terça-feira - 29/04/2014 - 14:59h
Momento delicado

Pedido de impeachment de Rosalba Ciarlini é lido em AL


O pedido de impeachment contra a governadora Rosalba Ciarlini Rosado (DEM) foi lido pela Mesa Diretora da ALRN na sessão desta terça-feira (29). O processo foi protocolado na semana passada e entregue por representantes do Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO/RN) e solicita-se, ainda, o afastamento imediato da governadora das funções.

O pedido de Impeachment entregue à ALRN denuncia a governadora pelos seguintes crimes de responsabilidade: Uso de bens e serviços públicos do Estado para promover a campanha política nas Eleições Municipais em Mossoró/RN no ano de 2012, promovendo o impedimento ao livre exercício do voto pelos cidadãos mossoroenses; Atos de improbidade administrativa imputados pelo Ministério Público Estadual; e Transporte de verbas do orçamento sem autorização legal, através da suplementação acima do limite legal permitido pela LOA 2012 e da transferência de recursos constitucionalmente vinculados à educação para pagamento de pessoal inativo.

Os representantes do MARCCO ainda denunciam a chefe do Executivo por afronta às regras de competências constitucionais que asseguram a independência entre os Poderes e órgãos com autonomia financeira (LOA 2013 e LOA 2014), através da decisão política de não repassar integralmente os valores dos orçamentos dos Poderes Legislativo e Judiciário, além do Ministério Público e do Tribunal de Contas, manipulando dados financeiros para uma readequação orçamentária decorrente de frustração de receita inexistente (corte orçamentário arbitrário por ato governamental ilegal em 2013 e ausência de qualquer ato em 2014;  e descumprimento generalizado das decisões do Poder Judiciário em todas as áreas de Governo. Pelo menos 26 ações descumpridas.

Segue o passo a passo do processo de impedimento:

1 – Leitura em plenário do pedido protocolado na Assembleia Legislativa e remessa à CCJ
2 – CCJ analisa a admissibilidade formal, verificando se há legitimidade dos proponentes e se atendem aos requisitos legais, se os fatos citados constituem objeto de investigação no âmbito do Legislativo e se as partes citadas são passíveis de serem responsabilizadas.
3 – Processo segue para o plenário para deliberação final sobre a admissibilidade ou não do pedido.
4 – Não sendo acatado, o processo de impeachment é arquivado. Caso seja admitida a denúncia pelo plenário, a Mesa Diretora emite ato para que seja criada uma comissão especial formada por cinco deputados estaduais eleitos. Paralelamente, cópia do processo é remetida ao Tribunal de Justiça do Estado. O TJRN sorteia cinco desembargadores.
5 – É instalado o Tribunal Especial, presidido pelo presidente do TJRN, e formado pelos cinco deputados e cinco desembargadores. Este tribunal vai analisar o mérito da denúncia.
6 – O afastamento, caso seja necessário, se dará por votação do Tribunal Especial e aprovação de dois terços de seus membros.

Com informações da AL.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
terça-feira - 29/04/2014 - 10:24h
Eleições suplementares

De tudo um pouco e muito mais


Daqui até as eleições suplementares de Mossoró, dia 4 de maio, veremos de tudo um pouco e muito mais.

Não é apenas a prefeitura que está em jogo.

Fatos, factoides, notícias, versões, futricas e armações farão parte do arsenal de acontecimentos.

O que aconteceu na campanha e eleições de 2012 e, seus desdobramentos, não foram suficientes para esfriar os ânimos.

Justiça Eleitoral e  Ministério Público Eleitoral vão ter trabalho redobrado.

Ouvido ao chão como bom índio Sioux, Apache, Cherokee, Comanche ou Navajo.

Categoria(s): Opinião da Coluna do Herzog / Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
terça-feira - 29/04/2014 - 10:04h
Eleições suplementares

Francisco José Jr. diz que Sandra Rosado revela “desespero”


Do Portalnoar

O prefeito interino de Mossoró, Francisco Silveira Júnior (PSD), rebateu as declarações da deputada Sandra Rosado, que ontem ao Portalnoar.com, acusou o chefe do Executivo municipal de fazer uso abusivo da máquina da Prefeitura de Mossoró em sua campanha (veja AQUI).

Prefeito se diz tranquilo (Foto: Portalnoar)

“Isso é do tempo dela. É uma atitude de desespero. Desconheço [o uso abusivo da máquina]”, declarou o prefeito interino, que ainda realçou: “A gente tem cumprido as regras eleitorais proibindo que os servidores participassem de ato político durante o trabalho. As pesquisas falam que estamos à frente. Isso não faz parte de minha índole”.

TSE

Silveira Júnior avaliou ainda que sua candidatura não será desestabilizada por causa de acusações vazias. “Por que não mostra provas? Isso é desespero”.

Questionado se mantém expectativas a respeito da definição das candidaturas de Larissa Rosado (PSB) e Cláudia Regina (DEM), que podem ser viabilizadas ainda nesta terça-feira (29) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o prefeito de Mossoró se mostrou tranquilo.

“A população está consciente no que quer. A pesquisa está mostrando isso. A aprovação de nosso governo. A gente não torce por nenhum resultado”, afirmou.

A eleição suplementar de Mossoró ocorre no próximo domingo (4).

 

Categoria(s): Política
terça-feira - 29/04/2014 - 08:40h
Eleições suplementares

Sandra Rosado acusa “Silveira” de uso abusivo da máquina


Do Portalnoar

A deputada federal Sandra Rosado (PSB) acusou o prefeito interino de Mossoró, Silveira Júnior (PSD), que disputa a permanência na cadeira na eleição suplementar no próximo domingo (4), de usar a máquina pública na campanha e pressionar servidores.

Sandra diz que tudo é "visível e abusivo" (Foto: Portalnoar)

“[O uso da máquina é] Visível e abusivo. Os fatos que aconteceram em 2012 estão se repetindo. Servidores estão sendo pressionados, bem como seus familiares. Há uma frase célebre em Mossoró: a rua ou rua. Ou vai trabalhar na campanha [na rua] ou vai para rua [demitido].

Segundo Sandra Rosado, mãe da deputada estadual Larissa Rosado (PSB), que também tenta a disputa, há denúncias dando conta de distribuição de cestas básicas e cadeiras de rodas. “A gente espera que a Justiça haja com rigor. E que não demore. Estamos vendo gestos não recomendados a um gestor público sendo praticados.”

Registro

A parlamentar também afirmou dispor de sondagens eleitorais dando conta de que 35% da população mossoroense aguarda o desfecho sobre as candidaturas de Cláudia Regina (DEM), prefeita cassada, e Larissa Rosado. A primeira foi impedida pelo TRE de fazer campanha; a segunda, tem decisão apenas em primeira instância, prolatada pelo juiz Herval Sampaio, que falou ao portalnoar.com

“Desde a semana retrasada que [o registro de candidatura de Larissa] está indeferido. O processo será julgado daqui para quarta-feira pelo TRE. Ela está desautorizada, mas a lei permite que faça campanha. Tenho que cumprir a lei. Se ela diz que está em campanha normal ela que assuma os riscos”, declarou Herval.

O magistrado registrou ainda os riscos a que Larissa está exposta.  “Se ela continuar a candidatura e não conseguir reverter, ou seja, não conseguir registro de candidatura, ela vai ganhar e não vai levar.”

Procurado em seu telefone pessoal, Silveira Junior não foi localizado para comentar as declarações.  A reportagem tenta até agora contato com seus assessores.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 28/04/2014 - 23:44h

Pensando bem…


“Uma pessoa inteligente resolve um problema, um sábio o previne.”

Albert Einstein

Categoria(s): Pensando bem...
segunda-feira - 28/04/2014 - 18:40h
Eleições suplementares

O tempo que falta depois de teimosia e estupidezes


Só para lembrar a quem se interessar pelo assunto:

Só faltam três dias de propaganda em rádio e TV do pleito mossoroense suplementar e seis para as eleições – marcadas para o dia 4 de maio.

Portanto, corram em decisões cruciais.

Muito tempo foi desperdiçado com teimosia e estupidezes.

Categoria(s): Blog
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 28/04/2014 - 17:36h
Juiz do TRE afirma:

Cláudia Regina “zomba” da lei e tenta nova fraude eleitoral


Por Ciro Marques (Portalnoar)

A ex-prefeita de Mossoró, Cláudia Regina, do DEM, segue numa fase jurídica nada positiva. Na tarde de hoje (28), além de sofrer mais uma derrota na Justiça Eleitoral, a democrata ainda ouviu um posicionamento nada favorável do juiz eleitoral Verlano Medeiros.

Verlano (à esquerda) foi duro em suas palavras (Foto: Ciro Marques)

O magistrado a acusou de tentar zombar da Justiça Eleitoral porque, mesmo estando inelegível, tentou o registro de candidatura.

“Cláudia Regina zomba do entendimento da Justiça Eleitoral por requerer registro mesmo sabendo de sua condição de inelegibilidade”, apontou o juiz Verlano Medeiros, durante o pronunciamento do voto dele, que acompanhou o do relator Nilson Cavalcanti e negou recurso a ex-prefeita, mantendo-a fora do pleito eleitoral suplementar e proibida até de fazer campanha.

Postulação mantida

E não foi só. Cláudia Regina também foi apontada pelo mesmo Verlano Medeiros de tentar uma fraude eleitoral, a qual seria participar da campanha ciente da sua condição de inelegibilidade para, na reta final do pleito, ser substituída por um que tenha o nome “limpo”, “conduzindo os eleitores ao erro”, apontou o magistrado do TRE.

“Fica clara a intenção da ex-prefeita de cometer fraude eleitoral”, acusou Verlano Medeiros.

“Cláudia Regina não tem nenhuma intenção de ser substituída”, defendeu o advogado dela, Olavo Hamilton, logo após as palavras do magistrado.

Além da confirmação da condição de Cláudia Regina, na tarde de hoje, o Plano do TRE também manteve a decisão contra Larissa Rosado, mantendo o registro de candidatura dela como “indeferido”.

Dois dias para ser eleita…

“Nós entendemos, e a candidata entende assim, que dois ou três dias de campanha são suficientes para que ela consiga se expor ao povo mossoroense, colocar seu nome a julgamento e, mais uma vez, ser eleita prefeita de Mossoró”, afirmou Hamilton, ressaltando que a ex-prefeita “tem vantagem” por já ser conhecida pelos eleitores e por ter tido uma gestão bem avaliada na cidade.

Nota do Blog – Lamentável, tudo muito lamentável…

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
segunda-feira - 28/04/2014 - 17:24h
Eleições suplementares

Recurso contra Francisco José Júnior será julgado amanhã


Só deverá ser avaliado amanhã (terça-feira, 29), no horário regimental das 14h, o recurso que questiona o acatamento de pedido de registro de candidatura a prefeito de Mossoró, do prefeito provisório Francisco José Júnior (PSD).

O relator do processo é o juiz Verlano de Medeiros.

No âmbito da 33ª Zona Eleitoral, o juiz titular José Herval Sampaio Júnior acatou a petição da Coligação Liderados por Mossoró, que abriga a postulação de Francisco José Júnior.

Entretanto advogados da prefeita cassada e afastada, que não obteve registro à nova candidatura, Cláudia Regina, entraram com recurso contra a decisão do magistrado.

Hoje, o TRE julgou os recursos relativos à própria Cláudia e Larissa Rosado (PSB), mantendo negativa de registro e decisões acessórias definidas por Herval Júnior (veja AQUI).

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 28/04/2014 - 16:56h
Eleições suplementares

DEM de Mossoró fica fora de pleito após seis disputas


Depois de seis campanhas municipais mossoroenses seguidas, como cabeça de chapa, o DEM (sucedâneo do PFL) estará fora de uma disputa municipal em Mossoró.

Todas as decisões judiciais, nas três instâncias (Mossoró, Tribunal Regional Eleitoral-TRE e Tribunal Superior Eleitoral-TSE), apontam para esse fim.

Retrospecto

Em 1992, o PFL perdeu o pleito com o então vice-prefeito Luiz Pinto;

Em 1996, Rosalba Ciarlini venceu as eleições;

Em 2000, com o advento do instituto da reeleição, Rosalba obteve novo mandato;

Em 2004, Fafá Rosado foi eleita e reeleita em 2008;

Em 2012, a ex-vice-prefeita e então vereadora Cláudia Regina saiu vencedora. Ficou pouco mais de 11 meses no cargo.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 28/04/2014 - 16:19h
Eleições suplementares

TRE nega recurso para registro de Larissa e Cláudia Regina


Do Blog Panorama Político

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande (TRE) negou os recursos impetrados pelas defesas das candidatas Claudia Regina (DEM) e Larissa Rosado (PSB), que tentavam reverter a decisão de primeira instância para que possam disputar o pleito suplementar de Mossoró.

Em ambos os casos, a votação foi a unanimidade pela manutenção da negativa do registro, decisão adotada pelo juiz Herval Sampaio, da 33 Zona Eleitoral.

Saiba mais informações de bastidores em nosso TWITTER clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 28/04/2014 - 16:11h
PSD

Partido oferece curso online de formação política


O Partido Social Democrático (PSD) no Rio Grande do Norte promove o curso online de formação política que terá lançamento nacional nesta terça-feira (29). Através da plataforma da internet, os participantes poderão interagir com o presidente do PSD, Gilberto Kassab, e entender como funcionará o curso coordenado pela Fundação Espaço Democrático.

O curso abordará temas como a democracia; governo; ideologias; partidos e eleições; políticas públicas; cidadania e participação política; opinião pública e avanços na sociedade.

Para fazer a inscrição gratuita, os interessados devem acessar a página do PSD no http://www.psd.org.br/curso-de-formacao-politica-do-espaco-democratico/

As aulas serão oferecidas no site do PSD e poderão ser acompanhadas no site do partido com transmissão de conteúdo com vídeos, animações, infográficos e ambientes virtuais.

Com informações do PSD.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 28/04/2014 - 16:07h
Saúde

Concurso públicos são investigados por Ministério Público


O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) vem investigando um total de 41 representações recebidas quanto a supostas irregularidades ocorridas nos três concursos promovidos em fevereiro pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) no estado, destinados a preencher vagas nas maternidades Ana Bezerra (localizada em Santa Cruz), Januário Cicco (Natal) e no Hospital Universitário Onofre Lopes (também na capital).

Os procuradores regionais dos Direitos do Cidadão titular e substituto, Caroline Maciel e Ronaldo Sérgio Chaves Fernandes, vêm analisando os processos resultantes das representações e deverão se reunir, nesta terça-feira (29), com um representante da EBSERH, para esclarecer diversos pontos com relação aos concursos e ainda buscar sanar os problemas apontados.

Dentre as denúncias feitas ao MPF, estão reclamações quanto a irregularidades na aplicação dos concursos, falhas na fiscalização, nas inscrições, equívocos na distribuição das provas, supostos erros nos conteúdos programáticos, na correção e até possíveis problemas nos editais. Um dos pontos recorrentes nas denúncias diz respeito a irregularidades na pontuação das “provas de títulos”.

Os três concursos realizados pela EBSERH no Rio Grande do Norte foram aplicados pelo Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) e ofereceram um total de 1.971 vagas voltadas às áreas da saúde, administração e serviços, sendo 375 para a Maternidade Ana Bezerra, 1.104 vagas para o Onofre Lopes e 492 destinadas à Januário Cicco.

Todos os três hospitais pertencem à Universidade Federal do Rio Grande do Norte, porém são administrados em parceria com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares desde agosto do ano passado.

Com informações do MPF do RN.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Saúde
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 28/04/2014 - 13:20h
Exemplo

Resposta à altura contra o racismo


O lateral direito Daniel Alves (Barcelona) ridicularizou quem jogou banana no campo de jogo entre seu time e o Villareal (Campeonato Espanhol), comparando-o a macaco, comendo a fruta.

O primata racista ficou se coçando todo na arquibancada.

Daniel participou de dois dos três gols da virada do “Barça” sobre o adversário.

Nota do Blog - A melhor forma de diminuir certos contendores, é os ridicularizando, dando-lhes a dimensão exata do que são.

Não podem ser levados muito a sério.

Saiba mais sobre esse episódio triste clicando AQUI.

Categoria(s): Esporte
segunda-feira - 28/04/2014 - 10:05h
Eleições suplementares

Protesto de seguidores de Cláudia percorre Mossoró


Alguns seguidores da prefeita cassada e afastada de Mossoró, Cláudia Regina (DEM), fizeram carreata-protesto por algumas ruas e avenidas de Mossoró à noite desse domingo (27).

Movimentação, que também utilizou redes sociais, era de queixa por sua exclusão do processo eleitoral.

Também por insatisfação, devido sua não-presença em debate programado àquela noite entre os candidatos, pela TV Cabo Mossoró (TCM).

Cláudia não teve registro de candidatura aceito pela Justiça Eleitoral, nem obteve direito à promoção de “atos de campanha”.

Categoria(s): Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 28/04/2014 - 09:44h
Eleições suplementares

Gutemberg Dias do PCdoB se destaca em debate da TCM


Gutemberg: exposições centradas (Foto: reprodução da TCM)

Um programa morno, quase gélido em alguns momentos. Ninguém se sobressaiu de forma exponencial sobre os demais.

É assim que o Blog Carlos Santos enxerga o debate promovido nesse domingo (27), às 20h, pela TV Cabo Mossoró (TCM).

Mesmo assim, alguém pode ser pinçado como diferenciado nesse ambiente de regras rígidas, com muitos nomes para consumo de tempo (cinco candidatos) e em face da falta de entrevistadores profissionais, que poderiam “esquentar” discussões. Esse “cara” é o geógrafo Gutemberg Dias (PCdoB).

Candidato a prefeito, ele conseguiu imprimir exposições de ideias, argumentos e fluência analítica com melhor clareza do que os outros contendores. Foi professoral e revelou conhecimento sobretudo quanto ao tema desenvolvimento econômico, sem ser sonolento ou abusar de clichês.

Estilingue

Longe de estar entre favoritos à vitória e sem vivência em mandatos públicos, Gutemberg não era alvo. Poderia ser estilingue.

Mas preferiu a moderação nas palavras, com boa presença de gestual e entonação verbal, para “vender” sua imagem. Conseguiu capitalizar, certamente, boas intenções de voto entre indecisos.

Não aceitou ser franco atirador contra o “alvo preferencial”, prefeito provisório e candidato à prefeitura Francisco José Júnior (PSD).

Também não serviu a ninguém que esperava vê-lo acuando Larissa Rosado (PSB), outro nome de proa na contenda eleitoral.

Foi ele mesmo: polido e educado.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 28/04/2014 - 09:10h
Eleições suplementares

Debate tem discussão superficial, mas é válido por iniciativa

Cinco candidatos participam ativamente de programa promovido com bastante sucesso pela TCM-10

O debate realizado à noite desse domingo (27), pela TV Cabo Mossoró (TCM), canal 10, cumpriu com louvor sua missão: foi um fórum de discussão entre os cinco candidatos que concorrem à Prefeitura de Mossoró. O pleito suplementar está marcado para o dia 4 de maio.

Tuca Viegas (à esquerda) e os cinco debatedores: obediência às regras (Foto: Cézar Alves)

A intriga pessoal e as futricas foram freadas em quase sua totalidade por regras rígidas e sua obediência, na condução do âncora Tuca Viegas, jornalista convidado à tarefa. Atuou com sobriedade e segurança.

Ao longo de quase três horas, Raimundo Nonato Sobrinho, o “Cinquentinha” (Psol); Josué Moreira (PSDC); Larissa Rosado (PSB), Francisco José Júnior (PSD) e Gutemberg Dias (PCdoB) discutiram temas de interesse público, com foco em desenvolvimento econômico, saúde, educação, transparência administrativa, infância e adolescência, habitação, segurança e outros temas.

Entretanto tudo foi tratado com muita superficialidade. A maioria dos entrevistadores esteve longe de ser mais contundente nas perguntas e alguns até confundiram debatedores e ouvintes/telespectadores, por falta de clareza nas abordagens.  Geraram “nariz de cera” (jargão jornalístico para se dizer que alguém escreveu com muitos rodeios, sem chegar ao ponto em questão).

Na fase final, com perguntas entre os candidatos, é que houve maior elevação na qualidade do conteúdo das discussões.

Representantes de segmentos da sociedade foram escalados pela emissora, como entrevistadores especiais. Entre eles, o economista e ex-presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) Elviro Rebouças, professor e escritor Wilson Moura, promotor público Fábio de Weimar Thé e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Mossoró (OAB, Aldo Fernandes, padre Carlinhos – representando a Igreja Católica.

Altercação

Em apenas um momento do debate houve ligeira altercação entre dois dos debatedores: Francisco José Júnior (PSD) e Larissa Rosado se desentenderam, quando ela o tratou por “candidato Silveirinha”. Mesmo assim, não elevaram tom de voz.

O prefeito provisório e candidato avisou que responderia a “ilustre deputada”, (…) “uma boa deputada”, mas queria ser tratado “com respeito”, pelo próprio nome, considerando a abordagem uma forma jocosa e diminutiva de interlocução com ele no debate.

Mesmo assim, na tréplica, Larissa insistiu em se dirigir a ele por Silveirinha, soltando leve sorriso. Repetiu pelo menos mais umas três vezes a citação, na mesma intervenção.

Manifestantes

A partir daí, instado a redarguir a candidata, “Silveira” (como o candidato costuma ser tratado) optou pelo contra-ataque. Pediu para que Larissa apresentasse transparência em sua passagem como gestora da Casa de Saúde Dix-sept Rosado (CSDR), “única experiência” como gestora.

Ao final do programa, na parte de “considerações finais”, Larissa teve direito ainda a um anexo de tempo, por questão de ordem, em “direito de resposta”. Foi um minuto a mais no seu tempo.

Representantes da sociedade ficaram no próprio estúdio; atrás, noutra sala com vidraça, convidados e assessorias (Foto: Cézar Alves)

Garantiu que apesar de tentarem “fechar” a CSDR, a entidade está “aí linda e maravilhosa, com salários em dia”, considerando que “tem candidato que não pode falar em honestidade”. E assegurou  que, “eu sim, tenho as mãos limpas”.

Ao final do debate, no entorno da TV Cabo Mossoró, ainda ocorreram situações estressantes. Manifestantes dos candidatos Francisco José Júnior (PSD) e Larissa Rosado (PSB), separados por barreiros policiais em mais de 200 metros, na mesma avenida em que se situa a empresa, soltavam palavras de ordem e provocações aos adversários.

A polícia interveio, cobrando ordem e respeito, além de evitar qualquer invasão do espaço destinado à circulação externa dos participantes do debate.

Houve a dispersão dos manifestantes sem maiores atropelos, com acompanhamento da polícia e presença de representantes da Justiça Eleitoral, evitando realização de passeata-carreata, com foi engendrado, até com uso – reprimido – de fogos de artifício.

Veja a seguir outras matérias sobre esse assunto.

* O debate foi ainda retransmitido pela TV Metropolitano (Parnamirim) e FM 95 de Mossoró.

Categoria(s): Comunicação / Política
  • Banner 8 - Raf Propaganda - 22 a 25 de 02-2020 - Governo do RN - 65% mais gente na Saúde
segunda-feira - 28/04/2014 - 08:24h
Eleições suplementares

Juiz e promotor aprovam debate e elogiam obediência a regras


“Muito bom”. Essa a dimensão superlativa dada pelo juiz titular da 33ª Zona Eleitoral, José Herval Sampaio Júnior, ao debate promovido pela TV Cabo Mossoró (TCM), à noite desse domingo (27), ao vivo, com os cinco candidatos a prefeito de Mossoró.

Ouvido  pela mesma emissora, logo após o embate entre os candidatos, Herval disse que considerava o debate como de alto nível, com rígida obediência às regras e que se constituíra “num espaço democrático”.

Lembrou que o papel da Justiça Eleitoral era trabalhar para que haja “respeito à Constituição”.

Ministério Público

Em sua ótica, o debate deu tratamento equitativo aos candidatos e é uma fórmula de apresentar os candidatos à sociedade, para que  ”a população possa escolher quem tem melhores condições de governar, melhorando os serviços públicos”.

O promotor eleitoral, Fábio de Weimar Thé, reiterou as palavras do magistrado. Em seu entendimento, o debate foi de indiscutível qualidade, “respeitou as regras acordadas” e ofereceu meios para que o povo pudesse conhecer melhor candidatos e propostas.

Fábio participou diretamente do programa, como um dos entrevistadores. Fez intervenções sobretudo quanto à necessidade de transparência no serviço público, atendimento à infância e adolescência.

Já Herval Júnior ficou no espaço reservado a convidados especiais e assessorias, sala com visão plena do estúdio onde era desenvolvido o debate, separada dessa por uma vidraça.

Acompanhe no Blog mais matérias sobre esse evento em outras postagens.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
segunda-feira - 28/04/2014 - 08:09h
Eleições suplementares

TCM apresenta reprise de debate à noite desta segunda-feira


O debate promovido pela TV Cabo Mossoró (TCM), com retransmissão pela TV Metropolitano (Parnamirim) e FM 95 (Mossoró), será reprisado hoje (segunda-feira, 28), às 20h30.

O programa aconteceu à noite desse domingo (27), ao vivo, às 20h e teve mais de três horas de duração.

A iniciativa faz parte do “Vota Mossoró”, conjunto de ações jornalísticas da emissora, dentro do processo eleitoral das eleições suplementares de Mossoró, definidas para o dia 4 de maio.

A direção da TCM estabeleceu a reprise para esse horário especial noturno, mas já hoje pela manhã botou no ar a primeira reprise.

Veja pela Net clicando AQUI no horário especificado.

Categoria(s): Comunicação / Política
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
segunda-feira - 28/04/2014 - 06:43h
Mossoró

Para advogado, eleição suplementar poderá ser suspensa


Caro Carlos, bom dia.

Essa declaração – Agripino garante que Cláudia Regina não desiste da disputa (veja AQUI) – sugere, na minha humilde opinião, que teremos nova suspensão do pleito eleitoral suplementar para eleição do cargo de Prefeito de Mossoró, a exemplo do que ocorreu nos últimos dias do ano passado, por decisão liminar em processo cautelar ajuizado pela defesa da Prefeita afastada Cláudia Regina, da lavra do Ministro Marco Aurélio, Presidente do TSE.

Não podemos esquecer que, até a presente data, o TSE não julgou o mérito dos processos da Prefeita afastada Cláudia Regina, ou seja, a situação jurídica é idêntica do ponto de vista técnico.

A próxima sessão do pleno do TSE será no dia 29 e não existem processos de Mossoró pautados.

Tecnicamente não será tarefa difícil para os advogados de Cláudia Regina conseguirem essa suspensão, através de nova ação cautelar.

Lembre que não existe processo de cassação da Prefeita afastada sob efeito de trânsito em julgado, o que gera insegurança jurídica à realização da eleição de 4 de maio.

É como penso.

Júlio César Soares – Webleitor e advogado

 

Categoria(s): E-mail do Webleitor / Política
domingo - 27/04/2014 - 23:12h

Pensando bem…


“Perante um obstáculo, a linha mais curta entre dois pontos pode ser a curva.”

Bertolt Brecht

Categoria(s): Pensando bem...
  • Lion Brazil - Banner Rodapé - 20-02-2020
domingo - 27/04/2014 - 20:23h
Eleições suplementares

Acompanhe debate na TCM em nosso Twitter


Acompanhe o debate entre os candidatos a prefeito de Mossoró através do nosso Twitter.

Estamos de “corpo presente” na TV Cabo Mossoró.

Acompanhe-nos AQUI.

Categoria(s): Política
domingo - 27/04/2014 - 18:57h
Eleições suplementares

Agripino garante que Cláudia Regina não desiste de disputa


Do Blog Panorama Político

Presidente nacional e estadual do Democratas, o senador José Agripino Maia afirmou que a candidata Claudia Regina (DEM) não desistirá de concorrer ao pleito suplementar mossoroense.

“Ela vai recorrer a todas as instâncias”, disse o líder nacional, ressaltando que o DEM já contratou o advogado Gustavo Severo, de Brasília, para reforçar a equipe jurídica da candidata. José Agripino Maia afirmou que está mantendo conversas constantes com Claudia Regina e mantém a determinação de estar na disputa.

“Vamos recorrer em todas as instâncias que a lei permitir. Ela não vai desistir e nem retirar o nome”, comentou.

 

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.