam, em relação ao neto, papéis muito semelhantes aoda esposa e da amante dos triângulos conjugais.

A mãe tem todas as vantagens da domesticidade e da presença constante. Dorme com ele, dá-lhe de comer, dá-lhe banho, veste-o. Embala-o de noite. Contra si tem a fadiga da rotina, a obrigação de educar e o ônus de castigar.

Já a avó, não tem direitos legais, mas oferece a sedução do romance e do imprevisto. Mora em outra casa. Traz presentes. Faz coisas não programadas. Leva a passear, “não ralha nunca”. Deixa lambuzar de pirulitos. Não tem a menor pretensão pedagógica. É a confidente das horas de ressentimento, o último recurso nos momentos de opressão, a secreta aliada nas crises de rebeldia.

Uma noite passada em sua casa é uma deliciosa fuga à rotina, tem todos os encantos de uma aventura. Lá não há linha divisória entre o proibido e o permitido, antes uma maravilhosa subversão da disciplina. Dormir sem lavar as mãos, recusar a sopa e comer roquetes, tomar café – café! -, mexer no armário da louça, fazer trem com as cadeiras da sala, destruir revistas, derramar a água do gato, acender e apagar a luz elétrica mil vezes se quiser – e até fingir que está discando o telefone.

Riscar a parede com o lápis dizendo que foi sem querer – e ser acreditado! Fazer má-criação aos gritos e, em vez de apanhar, ir para os braços da avó, e de lá escutar os debates sobre os perigos e os erros da educação moderna…

Sabe-se que, no reino dos céus, o cristão defunto desfruta os mais requintados prazeres da alma. Porém, esses prazeres não estarão muito acima da alegria de sair de mãos dadas com o seu neto, numa manhã de sol. E olhe que aqui embaixo você ainda tem o direito de sentir orgulho, que aos bem-aventurados será defeso.

Meu Deus, o olhar das outras avós, com os seus filhotes magricelas ou obesos, a morrerem de inveja do seu maravilhoso neto! E quando você vai embalar o menino e ele, tonto de sono, abre um olho, lhe reconhece, sorri e diz: “Vó!”, seu coração estala de felicidade, como pão ao forno.

E o misterioso entendimento que há entre avó e neto, na hora em que a mãe o castiga, e ele olha para você, sabendo que se você não ousa intervir abertamente, pelo menos lhe dá sua incondicional cumplicidade…

Até as coisas negativas se viram em alegrias quando se intrometem entre avó e neto: o bibelô de estimação que se quebrou porque o menininho – involuntariamente! – bateu com a bola nele.

Está quebrado e remendado, mas enriquecido com preciosas recordações: os cacos na mãozinha, os olhos arregalados, o beiço pronto para o choro; e depois o sorriso malandro e aliviado porque “ninguém” se zangou, o culpado foi a bola mesma, não foi, Vó?

Era um simples boneco que custou caro. Hoje é relíquia: não tem dinheiro que pague…

Raquel de Queiroz – (1910-2003) – Escritora cearense

* Texto extraído do livro “O brasileiro perplexo”, 1964.)

Categoria(s): Crônica / Grandes Autores e Pensadores
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.