• Banner Lion Brazil Fim de 2019 - 05-12-19
segunda-feira - 24/03/2014 - 12:24h
Eleições 2014

Rosalba sinaliza com apoio à Fátima Bezerra para Senado

Extirpada do processo eleitoral de 2014, governador trata deputada petista como "nossa senadora"

Foi encarado por muita gente como “ato falho”, ou seja, um pequeno deslize, a forma com que a governadora Rosalba Ciarlini (DEM) tratou a deputada federal adversária Fátima Bezerra (PT), nessa sexta-feira (21), em evento ocorrido em Natal.

Fátima, com a "Rosa", contra Wilma? Sim, por que não? (Foto Tribuna do Norte em 10 de março de 2012, em que aparece também o então ministro da Educação, Aloízio Mercadante)

No lançamento da  ”Rede Simples”, no Sebrae, com a presença do ministro Guilherme Afif Domingos, a governadora utilizou a primeira  pessoa do plural (nossa) para tratar a parlamentar, acrescentando uma “nomeação” popular ao possessivo:

- (…) Quero cumprimentar aqui a mulher, Fátima Bezerra, nossa Senadora.

Ato falho?

De maneira alguma. Manifestação de tendência.

Rosalba vive um inferno astral como administradora e no campo político. Transformou-se num estorvo para a maioria dos caciques, em especial aqueles que a apoiaram na eleição ao Governo do Estado em 2010.

É pouco provável até que seja candidata à reeleição, por força de questão judicial (inelegibilidade). Se insistir, não deve passar na convenção do DEM, que botou como prioridade a eleição e reeleição de seus candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal.

Por que, então, esse afago em Fátima Bezerra, sua adversária histórica?

Simples.

Fátima concorrerá ao Senado da República, tendo como principal dificuldade ao projeto, a concorrência da ex-governadora Wilma de Faria (PSB).

A deputada (ou “senadora”, segundo Rosalba) é sua adversária. Wilma, não. Transformou-se em inimiga política, imersa em picuinhas e troca de ofensas veladas ou explícitas.

Ecossistema político

Proclamar Fátima Bezerra, que do ponto de vista ideológico está diametralmente oposta à conduta e pensamento político seu, foi um recado de Rosalba. Recado aos senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (PMDB), à própria Wilma e ao deputado federal e pré-candidato a governador Henrique Alves (PMDB).

Acuada, excluída e extirpada do topo da cadeia alimentar do ecossistema político potiguar, Rosalba pode agir como uma força centrífuga, triturando tudo em sua volta.

Com o resto de capital que lhe resta, sobretudo em seu berço político e cidadela, Mossoró, a “Rosa” tende a apostar num nome que lhe seja “menos ruim”. Fátima Bezerra, é o caso.

Tivemos no passado (1982), a criação dos votos “camarão” e “cinturão”, quando o instituto do “voto-vinculado” obrigava o eleitor a votar em todos os candidatos de um mesmo partido. Era um casuísmo “legal” criado pelo regime militar em seus últimos dias de poder, para manutenção do “voto de cabresto”.

Aluízio e Vingt

Além disso, havia a faculdade da “sublegenda”, outra armação, que permitia que o mesmo partido pudesse ter mais de um candidato a prefeito.

Em Mossoró, rompido com o primo e ex-governador Tarcísio Maia (PDS), o deputado federal e líder do rosadismo (até então um grupo praticamente monolítico),  Vingt Rosado (PDS), pregou que ninguém votasse na cabeça de chapa, deixando-a em branco.

Aluízio e Dix-huit: ajuda mútua

Como não podia votar em Aluízio Alves (PMDB), os seguidores de Vingt anulariam o voto a governador que era imposto por Tarcísio, com a candidatura do filho José Agripino (PDS). Eis o “voto camarão”, cortando a cabeça.

Em troca, Aluízio defendeu o “voto cinturão”: seus eleitores deveriam deixar em branco o voto a prefeito (que ocorria na mesma eleição).

Pelo menos em Mossoró, o protesto deu certo. Aluízio foi o nome a governador mais votado com 21.037 votos (40,76%), com Agripino ficando em segundo lugar com 17.571 (34,05%). No estado, o “bacurau” perdeu por mais de 107 mil votos de maioria.

A prefeito, o irmão de Vingt Rosado, Dix-huit Rosado (PDS), foi eleito pela segunda vez ao cargo com 21.510 votos (41,68%) e o pemedebista que na prática não teve apoio de Aluízio, João Batista Xavier, foi o segundo mais votado, com 15.466 votos (29,97%). Canindé Queiroz, da sublegenda do PDS, lançado para puxar votos para Agripino, teve 4.388 votos (8,50%).

Eleições a prefeito de Mossoró em 1982 (Fonte: Blog Carlos Santos):

- Dix-huit Rosado (PDS) – 21.510 (41,68%);
- João Batista Xavier (PMDB) – 15.466 (29,97%);
- Canindé Queiroz (PDS) – 4.388 (8,50%);
- Mário Fernandes (PT) – 428 (0,83%);
- Paulo R. Oliveira (PTB) – 48 (0,09%);
- Brancos – 8.145 (15,79%);
- Nulos – 1.621 (3,14%);
- Maioria Pró-Dix-huit – 6.044 (11,71%).

O eleitorado habilitado ao voto era de 67.041, em 275 secções. Compareceram 51.606 (76,98%) eleitores. As abstenções foram de 15.435 (23,02%) votantes.

Para as eleições de 2014, o eleitor está livre para misturar, votando em quem bem desejar de cabo a rabo. Não há voto vinculado ou sublegenda.

Vingt serviu "camarão"

O “rosalbista” pode ficar sem uma preferência ao Senado, diante do racha no próprio DEM que termina de afundar Rosalba. Não significa dizer que ela fique sem opção. Fátima pode ser uma forma de vindita de Rosalba, ajudando a não eleger Wilma, de quem já foi aliada no passado nos anos 80 e início dos anos 2000.

Estranho?

Nem um pouco.

Lembre-se: “a política é dinâmica”.

A frase é surrada, mas continua atualíssima na política caprichosa e sinuosa do Rio Grande do Norte, onde o feio é perder. O próprio Vingt Rosado costumava dizer que voto de aliado e de adversário (ou “bandido”) tinha o mesmo valor.

Aluízio Alves e Vingt Rosado tiveram embates homéricos e nem sempre muito leais. Mas em determinado ponto da história no século XX, passaram à composição à margem da lei e, em seguida, formalizada em comunhão numa única sigla, o PMDB, em meados dos anos 80.

Portanto…

Acompanhe os bastidores da política também por nosso TWITTER, clicando AQUI.

 

Categoria(s): Reportagem Especial

Comentários

  1. Carlos Andre diz:

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  2. Paulo Cesar diz:

    Os adversários vão fazer a festa: ‘Fátima, a senadora de Rosalba’. Lasca em banda, perde votos como nunca.

  3. Carlos Lopes diz:

    Será que Fátima vai querer o apoio “desse troço” ?

  4. marc diz:

    O apóia de Rosalba a Fátima e bom para Vilma,que diabos quer i apoio dessa mulher? Ter seu nome perto de Rosalba e queimador

  5. Samir Albuquerque diz:

    Já quer melar a candidatura da petista rapaz… Essa Rosalba…. Danadxinha!!! kkkkkkkkkkkk

  6. janio rego diz:

    parabéns. excelente reportagem documental sobre a política regional. viva mossoró!

  7. Marcos Andrade. diz:

    O apoio de Rosalba, nesta altura será um suicídio político para quem Ela apoiar. Fim de governo a recepção é café frio.

  8. fernando ff diz:

    ESSE É O APOIO QUE TANTO SONHAVA O SENHOR LAIR SOLANO.

  9. Leka diz:

    Ta na cara que Rosalba ta querendo prejudicar Fátima, até pq elas são opositoras!

Trackbacks

  1. [...] Quem pode se beneficiar desse poço de mágoas, é o pré-candidato a governador Robinson Faria (PSD), vice-governador dissidente. O mesmo, em relação à deputada federal e pré-candidata ao Senado, Fátima Bezerra (PT), como o Blog antecipou em outra postagem especial (veja AQUI). [...]

  2. [...] Blog já levantara esse tese, em especial quanto à Fátima Bezerra (veja AQUI). Não é necessário que se juntem em palanque, mas nenhum político que se preze enjeita voto. [...]

  3. [...] O troco vem a caminho, em forma de “voto útil”, como este Blog raciocinou há meses (veja AQUI). [...]

  4. [...] AQUI a matéria “Rosalba sinaliza com apoio à Fátima Bezerra para Senado“. Categoria(s): [...]

  5. [...] “Rosalba sinaliza com apoio à Fátima Bezerra ao Senado” – destacou o Blog Carlos Santos no dia 24 de março de 2014. Veja AQUI. [...]

  6. [...] * “Rosalba sinaliza com apoio à Fátima Bezerra ao Senado” – destacou o Blog Carlos Santos no dia 24 de março deste ano, bem antes da campanha eleitoral. Veja AQUI. [...]

Faça um Comentário

*


Current day month ye@r *

Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.