domingo - 28/06/2009 - 18:06h

Nova maioridade penal: “Fundo Pré-fixado para o Crime”


Em 1993, dois garotos de dez anos foram julgados e condenados a 11 anos de prisão. Motivo: tinham torturado e matado com requintes de crueldade, uma criança de dois anos.

Hoje os dois estão livres e sob novas identidades, com uma vida longe da cadeia.

O exemplo vem da Inglaterra, Estado de tradição milenar no Direito consuetudinário (que toma como base os costumes do povo).

Por lá, a partir de dez anos de idade o indivíduo pode responder criminalmente por seus atos. Esse rigor num país tido como “civilizado”, não lhe garante criminalidade baixíssima entre os jovens. O índice é quase semelhante à Colômbia, onde um adolescente só é tratado como adulto após os 18 anos.

No Brasil, a discussão sobre maioridade penal é recorrente. Vem e vai de forma incisiva, conforme o surgimento de algum crime de grande repercussão, envolvendo algum adolescente-criança.

Com menos de 12 anos de idade, nenhuma criança pode ser punida pelo Estado brasileiro; dos 12 aos 18 podem existir punições que variam de prestação de serviços comunitários à internação em supostos centros educacionais. No máximo podem ficar detidos por três anos.

Conforme dados que coletei na Internet, existem mais de 15 mil adolescentes internados no território nacional. O perfil deles diz tudo: 90% são homens, 16% estão entre 16 e 18 anos de idade e 90% nunca estudaram ou largaram o colégio. Desse volume, 60% são negros e a grande maioria de pobres ou paupérrimos.

Os defensores do aumento da maioridade penal movem-se muito mais pela emoção, do que por razões científicas e provas irrefutáveis do efeito dessa medida, no combate à violência infanto-juvenil. O que boa parte dos países mais desenvolvidos tem feito é seccionar a questão, apostando em pena rígida contra quem pratica crime hediondo. Entretanto todos investem no principal fator à redução do problema: a área social. Na família.

A idade pode ser atenuante, não uma defesa prévia ou licença para delinquir. A própria Inglaterra é assim.

Temos um Estatuto da Criança e do Adolescentes (ECA) exemplar para a Dinamarca, Japão, Suécia, Noruega, Suíça etc. No pindorama tropical esse código cheira à impunidade e estímulo à criminalidade precoce.

Devolver o infrator a uma família desestrutura (pai drogado, mãe presidiária, em plena pobreza), depois de ter cometido um delito, é desperdício de esforço. A polícia é que termina algemada e desmoralizada. A sociedade, perplexa e desprotegida.

De novo o país apostou num “transplante” ou importação de modelo, sem atentar para sua própria realidade étnica, social, cultural e outras peculiaridades. É como se houvesse uma lei determinando que todo cidadão tivesse o direito de possuir uma Ferrari, mas a renda média só permitisse comprar um Fiat 147. Irreal, desconexo.

Desde 1921 que temos consagrada a maioridade criminal de 18 anos em nossa legislação. No período imperial, o código pertinente de 1830 fixava em 14 anos a responsabilidade perante a lei.

Nos dias atuais, com apoio minucioso da psicologia, neurociência e outras áreas de estudo da mente humana, sabe-se que o cérebro – assim como o corpo – passa por densas transformações na adolescência. Inteligente não é sinônimo de maturidade. Um adulto bem-instruído e abonado sabe que é errado cortar o sinal vermelho. Assim mesmo, erra. Não deveria.

Por si só o jovem é impetuoso e transgressor. Sem base familiar, desprovido de perspectivas pessoais, é uma bomba ambulante. Eu também seria, você idem.

Condições sociais, genéticas, legais, biológicas e o meio influenciam na construção desse ser. Isso tudo não deve ser posto debaixo do tapete. 

Jogar milhares de jovens na cadeia não vai encolher os índices de criminalidade. Estaremos tão-somente “investindo” a curto e médio prazos à formação de uma massa de criminosos ainda mais perigosa, preparada nos caldeirões prisionais do Brasil. Seria uma espécie de “Fundo Pré-fixado para o Crime”.

Eis minha opinião.

Volto ao tema depois, com abordagem de outros aspectos.

Categoria(s): Blog
domingo - 28/06/2009 - 15:35h

Embriaguez de Gustavo provoca ressaca em Mossoró


"O poder corrompe e o poder absoluto corrompe absolutamente". (Lord Acton)

Dois episódios recentes deram a exata medida do governo da prefeita-enfermeira Fátima Rosado (DEM) aos olhos da sociedade mais esclarecida: é sem rumo e sem prumo.  A sentença do “Caso Capitão 40” e a contratação pela prefeitura do programa “Pânico” (Rede TV) transbordaram sua má-fé e incompetência.

Figura decorativa em sua própria administração, onde só é retirada da “redoma” para fotografias e acenos às câmeras de TV, Fátima merece compaixão. Vive num mundo surreal, sem idéia dos desatinos que há anos são cometidos sob o abrigo do mandato que detém pela segunda vez. Seria autista?

Na prática, é o seu irmão e chefe de Gabinete, agitador cultural Gustavo Rosado, quem responde por tantas aberrações. Algumas são dignas de serem estampadas em páginas policiais. Outras receberiam vetos em filmes B, da "Boca do Lixo" paulistana.

Num primeiro momento, Gustavo adotou a discrição como “prefeito de fato”, para não constranger a mana sem bússola. Depois foi tomado pela vaidade caudalosa e passou a ser o mandachuva às claras.

Muitos se perguntam, como uma família que se originou de um dos homens mais dignos do clã Rosado, empresário Dix-neuf Rosado, pode ter se inclinado para ações clandestinas e estupidezes. A explicação merece um estudo científico multidisciplinar.

Qualquer pessoa razoavelmente bem-informada sabia que Fátima não iria governar. No máximo assinaria papéis. Conhece administração pública da mesma forma que eu domino a fissão nuclear.

A supremacia de Gustavo foi uma surpresa geral. Colocou a irmã sob sua tutela e se transformou no plenipotenciário do governo.

Songamonga

As apostas feitas antes da prefeita assumir o primeiro mandato em 2005 recaíam sobre outros irmãos, como reais gestores. Falavam em Edmur, Tasso ou Noguchi Rosado. Sobraram no comando, mas não ficaram de fora da bonança estatal.

O marido e depois deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) era visto como morto dentro das calças. Songamonga típico, especialista em micro-interesses, não tinha perfil de líder.

Em toda sua vida, Gustavo sempre foi um dândi. Mimado como caçula de prole numerosa, ganhou diversos cargos comissionados de mão beijada, apenas levando o sobrenome Rosado no currículo. Só.

Nas empresas da família jamais teve direito sequer a uma Giroflex para rodopiar em alguma sala de chefia. É um homem sem profissão definida.

O certo é que a ascensão da irmã foi o passaporte para Gustavo revelar sua verdadeira identidade. O perfil de bom moço deu lugar a um comportamento doentio. Transborda de arrogância, além de ostentar um cinismo psicótico. Está embriagado pelo poder e Mossoró é quem sofre a ressaca diante de tantos escândalos.

Gustavo é uma zebra. Correu por fora e chegou troteando ao Palácio da Resistência como grande surpresa. Hoje é o legítimo chefe de sua patota. Porém está longe de ganhar status de líder.

Não tem nutrientes para seguir a linhagem familiar de nomes como Dix-sept Rosado, Vingt Rosado, Carlos Augusto Rosado ou Sandra Rosado. Típico poderoso de ocasião, genérico, com prazo de validade. Logo será vomitado.

Apesar de muitas semelhanças, Gustavo não chega a copiar o imperador romano Calígula, que nomeou o próprio cavalo Incitatus (AQUI) para o Senado, mas governa e vive como um eqüino: de quatro.

Seus coices acertam em cheio a imagem da família e de Mossoró, que não imaginava o que estava por trás de suas bochechas rosadas e sorriso artificial.

Foto: Fotografias do acervo do Blog do Carlos Santos.

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
domingo - 28/06/2009 - 15:33h

Pensando bem…


"Acredito firmemente que a única coisa a temer é o próprio medo"

Teodore Roosevelt.

Categoria(s): Pensando bem...
domingo - 28/06/2009 - 15:27h

Transparência revela servidores em gabinetes do Senado


A partir do "Portal da Transparência", o Blog do Evânio Araújo (AQUI) oferece hoje à sociedade norte-rio-grandense, uma informação muito salutar: transparente.

Mostra a relação de todos os servidores do Senado, que virou casa de escândalos. Nós pegamos o “gancho” e fazemos uma separação por cada gabinete dos três senadores do RN.

É uma informação útil, sem motivo algum para qualquer um dos senadores sonegar do cidadão.

Primeiro, eis abaixo a relação de todos os servidores efetivos e comissionados no gabinete – em Brasília – da senadora Rosalba Ciarlini Rosado (DEM). No total são 38 pessoas:

ADJUTO DIAS DE ARAÚJO NETO,
ALEXANDRE CARLOS CAVALCANTI NETO (Efetivo),
ANA KARLA CARTAXO MOURA RODRIGUES DE AQUINO,
ANA MARIA DE QUEIROZ GERMANO,
ANA MARIA DOMINGUES DOS SANTOS (Efetivo),
ANA MARIA DUTRA DANTAS AMORIM,
ANDRÉ FELIPE GOMES REGINALDO,
ANDRÉA DE MEDEIROS ÚRSULA,
ANNIE AZEVEDO DA CUNHA LIMA,
EDMILSON ANDRADE,
FRANCISCO CIPRIANO AIRES DE SOUZA,
FRANCISCO FERREIRA ALVES (Efetivo),
FRANCISCO GALBI SALDANHA,
FRANCISCO OBERY RODRIGUES JÚNIOR,
GABRIELA FERNANDES MOREIRA ZELAYA,
HONORINA DA LUZ N MELLO (Efetivo),
IONETE AQUINO DE OLIVEIRA (Efetivo),
JANAÍNA PEREIRA DO AMARAL MULATINHO,
JOSIWAGNER LUCAS TAVARES,
JOSÉ ERASMO GOMES,
JOÃO HENRIQUE MAIA DE FARIAS,
JUSCELINO FERNANDES MARINHO BAIA,
LUIZA PEREIRA DA COSTA NETA,
MARCIO AURÉLIO VALENTE (Afetivo),
MARIA ALCINEIDE DE ANDRADE,
MARIA DO AMPARO MENDONÇA BEZERRA JALES,
MARISTELA DE ALMEIDA CARDOSO,
MARTA CAVALCANTI D’ALBUQUERQUE (Efetivo),
MUNIQUE BESSA SILVEIRA,
NAYARA QUEIROZ CARDOSO PINTO,
NELSIRA LULA DE QUEIRÓZ SANTOS,
OLINDINA COELI PEREIRA FERNANDES,
PATRÍCIO JOSÉ CHAVES FERNANDES DE FIGUEIREDO,
PEDRO DE ALCÂNTARA ALVES LOPES,
TAMIRES SILVA FILHO,
TEREZA MARIA DE QUEIROZ SALDANHA,
THEREZINHA DE JESUS RAMOS (Afetivo),
WANDERCY AURÉLIO DE BRITO BORBA.

Nota do Blog – Só me deixou intrigado o nome de Munique Bessa Silveira, filha do ex-deputado estadual Francisco José (PMN),”adversário” da senadora.

Veja AQUI a lista de todos os servidores do Senado. Sua busca pode ser feita por nomes dos empregados ou por gabinetes. Basta colocar o nome procurado no espaço em branco (localiza) para busca. Também clicando sobre um ícone ao lado da página – em que aparece um minúsculo binóculo. 

Depois posto a lista dos gabinetes dos senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (PMDB).

Categoria(s): Sem categoria
  • Banner da Agência Crioula, Delegacia da Mulher - Zona Norte, Agosto de 2019
domingo - 28/06/2009 - 15:05h

Agripino possui 26 assessores em seu gabinete de Brasília


Líder do DEM no Senado, o senador José Agripino possui 26 assessores efetivos e comissionados em seu gabinete, em Brasília. A informação é do portal “Transparência Brasil” (veja postagens abaixo).

Este Blog simplifica a informação e repassa abaixo toda a listagem.

Para conferir essas e outras informações, clique AQUI. Escreva o nome do senador desejado em “localiza” e aperte “Enter”, para aparecer toda a lista, com outros detalhes.

Vamos à assessoria de José Agripino, que deve residir e trabalhar em Brasília:

ADRIANA CAVALCANTI MAGALHÃES,
AJOSENILDO HERMENEGILDO ALVES FILHO,
ALINE APARECIDA DO CARMO SILVA,
ANA LUCIA MARIZ DUARTE (Efetivo),
CLAUDIA SEIXAS ALVES DE AQUINO XIMENES (Efetivo),
DILVAN MONTEIRO DA NÓBREGA EDIVAL,
JOVINO DE ARAÚJO (Efetivo)
ELIZABETH SEIXAS ALVES VIEIRA (Efetivo)
ESDRAS ALVES DE QUEIROZ,
GIOVANNI LUIZ MARQUES SILVA,
IVAM BRAZ PETERS,
IVANALDO MAIA DE OLIVEIRA,
IZABEL MENESES,
JANILSON FERREIRA,
LILIAN BEATRIZ DE LIMA PETERS,
LUZIA CAROLINE OLIVEIRA GURGEL COSTA,
MALVINA QUEIROZ SANTOS,
MARCELLA CINQUINI FRANCO,
MARCOS BARBOZA DA SILVA,
MARIA IZABEL SARMENTO RODRIGUES TORRES,
MAURICIO ORLANDO VERISSIMO (Efetivo),
NISIA NAVARRO MESQUITA CARRILHO,
OLGA MARIA FERREIRA PORTO (Efetivo),
RICARDO JOSÉ NELSON DOS SANTOS,
RICARDO MONTEIRO DE CASTRO,
JANSEN TEREZA CRISTINA DA COSTA OTON.

Categoria(s): Sem categoria
domingo - 28/06/2009 - 14:13h

Garibaldi Filho tem 31 assessores em seu gabinete


Veja agora a continuidade da postagem anterior. É a relação dos servidores do gabinete do senador Garibaldi Alves Filho (PMDB), em Brasília.

Ao todo são 31 nomes.

A lista completa de todos os empregados efetivos e comissionados do Senado você encontra AQUI. Basta botar o nome do senador no espaço "localiza". Em seguida tecle "Enter".

Veja os nomes dos assessores de Garibaldi:

HENNING PARANAGUA (Efetivo),
ANTÔNIO MARCOS DE SOUZA LIMA,
CLAUDIA ABREU DA COSTA MARINS (Efetivo),
DIEGO RUBSTEN TINOCO EDILSON ALVES (Efetivo),
EDNA MARIA MONTEIRO RODRIGUES,
EVERTON DANTAS BESERRA,
FRANCIONE LUCAS SOARES,
FRANCISCO DIVINO DE FREITAS,
FRANCISCO FERNANDES DE OLIVEIRA NETO,
HELENA DE LIMA BERABA FATURETO (Efetivo),
JANETE MARIA RUBSTEM LINHARES TINOCO (Efetivo),
JAQUELINE LIRA BARBOSA,
JOSÉ DE RIBAMAR B CARVALHO (Efetivo),
JOSÉ EURICO ALECRIM FILHO,
JOSÉ MARIA CUNHA MELO,
JOSÉ WILDE DE OLIVEIRA CABRAL,
JOÃO PAULO MENDES MADRUGA,
LINDOLFO NETO DE OLIVEIRA SALES,
LUIZ EDUARDO CARNEIRO COSTA,
MARIA DO SOCORRO SILVA,
PAULO DE TARSO PEREIRA FERNANDES,
RAIMUNDO LEITE ROZARIO,
RITA DE CÁSSIA JERÔNIMO (Efetivo),
ROGERIO LACERDA (Efetivo),
ROSIENE DE OLIVEIRA ROCHA GOMES (Efetivo),
SANDRA SILVA TASQUINO DOS SANTOS (Efetivo),
SÍLVIO WESLEY DE OLIVEIRA,
VICENTE INACIO MARTINS FREIRE,
WALKYRIA BORGES CARNEIRO COSTA,
WELINGTON LUIS DE OLIVEIRA.

Nota do Blog – Aguarde em seguida a lista de servidores efetivos e comissionados do gabinete do senador José Agripino (DEM).

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
domingo - 28/06/2009 - 10:25h

Polícia Federal orienta como reagir contra crimes na Internet


A Polícia Federal informa o canal adequado para qualquer internauta brasileiro denunciar golpes fraudulentos digitais, computacionais ou via internet, incluindo estes emails-armadilhas atualmente tão comuns, cujos links levam o incauto a sites malignos e contaminados com trojans e vírus.

Mensagens que se refiram aos crimes de internet devem ser reportadas ao novo canal centralizador dessas denúncias na Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal, através do endereço crime.internet@dpf.gov.br.

Um lembrete apenas: quando for enviar algum email de denúncia para o endereço acima, encaminhe a mensagem fraudulenta original como anexo. Assim, as autoridades poderão analisar os cabeçalhos (headers) originais e tirar de lá valiosas pistas para encontrar o ofensor.

Nota deste Blog – Este Blog foi vítima recente quando antecipou o resultado da licitação na Prefeitura de Mossoró, para escolha da empresa pernambucana A-Sim para promover o Cidade Junina.

A matéria que tinha a informação com dados sobre a A-sim foi retirada três vezes do ar por ação externa indevida.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
sábado - 27/06/2009 - 11:54h

Deputado songamonga passeia puxando Robinson Faria


O presidente da Assembleia Legislativa, Robinson Faria (PMN), precisa ser melhor orientado. 

Em sua estada em Mossoró, ontem, exercitou a popularidade do deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) em passeio pelo West Shopping.

Com aquele olhar bovino e simpatia de leão-de-chácara, o songamonga Leonardo nada acrescentou ao governadorável.

Categoria(s): Sem categoria
  • Lion - Banner - 17-08-19
sábado - 27/06/2009 - 11:44h

Atrasos em pagamento dificultam empresas


Algumas empresas que prestam serviços à Prefeitura de Mossoró estão em "operação tartagura". Outras já pararam.

O "xis" da questão é o que tem acometido a "Era das Trevas" representada pela prefeita-enfermeira Fátima Rosado (DEM): falta compromisso com pagamentos.

Tem empreiteira esperando milhões em caixa e tocando serviço com suas reservas. Mas não tem como aguentar muito mais.

Enquanto isso, outros milhões saem pelo ladrão (sem trocadilho).

A patota não é do ramo, repito. Nem tem um pingo de respeito por nada ou alguém. 

Categoria(s): Sem categoria
sábado - 27/06/2009 - 11:40h

Justiça é caminho para exumar informações de prefeitura


Os três isolados vereadores da oposição, em Mossoró, não devem se contentar com a derrubada de proposições fiscalizadoras que vêm apresentando. Há outros meios à tarefa.

Recomendo que recorram à Justiça. Se não conseguem fazer com que o governo da prefeita-enfermeira Fátima Rosado (DEM) sequer responda ao simples requerimento, solicitem esse dever de transparência pela via judicial.

Num ambiente democrático e sadio, a minoria não precisa recorrer ao atalho judicial. O próprio Legislativo tem a prerrogativa-obrigação de fiscalizar e ser atendido em suas indagações.

Em Mossoró, a bancada de dez vereadores do governismo não quer permitir dados sobre contratos, obras, tributos, aluguel de máquinas e veículos etc.

Tenho testemunhado o esforço hercúleo de Lahyrinho Rosado (PSB), Genivan Vale (PR) e Francisco José Júnior. Mas não será em vão.

Afinal de contas, por que o governo tem tanto medo de informar o óbvio?

A prefeitura é uma empresa pública ou corporação privada?

Categoria(s): Sem categoria
  • Repet
sábado - 27/06/2009 - 11:30h

João Maia inclina-se em elogios a Rosalba Ciarlini


O deputado federal João Maia (PR) esteve à noite passada em Mossoró. Não o vi. Mas sua presença na confraria "Reunião do Copão" no Carlos Bar (bairro Boa Vista) ensejou ampla conversa-entrevista com os interlocutores.

O blogueiro Erasmo Carlos reproduz em sua página, hoje, depoimentos e avaliações mais interessantes sobre o parlamentar.

Identifica que ele está com forte inclinação a um alinhamento com o DEM da senadora Rosalba Ciarlini (DEM).

A impressão que o deputado deixou nos presentes é que ele está se aproximando mais do DEM e se afastando do governismo.

Por diversas vezes ele elogiou a “brilhante” atuação da senadora Rosalba Ciarlini (DEM) e criticou a falta de planejamento da administração estadual. A todo instante perguntava aos presentes se estes sabiam as metas da administração estadual para a saúde, educação e outros setores.

- Você sabe a meta do governo para a educação? - perguntou o deputado a Mário Gérson, o qual respondeu que não. “Não sabe por que não tem”, concluiu.

Saiba mais AQUI.

Categoria(s): Sem categoria
sábado - 27/06/2009 - 11:19h

Lula diz que mídia convencional perde espaço para Internet


Ao visitar o 10º Fórum de Software Livre, em Porto Alegre, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse ontem (26) que a imprensa tradicional perdeu “poder” para a internet.

Segundo Lula, com a rede mundial de computadores, não há mais detentores de informação privilegiada.

- Estamos vivendo momento revolucionário da humanidade. A imprensa já não tem mais o poder que tinha alguns anos atrás. A informação já não é mais uma coisa seletiva, em que os detentores da informação podem dar golpe de Estado. A informação não é uma coisa privilegiada. O jornal da noite já está velho diante da internet – disse o presidente.

Nota do Blog – Sábias palavras, presidente.

Categoria(s): Paulo de Tarso Fernandes
  • Repet
sábado - 27/06/2009 - 11:13h

Guimarães Rosa: um retrato


Em Dias Lidos e Vividos [Rio, 1977], Cândido Motta Filho dedica uma página admirável às suas conversações com João Guimarães Rosa, seu vizinho, por uma temporada, na Rua Bartira, em São Paulo, uma cidade que, para o escritor mineiro era mais que uma cidade tentacular: era uma experiência lingüística, como uma grande Babel de línguas que incluía, além dos idiomas estrangeiros os sotaques regionais, de que o estado de Minas Gerais seria o seu laboratório de pesquisas.

Observador arguto e leitor exemplar, membro da Academia Brasileira de Letras, Ministro do Trabalho e da Educação e Cultura, no governo dos presidentes Gaspar Dutra e Café Filho, Motta Filho destacou-se no jornalismo, como articulista e critico literário, pensando com coragem e precisão, ajudado por uma sólida e variada cultura humanística que o habilitava a compreender e ampliar a obra alheia, conforme fica demonstrado em suas observações sobre o autor de Grande Sertão: Veredas, que viu em sua meticulosidade paciente, na feira de Santo Amaro, anotando as expressões, os modismos, os aspectos prosódicos, os adjetivos qualificativos etc, em sua apaixonada elaboração de um novo idioma literário.

Enxergava assim, em Guimarães Rosa, não apenas o escritor, mas o mundo que ele criara com sofreguidão inovadora, ao transcriar a realidade através da apreensão da essência mesma da cultura sertaneja que o nutriu, desde a infância, em Codisburgo.

Fino critico literário, Cândido Motta Filho viu em Guimarães Rosa o homem telúrico e assim pode dizer que, ao contrário de Joyce, ele não tinha preocupação erudita, mas curiosidade amorosa pela fala do povo radicularmente mineiro e capiau. Por isso, pode aproximá-lo, não do irlandês, como muitos o têm feito, mas de Apuleio, que, como Guimarães Rosa, escrevia com palavras estranhas e novas a magnificência de sua prosa composta num estilo rico e espontâneo, inesperado e obscuro.

Mas, logo, como que se corrigindo, acrescenta Motta Filho que Apuleio é que lembraria Guimarães Rosa, apesar de separá-los uma enfieira de séculos.

Nascido em Madaura, por volta do ano 125 da nossa era, o escritor africano emprega em sua obra termos insólitos, palavras sonoras e, como Guimarães Rosa, gosta de surpreender o leitor, sendo, de todos os autores latinos, considerado aquele que mais se aproxima do conceito de modernidade. Porém, afirma, João Guimarães Rosa é único em sua multiplicidade; é só ele e mais ninguém…

Voltaram a encontrar-se ainda algumas poucas vezes, no Rio, Guimarães Rosa o visitando em seu apartamento para presentear-lhe com um exemplar de Tutaméia, livro que teria sido o resultado de um esforço de libertação pela “estória”, porque a história acabava por ser uma forma de opressão, segundo lhe confessara. Nessa ocasião, o escritor pareceu-lhe distante, procurando as palavras e referindo-se à Academia Brasileira de Letras como a sede dos mais altos compromissos literários.

Talvez pensasse, naquele momento, na imortalidade acadêmica que obteria alguns anos depois, porém Cândido Motta Filho nada nos diz a este respeito.

Franklin Jorge é jornalista, crítico literário e escritor (AQUI).

Categoria(s): Nair Mesquita
sábado - 27/06/2009 - 10:57h

Professor usa Blog como referência didática


O Blog recebe um e-mail bastante simpático, que divide com os demais componentes desta página (webleitores-comentaristas).

É do internauta Lindeberg Ventura.

Bom saber que esta página tem servido de referência à formação educacional, objeto de informação e debate.

Leia abaixo:

Caro amigo Carlos Santos,

Sempre é um prazer encontrá-lo pela livraria. Costumo frequentar o local semanalmente.

Já o encontrei algumas vezes com senhor por lá. Contudo, como não tinha ainda conhecimento do seu blog, não havia um motivo para que eu pudesse apresentar-me. 

Sou leitor frequente do seu blog. Também, recentemente, abri um. Não tão eficiente e inteligente quanto.

Lá, costumo postar assuntos variados e, inclussível, textos seus, ou manchete suas (claro, citando a fonte – com todo orgulho de um assíduo leitor das suas postagens).

 Já usei texto do seu blog para ministrar algumas aulas. Em sala sempre indico, a meus alunos, a leitura das suas postagem.

Cordiamente,

Professor Especialista Lindeberg Ventura

Nota do Blog - Obrigado pela deferência, Ventura. Mas faltou você fazer seu próprio marketing, nos informando o endereço do Blog que editas.

Categoria(s): Blog
  • Banner da Agência Crioula, Delegacia da Mulher - Zona Norte, Agosto de 2019
sábado - 27/06/2009 - 10:45h

Fórum será inaugurado no dia 16


O presidente do Tribunal de Justiça do RN (TJE), desembargador Rafael Godeiro, e a juíza da comarca de Governador Dix-sept Rosado, Welma Menezes, enviam convite ao Blog.

É para inauguração do Fórum Municipal Escrivão José Aoen Estigarriga Menescal. Será às 16h do próximo dia 16, uma quinta-feira.

O edifício fica na Rua Manoel Joaquim, 15, Centro.

Se houver tempo eu estarei lá.

Obrigado. 

Categoria(s): Blog
sábado - 27/06/2009 - 10:39h

Penitenciária Federal será inaugurada na próxima sexta


Confirmada para a próxima sexta (3), a inauguração da Penitenciária Federal de Mossoró. Será às 10h.

O prédio é obra da União e fica localizado na RN 15 (Mossoró-Baraúna), KM 12, comunidade do Riachp Grande.

Governo do Estado e Governo Federal começaram a expedir convites à solenidade.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Repet
sexta-feira - 26/06/2009 - 20:33h

Maçonaria dá alento à mudança de hábito em Mossoró


A Lola Maçônica Amâncio Dantas ingressou com ação civil pública na Procuradoria Geral da República. Quer que a Rede TV faça retratação do que veiculou depreciativamente sobre Mossoró, através do programa Pânico.

A iniciativa é louvável, mesmo que dirigida à instituição errada: foi a Prefeitura de Mossoró quem garantiu a estada, estadia e produção do programa.

Mesmo assim, é preciso aplaudirmos a postura da maçonaria, que dá sinal de mudança de hábito na sociedade mossoroense, acostumada a cruzar os braços, a louvar o senso comum e ser maria-vai-com-as-outras.

Sindicatos, clubes de mães, imprensa, conselhos comunitários, OAB, ACIM, CDL etc. devem aprender com o gesto da Amâncio Dantas.

Categoria(s): Paulo de Tarso Fernandes
sexta-feira - 26/06/2009 - 20:27h

Gerais… Gerais… Gerais… Gerais


Acompanhei no final da tarde de hoje uma excelente conferência do professor Leontino Filho (veja postagem mais abaixo) sobre João Guimarães Rosa. Uma performance impecável. Cheguei a Mossoró a tempo de aplaudi-lo na Livraria Potylivros.  

Agora vou tentar chegar a tempo na "Reunião do Copão", confraria que reúne gente dos mais diversos matizes, no "Carlos Bar" (Boa Vista). Por lá a coordenação é do blogueiro Erasmo Carlos (do Blog Tio Colorau). Pelo o que me avisaram ao telefone, há uma ótima movimentação e conversas as mais variadas. Chego já.

Acostumamo-nos a gerar tantas críticas, que parece até não termos uma porção generosa. Engano. Professor Walter Fonsêca, ouvi nos últimos dias dois depoimentos insuspeitos sobre a competência e serenidade do seu filho Walter Júnior. Testemunhos de dois pacientes do doutor. Fiquei feliz por você, visto que também sou pai. Sei medir a felicidade de ver nossas crianças andarem com as próprias pernas. Parabéns.

O fotógrafo Edilberto Barros vai completar um ano e cinco meses do seu saite na próxima segunda (29). São quase 100 mil acessos, resultante do seu trabalho focado nos mais diversos eventos privados e públicos. Confira o endereço AQUI. Sucesso, meu caro.   

Obrigado à leitura deste Blog ao senador Garibaldi Filho-PMDB (Mossoró), jornalista William Robson (Jornal de Fato, Mossoró) e jornalista Cefas Carvalho (Potiguar Notícias, Parnamirim).

Categoria(s): Nelson Queiroz
  • Banner da Agência Crioula, Delegacia da Mulher - Zona Norte, Agosto de 2019
sexta-feira - 26/06/2009 - 20:09h

Internauta cobra cumprimento de horário em teatro


O internauta Togo Ferrário assume um dos sete pecados capitais: a inveja. Mas justificável, que se diga.

Em comentário a este Blog ele comenta o sucesso de festejos juninos no Piauí e reclama da falta de respeito em Mossoró na apresentação do espetáculo teatral "Chuva de Bala".

Leia abaixo:

A inveja é um dos sete pecados capitais mas, vendo as fotos desse evento junino no Piaui (AQUI), é de deixar, nós mossoroenses, chupando o dedo de inveja.

Enquanto o site UOL publica uma matéria, como voce pode observar pela qualidade das fotos, Mossoró e o (deles) Cidade Junina, não cumpre nem o horário para início das apresentações de shows, como por exemplo, o Chuva de bala… 

E o pior, desculpe-me a redundância, recebe de presente o P(a)eniconaTV!

E por falar em horário, a apresentação de quinta (25) do "Chuva", que é marcado na agenda de show para se iniciar às 21hs, só começou após as 10h, porque estavam esperando as "otoridades" de araque que têm seus lugares "guardados" e muitos deles, por lá, não apareceram, dexando várias pessoas, que só têm serventia nas eleições, de pé.

Pobre mossoroenses. Um abraço.

Togo Ferrário.

Categoria(s): Blog
sexta-feira - 26/06/2009 - 20:02h

Enxurrada assusta moradores perto da Lagoa do Bispo


Moradores do bairro Nova Betânia, no quadrilátero Duodécimo Rosado, João Marcelino, João da Escóssia e Avenida Diocesana estão em pânico (sem trocadilho).

A angústia deriva das consequências iniciais de obras na área conhecida como Lagoa do Bispo. A edificação do futuro hipermercado Bom Preço (Grupo Wal-Mart) começa a dar efeitos colaterais.

A intensa chuva de quinta (25) gerou enxurrada caudalosa no setor.

Há mobilização para que sejam tomadas providências imediatas, capazes de prevenirem problemas maiores.

Categoria(s): Nelson Queiroz
  • Repet
sexta-feira - 26/06/2009 - 11:56h

Encontro com Guimarães Rosa


"Guimarães Rosa, a poesia em campo geral".

Esse é o título-tema do "Encontro com Autores", hoje às 17h em Mossoró. Será na Potylivros (ao lado do Teatro Dix-huit Rosado).

O professor de literatura, poeta e escritor Leontino Filho fará a apresentação do tema. O acesso é aberto aos amantes da literatura.

Nota do Blog – Se chegar a tempo à cidade, certamente estarei aí.

Categoria(s): John Deacon
sexta-feira - 26/06/2009 - 11:48h

Pensando bem…


"Errar é humano. Culpar outra pessoa é política."

Hubert H. Humphrey

Categoria(s): Pensando bem...
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.