quinta-feira - 02/07/2015 - 13:20h
Mossoró

Governo faz contraproposta e grevistas vão tomar posição


Os servidores municipais em greve, em Mossoró, terão assembleia geral às 8h dessa sexta-feira (3) em frente à sua sede. Vão avaliar contraproposta do Governo Francisco José Júnior (PSD) para reajuste salarial.

Reunião aconteceu após acampamento pelo segundo dia consecutivo (Foto: Twitter)

À manhã de hoje, representantes do Sindicato dos Servidores (SINDISERPUM) e do Governo estiveram reunidos no Salão do Grandes Atos do Palácio da Resistência, sede da Prefeitura. A reunião terminou há pouco mais de meia-hora.

Os secretários Josivan Barbosa (Planejamento), Glaudionora Silveira (Gabinete), Sirleyde Dias (Administração) e Fábio Lúcio Rodrigues (Controladoria-Geral) apresentaram contraproposta de 6,41% em seis parcelas, a começar de julho, contra os 13% cobrados pelos grevistas. Isso, retroativo a maio.

Sobre insalubridade, que deveria estar sendo paga desde maio, só em setembro a Prefeitura terá posição sobre pagamento.

Passeata e acampamento

“Acho difícil que servidores aceitem”, admitiu o vereador Genivan Vale (PROS) , que participou da reunião representando a Câmara Municipal. Presidente e vice do Sindiserpum, respectivamente Marleide Cunha e Gilberto Diógenes,também sairam contrariados da reunião, mas deixarão a soberana assembleia tomar posição.

Ontem e hoje, o Sindiserpum fez passeata por ruas do centro da cidade e acampamento em frente ao Palácio da Resistência.

Por volta das 10h, foram recebidos pelos secretários.

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 30/06/2015 - 11:08h
Uern

Grevistas terão audiência pública em Pau dos Ferros


O comando de greve da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) participa amanhã, a partir das 10h, de uma audiência pública na Câmara Municipal de Pau dos Ferros. Na ocasião, será discutida a paralisação dos servidores, que já chega há 37 dias.

O objetivo da atividade é ampliar o debate com os parlamentares e a sociedade acerca das necessidades da instituição e de sua importância para o RN.

Antes da audiência, os grevistas se reúnem em frente à Casa de Cultura de Pau dos Ferros para um grande ato público em defesa da universidade, que contará com a participação de diversas representações sindicais e da sociedade civil organizada.

A mobilização visa chamar a atenção de populares para pauta de reivindicação das categorias e o descaso com a instituição de ensino.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 25/06/2015 - 18:57h
Greve

Paulo Lopo propõe que Uern judicialize relação com Governo


Durante a audiência pública hoje à tarde na Câmara Municipal de Mossoró sobre greve na Universidade do Estado do RN (UERN), o advogado Paulo Lopo Saraiva, professor Honoris Causa da instituição, propôs ajuizamento de ação contra o Estado. Segundo ele, três pontos devem ser levantados:

- Discutir os descumprimentos do orçamento

- Discutir os parâmetros da igualdade constitucional e,

- Discutir o problema da transparência do cálculo e da metodologia do teto.

“O servidor da Uern precisa e exige que haja transparência. Nosso questionamento é a respeito dessa falta de igualdade”, proclamou.

“O Estado precisa nos apresentar esses cálculos. Porque o Governador, o Juiz, e tantos outros têm seus reajustes salariais e os servidores da Universidade do Estado, não”, questionou Paulo Lopo Saraiva.

Categoria(s): Administração Pública / Política
quarta-feira - 24/06/2015 - 16:44h
Saúde

Grevistas da Grande Natal farão movimento em Mossoró


Nesta quinta-feira (25), os servidores da Ssaúde do Estado – baseados na Grande Natal – sairão às 05h da manhã em caravana a Mossoró, para fortalecer a greve e a luta da categoria. Os servidores realizarão um ato público, às 10h, em frente ao hospital regional Tarcísio Maia. Às 13h, a categoria se juntará aos professores e técnicos-administrativos  da Universidade do Estado do RN (UERN), que estão em greve há 30 dias.

Após a concentração no Arte da Terra, eles farão uma caminhada e um ato público na Câmara Municipal.

Os servidores completam a segunda semana de greve nesta quinta-feira.

Eles reivindicam reajuste salarial, concurso público para reduzir a sobrecarga de trabalho e garantia de condições de trabalho, entre outros itens. Duas reuniões de negociação foram realizadas, no dia 12 e no dia 17, com a presença da secretária-chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes, e dos secretários de Planejamento e da Saúde.

O governo acenou com a  implantação da promoção de nível dos servidores, atrasada desde 2013, e com outros pontos da pauta, mas afirmou não ter condições de implantar reajustes salariais ou melhorias nos Planos de Cargos do funcionalismo.

Com informações do Sindsaúde.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
quarta-feira - 24/06/2015 - 14:28h
Uern

Câmara promoverá audiência pública sobre greve


Uma audiência pública, de proposição do vereador Professor Francisco Carlos (PV) discutirá amanhã, a partir das 15h, a greve dos servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern). No espaço, a comunidade acadêmica vai debater com os parlamentares acerca das necessidades da instituição e de sua importância para o RN.

Antes da audiência, os grevistas realizam uma caminhada até a CMM, partindo do espaço ‘Arte da Terra’. Um ato público em frente à CMM, que contará com a participação de diversas representações sindicais e da sociedade civil organizada, será realizado às 14h e deve reunir centenas de pessoas.

O Presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Valdomiro Morais ressaltou a importância da atividade.

Para ele, é fundamental que se repita em Mossoró, o sucesso da audiência Pública realizada no dia 16 de Junho, em Natal, quando os grevistas se reuniram em grande número e ocuparam as galerias da Assembleia Legislativa (AL/RN).

Categoria(s): Educação / Gerais
terça-feira - 23/06/2015 - 14:22h
UERN

Procurador diz que “não há saída” para greve com LRF


“Nesse cenário, não há saída”. Esse o ponto de vista do procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis, à luz da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), sobre o que é pleiteado por técnicos e professores da Universidade do Estado do RN (UERN).

Rinaldo: a lei (Foto: Blog Carlos Santos)

Ele presidiu reunião hoje pela manhã em seu gabinete (veja postagens mais abaixo), envolvendo representantes dos grevistas da universidade, reitor Pedro Fernandes Neto, deputado estadual Fernando Mineiro (PT), senadora Fatima Bezerra (PT) e Tatiana Mendes Cunha – secretária-chefe do Gabinete do Estado.

Também participou o promotor Afonso Ligório.

O impasse foi mantido. O Governo tem boa vontade, diz estar aberto ao diálogo, propõe-se a resolver a questão, mas não tem meios para dar o reajuste salarial de 12,035% – conforme acordo que deriva do final da administração Rosalba Ciarlini, em 2014.

Rinaldo foi claro. Não tergiversou, apesar de ter levantado uma alternativa d características draconianas.

Auxílio

Ele levantou a hipótese de que o Governo atenda ao compromisso utilizando o artifício da suplementação salarial, como “auxílio-alimentação”. Não agradou aos representantes de técnicos e professores.

Os aposentados/pensionistas seriam instantâneamente prejudicados. Não podem auferir esses benefícios pecuniários. Os servidores ativos ficariam sem tê-los lançados para efeitos previdenciários/de aposentadoria.

“Espero que eles (os grevistas) consigam esse ganho. Acho justo”, disse Rinaldo Reis. “Mas o governador Robinson Faria (PSD) não pode desobedecer à LRF. O Estado está acima do limite de 49% de gastos com pessoal”, alertou.

Em nota oficial publicada há poucos dias, o Governo disse que “o Estado enfrenta hoje sérias dificuldades financeiras, resultantes não somente da herança de um déficit de caixa superior aos R$ 800 milhões, mas da frustração de receitas que se aproxima dos R$ 100 milhões, comparando-se ao que foi orçado”.

As contas não batem.

Categoria(s): Administração Pública / Educação / Justiça/Direito/Ministério Público / Política
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
terça-feira - 23/06/2015 - 11:52h
"Tá difícil"

Greve continua na Uern; reunião decepciona


Tá difícil. Não tem contraproposta”, disse o presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Valdomiro Morais.

Essa declaração foi dada pelo sindicalista ao Blog, há pouco mais de meia hora, à saída de reunião na sede da Procuradoria-geral de Justiça, em Natal.

“Vamos radicalizar “, disse Rita Vidal, representante dos técnicos da Uern, profundamente irritada. “Vamos acampar na Governadoria”, emendou.

Greve continua.

Blog ouviu ainda procurador-geral de Justiça, Rinaldo Reis.

A senadora Fátima Bezerra (PT), reitor Pedro Fernandes Neto, e a secretária-chefe do Gabinete do Estado, Tatiana Mendes, também foram abordados por está página.

Aguarde detalhes e siga nosso Twitter:

(www.twitter.com/bcarlossantos).

Categoria(s): Administração Pública
terça-feira - 23/06/2015 - 02:03h
Hoje

Paralisação na Uern pode ter desfecho positivo


Representantes dos segmentos grevistas da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), Reitoria e Governo do Estado estão perto de um entendimento. Essa é a expectativa que irradiaram à noite dessa segunda-feira (22), após audiência em Natal.

Um bom desfecho para essa crise pode acontecer na manhã dessa terça-feira (23), na sede do Ministério Público do RN (MPRN). Às 9h deverá ocorrer outra rodada de negociação.

O governador Robinson Faria (PSD), senadora Fátima Bezerra (PT), deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e o reitor Pedro Fernandes Neto manifestaram essa confiança ao final da audiência à noite passada, na Governadoria.

De acordo com o presidente da Associação dos Docentes da Uern (ADUERN), Valdomiro Morais, a audiência foi muito positiva:

- A reunião foi positiva e pela primeira vez sentimos que as discussões avançaram. Nossa expectativa permanece sendo de que venha uma proposta que contemple a pauta de reivindicações das categorias em greve.

Categoria(s): Administração Pública / Educação
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 22/06/2015 - 10:54h
Uern

Grevistas se reúnem hoje com senadora e governador


O Comando de Greve da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) se reúne na tarde de hoje (segunda-feira, 22) com o Governador Robinson Faria (PSD) e com a Senadora Fátima Bezerra (PT).

A expectativa de docentes, técnicos e estudantes é que seja apresentada uma proposta concreta que possa encerrar a paralisação na instituição, que já chega a 29 dias.

A primeira audiência será com a Senadora, no início da tarde. A parlamentar convocou o comando para o encontro, com o objetivo de se colocar a disposição para mediar o impasse entre os servidores da universidade e o Governo.

A partir das 16h, o Governador do Estado, Robinson Faria, recebe a comitiva da Uern. O chefe do executivo estadual convidou os docentes e técnicos para o encontro, buscando discutir o movimento docente e buscar uma solução para a greve.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
sexta-feira - 19/06/2015 - 22:18h
Mossoró

Câmara também discutirá situação da Uern


Há quase um mês em greve, servidores da Universidade do Estado do RN (UERN) terão outra oportunidade para exposição de motivos e discussão sobre essa postura. Será em Mossoró.

Câmara Municipal de Mossoró (CMM) realizará na próxima quinta-feira, 25, às 15h, uma udiência pública.

A proposição foi do vereador Francisco Carlos (PV), docente da instituição.

Terça-feira (16), a audiência pública aconteceu na Assembleia Legislativa.

Categoria(s): Administração Pública / Educação / Política
  • Repet
segunda-feira - 15/06/2015 - 22:36h
Uern

Comunidade acadêmica participará de audiência pública


Docentes, técnico-administrativos e estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) participam amanhã de uma audiência pública na Assembleia Legislativa do RN (AL/RN). Evento começará às 14h30.

A sessão na AL será transmitida para todo o estado ao vivo pela TV Assembleia. Em Mossoró, o evento pode ser acompanhado pelo canal 19 da TV Cabo Mossoró (TCM). Em Natal, a audiência pode ser vista no canal 50 da teve aberta, em Pau dos Ferros pelo canal 39 e em Caicó no canal 33.

A audiência pública discutirá a situação da instituição e alternativas para finalizar a greve, que hoje completa 22 dias. Na oportunidade, uma grande mobilização será realizada em frente à AL, com objetivo de chamar a atenção dos natalenses para a paralisação na universidade estadual.

A audiência foi proposta pelo Deputado Estadual George Soares (PR).

Categoria(s): Administração Pública / Educação
quinta-feira - 11/06/2015 - 22:55h
Audiência pública

Assembleia Legislativa discutirá situação da Uern


A Assembleia Legislativa (AL/RN) tem audiência pública marcada para a próxima terça-feira (16).

Ela abordará a atual situação da Universidade do Es tado do RN (UERN).

Apresentará a situação da universidade estadual e pensará saídas para a paralisação, em evento marcado para as 14h.

A proposição foi do deputado George Soares (PR).

Os docentes definiram que na oportunidade realizarão um ato público, a partir das 11h, em frente à AL, expondo para a população a pauta de reivindicação dos grevistas.

 

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quinta-feira - 11/06/2015 - 22:48h
Mais forte

Greve na Uern é mantida por falta de contraproposta


Reunidos em assembleia extraordinária hoje, docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) debateram acerca da proposta feita pelo Governo do Estado na última segunda-feira (8), em audiência em Natal.  Por ampla maioria, os docentes deliberaram pela rejeição da proposição e continuidade da greve geral.

O Governador Robinson Faria (PSB) defendeu na audiência que fossem formadas quatro comissões conjuntas com segmentos da universidade e do Governo, a fim de discutir saídas para a paralisação.

Na visão dos grevistas, a sugestão é insatisfatória e não toca na pauta de reivindicações das categorias.

Na prática, não houve contraproposta do Governo.

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
segunda-feira - 08/06/2015 - 14:18h
Hoje

Grevistas da Uern participam de reunião com governador


O Comando de Greve da Universidade do Estado do RN (UERN) participa de uma audiência hoje, às 18h30, com o Governador do Estado, Robinson Faria (PSD). A pauta da reunião não foi divulgada pelo poder público, mas a expectativa dos docentes é que seja apresentada uma proposta que possa encerrar a paralisação dos servidores.

O encontro com o governador acontece após a visita que as categorias fizeram à Assembleia Legislativa do RN (AL/RN) à semana passada. Ouviram pronunciamento em defesa da instituição feito pelo deputado Manoel Cunha Neto (PHS), o “Souza”, com intervenções importantes de Getúlio Rego (DEM), Carlos Augusto Maia (PTdoB) e Fernando Mineiro (PT).

Nove pontos

Reuniram-se com parlamentares e desse encontro saiu nova reunião com o Governo do Estado, numa mediação tida como fundamental para fim do impasse.

Os docentes da Uern aguardam pelo cumprimento de nove pontos, elencados na pauta de reivindicações da categoria.

Dentre eles destacam-se a imediata realização de concurso público, melhorias estruturais nos campi e a implementação do Plano de Cargos e Salários (PCS), o que deve ser realizado com um realinhamento salarial de 57,53%, em  primeira parcela de 12.035% a ser paga em 2015.

Categoria(s): Administração Pública
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
sexta-feira - 05/06/2015 - 09:14h
Mossoró

Grevistas da Ufersa farão protesto no “Pingo da Mei Dia”


Professores e Técnico-administrativos da Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA) realizam amanhã, a partir das 11h30, uma manifestação no “Pingo da Mei Dia”, tradicional evento que abre os festejos juninos em Mossoró.

De acordo com os servidores, que estão em greve desde o dia 28 de maio, o objetivo da mobilização é divulgar o conjunto de pautas das categorias e ampliar o debate com a sociedade acerca da valorização do ensino público.

“Vamos aproveitar o evento para denunciar à sociedade os profundos ataques que o ensino superior federal vem sofrendo, através do cortes de recursos e de um crescente processo de terceirização, que precariza as condições de trabalho dos docentes e técnicos, influenciando diretamente e negativamente no ‘fazer acadêmico’”, comentou o presidente da Associação dos Docentes da Ufersa (Adufersa), Joaquim Pinheiro.

Categoria(s): Gerais
quarta-feira - 03/06/2015 - 23:34h
Impasse

Governo e Itep tentam chegar ao entendimento


O governo do RN vai emitir, em um prazo de 20 dias, um parecer acerca do Estatuto do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP), elaborado pela Consultoria Geral do Estado em 2013. A medida faz parte de um acordo selado no início da noite desta quarta-feira, 3, com representantes dos Sindicato da Polícia Civil (Sinpol), em reunião realizada no Gabinete Civil.

O governador Robinson Faria referendou os termos acertados no encontro que foi conduzido pela Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, acompanhada do deputado estadual e líder do Governo na Assembleia Legislativa, Fernando Mineiro. “Nós desejamos que esta questão seja equacionada o quanto antes. Estamos trabalhando muito para isso”, assinalou o líder do Executivo.

Tatiana Mendes explicou que o parecer deve apontar as disposições do estatuto que não podem ser atendidas por razões legais.

“Ficou acertado ainda que no próximo 22 de junho, o Sinpol volta a se reunir com o Gabinete Civil para avaliar o andamento dos trabalhos”, acrescentou. O prazo de 20 dias para a emissão do parecer começa a contar da próxima segunda-feira, 8.

Categoria(s): Segurança Pública/Polícia
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
quarta-feira - 03/06/2015 - 17:33h
Segunda-feira

Governador receberá segmentos da Uern para por fim à greve


Após dez dias de paralisação geral dos servidores da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), o Governador Robinson Faria (PSD) convocou todos os segmentos da instituição de ensino para uma audiência, que será realizada na próxima segunda-feira (08) às 18h30.

Nos últimos dias, o comando de greve da Uern realizou uma agenda de ampla articulação, incluindo visita à Assembleia Legislativa do RN (AL/RN), o que garantiu o apoio de diversos parlamentares, que se comprometeram em mediar o impasse entre o Governo e os servidores da universidade.

Categoria(s): Administração Pública
segunda-feira - 01/06/2015 - 22:41h
Mossoró

Servidores e Prefeitura não se entendem


Servidores da Saúde em greve, sindicato dos trabalhadores municipais mobilizando categorias.

É assim o clima em Mossoró na relação entre prefeito Francisco José Júnior (PSD) e funcionalismo.

A distância entre as partes é grande.

Prefeitura ofertando 4,4% de reajuste salarial e o sindicato ato cobrando 13%.

Um fosso abissal.

Categoria(s): Administração Pública / Saúde
  • Lion, Moda Masculina, de João Paulo Araújo - 11-08-15
segunda-feira - 01/06/2015 - 21:32h
Greve

Senadora quer mediar crise entre Uern e Governo


A senadora Fátima Bezerra (PT) recebeu nesta segunda-feira (1º) o reitor da Universidade do Estado do RN (Uern), Pedro Fernandes; e a pró-reitora de Planejamento, Orçamento e Finanças, Fátima Raquel, para tratar sobre o movimento grevista deflagrado há uma semana pelos professores da instituição.

A parlamentar se colocou à disposição para mediar o diálogo entre Governo e docentes, na perspectiva de por um fim à paralisação.

Os professores da Uern reivindicam a implantação de acordo remuneratório firmado em 2014, que teve como base o Plano de Cargos e Salários (PCS) da categoria. O reitor Pedro Fernandes disse à senadora que os ajustes financeiros formatados na Uern permitem que o acordo seja cumprido sem necessidade de suplementação, ou seja, sem que o Governo necessite repassar recursos além dos previstos no orçamento de 2015.

A senadora Fátima Bezerra afirmou que a sensibilidade do governador Robinson Faria e a disposição que tem demonstrado para o diálogo com as categorias do funcionalismo público vão ajudar na solução do impasse.

Categoria(s): Administração Pública
sexta-feira - 29/05/2015 - 08:08h
Hoje

Professores da Uern fazem movimentação de greve


A Associação dos Docentes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (AADUERN) promove hoje em sua sede, a partir das 9h, o debate “Por Financiamento Público das Universidades Estaduais e Municipais”. Contará com a participação do professor da Universidade do Estado do Ceará (Uece), Epitácio Macário Moura, que é 2º Vice-Presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes).

No período da tarde, o comando de greve dos docentes da UERN participa do ato unificado na Praça do Pax, em Mossoró, a partir das 15h. O evento foi convocado pelas principais centrais sindicais do país, e tem como mote a organização dos trabalhadores e trabalhadoras contra as Medidas Provisórias (MP) 664 e 665 e o Projeto de Lei (PL) 4330.

Ato

Os professores da Uern participaram na manhã de hoje de um ato unificado com os servidores da Universidade Federal Rural do Semi-árido (Ufersa), e se solidarizam com os docentes e técnicos da instituição, que também deflagraram greve.

Os docentes da UERN cobram o cumprimento do acordo realizado com o Governo do Estado, e descumprido no início do mês, que prevê um realinhamento salarial de 12.035%, fundamental para a implementação de do Plano de Cargos e Salários (PCS) da categoria, além da definição de prazos para melhorias estruturais para a universidade.

Categoria(s): Administração Pública
  • Repet
quinta-feira - 28/05/2015 - 07:38h
Em Mossoró

Vice-prefeito apoia paralisação de servidores municipais


O vice-prefeito de Mossoró, professor Luiz Carlos Martins (PT), é claro: está do lado dos servidores municipais grevistas.

Luiz: coerência, apesar do cargo (Foto: Web)

Em nota oficial que divulga à imprensa, através de sua assessoria, relata relação histórica com movimentos sindicais, diligências pessoais para intermediar entendimento dos servidores com o prefeito Francisco José Júnior (PSD) e o porquê de sua posição. É uma questão de coerência, apesar de isso conflitar com o próprio governante.

Veja abaixo, a nota do vice-prefeito:

Tendo em vista a deliberação da recente assembleia   do Sindicato  dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), que decidiu pela Greve Geral dos Servidores Municipais, a partir de segunda-feira, 01 de junho de 2015, como Vice-prefeito, ex-vereador e ex-sindicalista, esclarecemos:

1) Na nossa trajetória na vida pública, tanto no movimento sindical, como na luta político-partidária, quer fôssemos Governo ou Oposição, sempre reconhecemos a legitimidade e a justeza do direito de greve dos/as trabalhadores/as do setor público e privado deste País nas reivindicações de seus direitos;
2) Realizamos no dia 6 de maio do corrente ano, uma reunião com a Direção do Sindiserpum nos colocando à disposição para colaborar no diálogo com a Gestão;
3) Protocolamos junto ao Gabinete do Excelentíssimo Senhor Prefeito, no dia 12 de maio, Memorando reiterando a pauta de reivindicação do SINDICATO, a saber:

A) Cumprimento do acordo realizado por ocasião da greve dos servidores/as da saúde em 2014;

B) Recomposição das perdas e aumento real de salário retroativo a março;

C) Pagamento de insalubridade com base no vencimento base do servidor;

D) Pagamento do 14º salário para a educação;

E) Reestruturação dos Planos de Cargos, Carreira e Salários;

F) Fim das cobranças de pagamento de atestado médico pelas Direções das escolas;

G) Situação precária das instalações de UEIs (funcionando em residências inadequadas);

H) Instituição de comissão permanente com autonomia para o processo de negociação.

4) Sugerimos ao Governo Municipal iniciar um amplo processo de debates, envolvendo a sociedade civil culminando com a participação popular na definição das prioridades de políticas públicas materializando-se na construção do Orçamento Participativo, Democrático e Transparente;

5) Por fim,  colocamo-nos à disposição  da Chefia do Executivo Municipal e da Direção Sindical dos Servidores, no sentido de nos somarmos ao processo de negociação com vistas à superar o presente impasse entre Prefeitura e Sindiserpum, para que a população não deixe de usufruir dos serviços públicos.

Luiz Carlos de Mendonça Martins – Vice-Prefeito

Categoria(s): Política
quinta-feira - 28/05/2015 - 07:22h
Decisão

Uern acata sugestão de grevistas e suspende calendário


Em reunião realizada na tarde desa quarta-feira (27),  na sede da Associação dos Docentes da Uern (Aduern), o Reitor da Universidade do Estado do RN (UERN), Pedro Fernandes dialogou com os representantes do comando de greve docente acerca do calendário universitário.

Pedro acatou a proposta feita pela diretoria da Associação dos Docentes (ADUERN). Suspenderá todas as atividades previstas no calendário universitário da Uern, através de um documento ad referendum.

O comando de greve comemorou a decisão, que respeita a paralisação dos docentes e técnico-administrativos da universidade que teve início na segunda-feira (25).

Técnicos da instituição também pararam atividades.

 

Categoria(s): Administração Pública / Gerais
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.