terça-feira - 11/09/2018 - 09:32h
Hoje

Haddad será anunciado, finalmente, como candidato


Fernando Haddad (PT) se reúne com Lula na Polícia Federal em Curitiba.

Fernando Haddad tem conversa com Lula à manhã desta terça-feira em Curitiba (Foto: Folha)

O anúncio oficial de sua candidatura à Presidência da República está previsto para 14h30, em frente à sede da PF na capital paranaense.

A informação é da Folha de São Paulo, repórter Marina Dias.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 11/09/2018 - 07:40h
Governo do RN

Programa começa série de entrevistas com candidatos


Falta apenas Carlos Eduardo confirmar data (Arte: TCM)

Dentro da programação especial do programa Cenário Político da TV Cabo Mossoró (TCM) para as Eleições 2018, esta semana tem início a rodada de entrevistas com os candidatos ao Governo do Estado. A partir desta terça-feira, 11, o programa receberá os convidados.

Durante três blocos, os candidatos vão ser questionados pelos apresentadores Carol Ribeiro e Vonúvio Praxedes sobre temas que envolvem planos de governo, política eleitoral e partidária. Todos terão disponíveis até dois minutos para cada resposta.

Acompanhe a ordem das entrevistas:

11/09 – Freitas Jr (REDE)

12/09 – Breno Queiroga (SD)

13/09 – Bispo Heró (PRTB)

14/09 – Fátima Bezerra (PT)

19/09 – Dario Barbosa (PSTU)

20/09 – Robinson Faria (PSD)

21/09 – Carlos Alberto (PSOL)

O candidato Carlos Eduardo Alves (PDT) não reservou data para entrevista.

O Cenário Político vai ao ar de segunda a sexta-feira, às 18h40, no Canal 10 da TV Cabo Mossoró. Pode ser visto também pelo tcm10.com.br e pelos aplicativos TCM 10 Play e TCM Play.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 10/09/2018 - 17:18h
Pesquisa FM 98/Blog do BG/Consult

Carlos passa Fátima em Natal; Mossoró vê luta local por 2º lugar

Porém a candidata petista da 'Coligação Do Lado Certo' vence com folga nas demais regiões do estado

A candidata ao Governo do RN pela Coligação Do Lado Certo, senadora Fátima Bezerra (PT), venceria as eleições nesse momento em quase todas as regiões do estado. Só perde em Natal, mas leva a melhor em Mossoró e demais colégios eleitorais potiguares.

É o que aponta a recente pesquisa da FM 98.9 do Natal e Blog do BG, com trabalho encomendado ao Instituto Consult. Os números apresentados nesta segunda-feira (10) revelam esse cenário, que é muito parecido com o da sondagem anterior, do dia 27 de agosto.

Veja o boxe abaixo da pesquisa divulgada nesta segunda-feira:

Em relação à pesquisa anterior, uma das novidades é o acirramento pelo “segundo lugar” em Mossoró, entre as campanhas de Carlos Eduardo Alves (PDT) e Robinson Faria (PSD), que possuem nomes locais como candidatos a vice, respectivamente Kadu Ciarlini (PP) e Tião Couto (PR).

Na pesquisa do dia 27 de agosto, em Mossoró, a chapa Carlos Eduardo-Kadu Ciarlini tinha 11,7%, contra 7,5% de Robinson Faria-Tião Couto. Agora se verifica literalmente um empate: 10,8% contra 10%. A primeira colocação está mantida com Fátima à frente, com 21,7%. Anteriormente tinha 23,3%.

Carlos assume dianteira em Natal

Em Natal, havia vantagem numérica de Fátima sobre Carlos Eduardo Alves, com 24,7% contra 22,9%. Mas ele conseguiu superá-la bem de uma pesquisa para outra, atingindo 30,1% contra 23,4% dela.

Na capital, Robinson Faria segue com performance sofrível, empalmando 9,9%. Detinha 7,5% na passada.

A pesquisa foi realizada entre os dias 4 e 7 de setembro em todas as 12 regiões do Estado. Foram feitas 1.700 entrevistas, com margem de erro de 2,3% e índice de confiabilidade de 95%.

O levantamento foi registrado no TSE sob o protocolo RN-08648/2018.

Leia tambémNúmeros mostram crescimento ‘numérico’ de candidatos;

Leia também: Styvenson segue firme ao Senado; Zenaide cola em Garibaldi;

Leia tambémRobinson, Rosalba e Álvaro Dias têm governos desaprovados.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
segunda-feira - 10/09/2018 - 16:30h
Deputado estadual

Ex-prefeita e vereador vão dar apoio a Jorge do Rosário


O vereador Petras Vinícius (DEM) e a ex-prefeita de Mossoró Cláudia Regina (DEM) anunciam agora à tarde apoio ao empresário e ex-candidato a vice-prefeito Jorge do Rosário (PR).

Ele é candidato a deputado estadual na Coligação Trabalho e Superação.

Os dois já estiveram apoiando Jorge do Rosário em 2016, na chapa que ele compôs ao lado do empresário Tião Couto (PR), à Prefeitura de Mossoró.

Tião agora é candidato a vice-governador na chapa de Robinson Faria (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 10/09/2018 - 08:18h
Eleições 2018

Notícia da cadeia


Por François Silvestre

Ontem, a notícia foi do hospital. Hoje, é da cadeia. Triste e maluca eleição.

Lula pede para adiar a decisão de indicar o candidato substituto. Uma demonstração de que qualquer substituto já começa desqualificado.

É assim que se comporta o técnico ao adiar a substituição do jogador, por não confiar plenamente na sua opção do banco. Mas o jogo continua e o tempo tem prazo certo.

Quanto mais demora, mas o substituto será menos útil. Enquanto essa estratégia incompreensível da cadeia vai se configurando, a situação do hospital vai se consolidando.

Lula é o melhor cabo eleitoral de Bolsonaro.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Opinião
sexta-feira - 07/09/2018 - 17:52h
Carlos Eduardo

Campanha prepara grande evento para reta final


Comando da campanha de Carlos Eduardo Alves (PDT) ao Governo do RN prepara um amplo encontro estadual com colaboradores/candidatos.

Ideia é produzir um amplo trabalho motivacional para últimas semanas de campanha.

Evento acontecerá em Natal nos próximos dias.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 06/09/2018 - 10:20h
Eleições 2018

Geraldo Melo faz dobradinha com deputada em Mossoró


Geraldo e Larissa (Foto: assessoria)

O candidato ao Senado Federal Geraldo Melo (PSDB) cumprirá agenda política nesta quinta-feira, 06 de setembro, em Mossoró.

Ao lado da deputada estadual e candidata à reeleição Larissa Rosado (PSDB), Geraldo fará visitas, carreatas e caminhadas na cidade.

Os dois estão na mesma coligação governista, mas com opções majoritárias diferentes.

Geraldo apoia a reeleição do governador Robinson Faria (PSD).

Já Larissa, mesmo estando inscrita na mesma legenda, participa da campanha ao governo de Carlos Eduardo Alves (PDT).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 06/09/2018 - 09:40h
Ibope

Pesquisa presidencial dá Bolsonaro à frente, mas já em fadiga


Do G1 e Blog Carlos Santos

Jair Bolsonaro segue em primeiro lugar, mas simulações apontam sua queda em segundo turno (Foto: Web)

O Ibope divulgou nesta quarta-feira (5) o resultado da mais recente pesquisa de intenção de voto na eleição presidencial. Pela primeira vez faz apresentação de números sem o ex-presidente Lula da Silva (PT), que teve registro de candidatura barrado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) semana passada (veja AQUI), reiterado em decisão monocrática pelo Supremo Tribunal Federal (STF) dia passado (veja AQUI).

Vamos aos números:

Primeiro Turno

  • Jair Bolsonaro (PSL): 22%
  • Marina Silva (Rede): 12%
  • Ciro Gomes (PDT): 12%
  • Geraldo Alckmin (PSDB): 9%
  • Fernando Haddad (PT): 6%
  • Alvaro Dias (Podemos): 3%
  • João Amoêdo (Novo): 3%
  • Henrique Meirelles (MDB): 2%
  • Guilherme Boulos (PSOL): 1%
  • Vera (PSTU): 1%
  • João Goulart Filho (PPL): 1%
  • Cabo Daciolo (Patriota): 0%
  • Eymael (DC): 0%
  • Branco/nulos: 21%
  • Não sabe/não respondeu: 7%

Os números do Ibope, levantados entre os dias 1º e 3 de setembro, dá dianteira de Jair Bolsonaro (PSL) sobre todos os adversários, mas com inclinação a ser derrotado no segundo turno para pelo menos três nomes: Ciro Gomes (PDT), Marina Silva (REDE) e Geraldo Alckmin (PSDB). Só ganha numericamente de Fernando Haddad (PT), posto entre os principais concorrentes.

Veja os números completos clicando AQUI.

Simulação do Segundo Turno

  • Ciro 44% x 33% Bolsonaro (branco/nulo: 19%; não sabe/não respondeu: 4%)
  • Alckmin 41% x 32% Bolsonaro (branco/nulo: 23%; não sabe/não respondeu: 4%)
  • Bolsonaro 33% x 43% Marina (branco/nulo: 20%; não sabe/não respondeu: 3%)
  • Haddad 36% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 22%; não sabe/não respondeu: 5%).

Nota do Blog – Há tempos que Bolsonaro tem demonstrado certa fadiga. Talvez tenha atingido seu limite, o teto. A própria rejeição campeã com 44% sinaliza maus presságios. Os principais adversários estão bem abaixo, como Ciro (20%), Alckmin (22%), Haddad (23%) e Marina (26%).

Boa parte do seu fôlego até aqui tem sido mantido por uma polarização que o PT alimenta feroz e burramente em todos os quadrantes e ambientes. Corre o perigo de descer às profundezas com ele, agarrados, juntinhos.

A entrada em cena dos programas do horário eleitoral em rádio e TV, com conteúdo potencializado em redes sociais, pode asfixiar de vez o capitão reformado do Exército.

Caminha para uma vitória no primeiro turno, mas é pouco provável que prospere num segundo. Contenda há tempos que é “todos contra Bolsonaro”.

Quanto ao candidato do PT, pelo visto a vaidade de Lula em insistir com o próprio nome, passou a produzir efeito contrário à estratégia que vinha dando certo. A teimosia e mantê-lo em evidência em vez de fermentar o nome de Fernando Haddad, pode deixar o partido fora do segundo turno e ainda mais distante do Planalto.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quinta-feira - 06/09/2018 - 08:46h
Eleições 2018

Justiça Eleitoral determina retirada de outdoors do Estado


A Justiça Eleitoral determinou a retirada imediata de 9 outdoors institucionais do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, instalados no anel viário que dá acesso ao aeroporto internacional de São Gonçalo do Amarante.

A decisão liminar partiu de uma representação do Ministério Público Eleitoral (MPE) – veja AQUI – contra o candidato à reeleição Robinson Faria (PSD), contra o candidato a vice-governador Tião Couto (PR), e contra o próprio Estado.

Uma das principais justificativas por trás da decisão é o fato de que os outdoors desrespeitam o período vedado para propaganda institucional e exaltam o atual governo através de outdoor, meio proibido pela legislação.

Saiba mais detalhes clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Justiça/Direito/Ministério Público / Política
quarta-feira - 05/09/2018 - 15:34h
Tem tempo

Deputado ainda não tem nome ao governo estadual


O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) ainda não anunciou publicamente quem apoia ou apoiará até o final da campanha, ao Governo do Estado.

A candidatura do ex-prefeito natalense Carlos Eduardo Alves (PDT), que é reforçada por seu partido, não o levou a proclamar voto nele.

Esta semana, Nelter Queiroz emitiu nota desmentindo publicação em redes sociais, que apontava sua suposta opção por Fátima Bezerra (PT).

Mas não descartou totalmente, que se diga.

Tem tempo, tem tempo.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
quarta-feira - 05/09/2018 - 08:32h
Governo do RN

Entidades representativas da Uern promoverão debate


A Associação dos Docentes da Universidade do Estado do RN (ADUERN), Sindicato dos Trabalhadores Administrativos da Uern (SINTAUERN) e Diretório Central de Estudantes (DCE) realizarão no dia 20 de Setembro, um debate entre os candidatos ao Governo do Estado Rio Grande do Norte.

O evento será realizado às 19h no Ginásio do Campus Central, em Mossoró.

Será aberto à toda sociedade.

De acordo com a presidente da Aduern, professora Rivânia Moura, o debate promovido pelas entidades é uma forma de conhecer melhor as propostas de cada candidato e saber qual é o verdadeiro compromisso de cada um com a defesa da Uern.

O debate será dividido em cinco blocos que ora terão temas livres e ora temas específicos da universidade.

O debate será transmitido ao vivo pelo facebook da ADUERN e através das redes sociais de Sintauern e DCE.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Educação / Política
terça-feira - 04/09/2018 - 21:34h
Agenda Potiguar

Fiern entregará “Mais RN” a todos os candidatos ao Senado


Foi adiada para segunda-feira (10), às 9 horas, na Casa da Indústria em Natal, a entrega pela Federação das Indústrias do Estado do RN (FIERN), da edição atualizada do programa “Mais RN”, aos candidatos ao Senado pelo Rio Grande do Norte.

Esta versão atualizada detalha um plano estratégico para o desenvolvimento do Estado, com uma “Agenda Potiguar 2019/2022”, na qual há definições de metas e ações que abrangem áreas desde a prestação de serviços essenciais (segurança, educação, saúde, transporte e recursos hídricos), equilíbrio fiscal, retomada da capacidade de investimentos melhoria do ambiente de negócios.

Foram convidados para a entrega do Mais RN os quinze candidatos ao Senado: Alexandre Motta (PT), Ana Celia (PSTU), Antônio Jácome (Podemos), Capitão Styvenson (Rede), Joanilson de Paula Rêgo (Democracia Cristã), Garibaldi Alves Filho (MDB), Geraldo Melo (PSDB), João Maria Napoleão (Rede), João Morais (PSTU), Jurandir Marinho (PRTB), Lailson de Almeida (PSOL), Levi Costa (PRTB), Magnólia Figueiredo (Solidariedade), Telma Gurgel (PSOL) e Zenaide Maia (PHS).

O plano estratégico de desenvolvimento do RN foi entregue aos oito candidatos a governador, entre os dias 20 e 22 de agosto, no Fórum Fiern Caminhos do RN.

Leia também: Estado marcha para a completa insolvência, alerta o “Mais RN.

Conheça o Mais RN na íntegra clicando AQUI.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Administração Pública / Economia / Política
  • Repet
terça-feira - 04/09/2018 - 12:46h
Eleições 2018

MPE faz denúncia contra uso indevido de propaganda


O Ministério Público Eleitoral ajuizou nessa segunda-feira, 3 de setembro, uma representação contra o candidato à reeleição Robinson Mesquita de Faria (PSD), contra o candidato a vice-governador, Tião Couto (PR), e contra o próprio Estado, em virtude da instalação de nove outdoors institucionais, afixados no anel viário que serve ao aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante.

A representação, protocolada junto Juiz (a) Eleitoral Auxiliar do Tribunal Regional Eleitoral, destaca que a propaganda institucional é vedada no período das eleições, além de enaltecer o atual governo com claro efeito de promoção pessoal, tendo ainda sido veiculada mediante outdoor, meio proibido pela legislação.

Além de pedir que os réus retirem os nove outdoors, a representação pede o pagamento de multa e a cassação do registro ou diploma, a depender do momento processual do julgamento.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 04/09/2018 - 11:10h
FM 98,9/Consult

Quarta rodada de pesquisa será divulgada segunda-feira


Será divulgada na próxima segunda-feira (10), a quarta rodada de Pesquisa FM 98.9/Instituto Consult com números da campanha eleitoral no Rio Grande do Norte.

A última sondagem teve seus números apresentados no último dia 27 de agosto.

Veja AQUI e AQUI os números das últimas três pesquisas ao Governo do RN;

Veja AQUI os números das últimas três pesquisas ao Senado;

Veja AQUI os números da avaliação do Governo do Estado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
segunda-feira - 03/09/2018 - 08:12h
Ultimato

Partido ameaça tirar candidatura do Capitão Styvenson

REDE Sustentabilidade exige que candidato cumpra deveres elementares que estatutos apontam

O partido REDE Sustentabilidade do RN acaba de emitir uma “Carta Aberta”, em que trata da candidatura ao Senado do Capitão Styvenson Valentim (REDE) e sua relação e compromissos com a legenda.

Apesar de laudatória, leia a sua íntegra abaixo, em que o Rede esclarece que é preciso ele atender a exigências do próprio estatuto partidário. Não obstante a plena liberdade dada ao candidato, também se cobra uma postura de alinhamento partidário.

Deixa claro que “toda e qualquer candidatura dentro do partido precisa coadunar com o que foi exposto nesta carta, sob risco de ter a sua manutenção desabonada”. Simplificando: seu nome pode ser riscado da lista de candidatos.

Carta Aberta Rede Sustentabilidade

Diante do que vem sendo divulgado na mídia na última semana, sobre a candidatura do capitão Styvenson, a Rede Sustentabilidade do Rio Grande do Norte vem a público expor a verdade dos fatos.

No período de pré campanha eleitoral, o capitão Styvenson Valentim procurou a executiva da Rede Sustentabilidade para se filiar ao partido.

O militar optou pela candidatura cidadã: uma inovação política que permite a qualquer cidadão, membros de movimentos de renovação política, partidos sem registro na justiça eleitoral e figuras com atuação destacada na sociedade possam disputar um pleito eleitoral sem possuir militância partidária orgânica.

Entretanto, embora confira independência enquanto estratégia eleitoral, as diretrizes que regem a candidatura cívica, conforme o estatuto e as resoluções nacionais preveem, também estabelecem vínculo programático com o partido.

Tratam-se de alianças onde os candidatos assinam um termo de compromisso público com os princípios norteadores e inegociáveis da Rede, que são cláusulas pétreas, conforme se vê no Artigo 4º do Estatuto da Rede:

I – da pluralidade política;
II – da dignidade da pessoa humana;
III – da justiça social;
IV – defesa dos direitos das minorias;
V – do respeito à natureza e à vida em todas as suas formas de manifestação e da promoção e defesa do meio ambiente ecologicamente equilibrado;
VI – da função social da terra e dos conhecimentos tecnológicos e científicos; VII – da função social da propriedade; VIII – da solidariedade e da cooperação;
IX – respeito às convicções religiosas e à liberdade para professá-las; X – da transparência, eficiência e eficácia na gestão pública; XI – da impessoalidade e do interesse público;
XII – da legalidade;
XIII – do pleno respeito às diversidades, à coisa pública e ao bem comum;
XIV – na construção de consenso progressivo nas deliberações da REDE.

Ademais, especificamente sobre a Candidatura Cidadã, a Resolução Elo nº 09, de 2017 preceitua atuação coerente com os princípios e valores da sigla onde a militância orgânica não seja preterida, nem passada para trás.

“Queremos uma equação de soma positiva, uma corresponsabilidade entre militância orgânica e candidaturas cidadãs. Queremos candidaturas cidadãs que defendam causas coerentes aos nossos princípios, o que certamente se traduzirão por entusiasmo com nossas candidaturas partidárias. No caso das candidaturas cidadãs para cargos majoritários, a identidade programática e a afinidade com o projeto nacional e com as demais candidaturas majoritárias e proporcionais da REDE são essenciais. As candidaturas cidadãs proporcionais não podem manifestar críticas aos candidatos (as) da REDE nem apoiar candidatos(as) adversários(as), na forma da Lei”, diz trecho da Resolução.

Em entrevista ao programa Momento Metropolitano, exibida no Facebook e que foi ao ar no dia 29 de Agosto, o capitão Styvenson violou flagrantemente a Resolução Elo nº 09, de 2017 ao ressaltar seu descompromisso programático com os candidatos orgânicos da REDE. Postura que adotou logo após a convenção partidária da Rede e que se acentuou nas últimas semanas.

No programa, o militar afirma que sua candidatura é isolada e que recebeu (sic) liberdade para não subir em palanque, não dar apoio e nem falar em nome de político. “Político que aparecer ai falando que tá comigo é mentira, viu? Eu não tô com ninguém, eu tô só”. Ainda na entrevista, o capitão afirma que essa liberdade teve um preço e que ele foi alto: recusou dinheiro público, horário eleitoral na TV e estrutura partidária.

Sobre propaganda eleitoral na TV e Rádio, a executiva da Rede externa que, mesmo isso não tendo sido tratado nas discussões iniciais, destinou 50% do tempo que dispunha para o capitão Styvenson. A outra metade foi reservada para o sindicalista Napoleão, candidato orgânico do partido ao senado.

A assessoria do militar sugeriu o horário integral, deixando de fora o candidato orgânico do partido, o sindicalista Napoleão, por ter, segundo eles, menos expressividade eleitoral. A Rede manteve a oferta de metade do tempo para ambos, de forma igualitária, como procede em todas as suas questões internas e externas.

Outro ponto importante é que a Rede não disponibilizou nem estrutura nem recursos partidários para nenhum dos seus candidatos majoritários até agora, uma vez que tais verbas ainda não foram disponibilizadas pela executiva nacional. Portanto, não foram sequer oferecidas tais condições.

Cabe salientar que, em tempos sombrios em que conquistas sociais e a democracia estão em risco, a Rede Sustentabilidade não abre mão de discursos e práticas políticas que estejam alinhados com os ideais partidários, com a figura de Marina Silva – pessoa ética, sem qualquer envolvimento com escândalos de corrupção – e com os candidatos majoritários do partido: Freitas Júnior, candidato ao governo, Flávio Rebouças, candidato a vice-governador e Napoleão, candidato ao Senado.

Desse modo, a Rede Sustentabilidade repudia a deturpação da candidatura cidadã feita pelo militar, assim como sua omissão no que tange à gestão do governo de Robinson Faria.

Sobre ética, reitere-se que a Rede é o único partido que acolhe e apoia incondicionalmente a Lei da Ficha-Limpa. Segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), é o partido que mais combate a corrupção no Brasil. Por sinal, é o único partido que exige que todos os seus filiados estejam enquadrados nas hipóteses da Lei de Ficha Limpa.

Credibilidade que o capitão Styvenson pôde atestar: após o ingresso dele na Rede, passou a liderar as pesquisas.

Considerando todos os princípios que norteiam a Rede, é incompatível qualquer candidatura, orgânica ou cidadã, que mantenha alinhamento duvidoso com posições políticas conflitantes. Seja com o personalismo, com o apoio ao governo do Estado, com oligarquias estabelecidas, com práticas que a Rede condena ou com a própria identidade política.

Desse modo, toda e qualquer candidatura dentro do partido precisa coadunar com o que foi exposto nesta carta, sob risco de ter a sua manutenção desabonada.

Cumpriremos o que foi acordado em todas as nossas discussões e esperamos que tais pontos expostos anteriormente também sejam respeitados.

Por último, é importante que se diga que, antes de qualquer vitória eleitoral ou cálculo eleitoreiro, a Rede prioriza sua identidade programática, protagonismo social e construções coletivas, fortalecendo nossas lutas por um Rio Grande do Norte e um Brasil justo e sustentável.

Nota do Blog - O Rede está absolutamente certo. Ou se enquadra ou saia. O Capitão Styvenson não está acima do bem e do mal, não é o dono do mundo. Mesmo que seja eleito de forma “independente”, precisará ouvir, conversar, prestar contas à própria sociedade despido de pelo menos parte desse personalismo doentio que revela possuir.

Eleito, no Senado, essa sua postura trará enormes prejuízos para o país e para o Estado do RN, a quem deve representar.

Terá dificuldades de aprovar simples emenda para construção de um chafariz em Bodó, sem dialogar com seus pares. A palavra “Parlamento” carrega em sua origem a essência do verbo, da conversação, que ele já disse não aceitar e não se interessar em promover.

Estranho é que o capitão, oriundo de uma instituição tão hierarquizada como a Polícia Militar, não tenha aprendido o elementar sobre hierarquia, respeito às normas, cumprimento de deveres e consciência sobre direitos individuais e coletivos.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sábado - 01/09/2018 - 18:30h
Sexta-feira

Candidatos fazem boas movimentações políticas


Os candidatos Carlos Eduardo Alves (PDT) e Robinson Faria (PSD) fizeram expressivas movimentações políticas na sexta-feira (31).

Carlos em Santa Cruz, sob comando do deputado estadual Tomba Farias (PSDB).

Já Robinson Faria (PSD) em Areia Branca, sob a batuta da prefeita Iraneide Rebouças (PSD).

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 31/08/2018 - 19:59h
Eleições 2018

Styvenson sobrevive como único “candidato avulso” no RN


Envolto em muita polêmica no período de pré-campanha, quando fez firulas diversas para escolher o partido que se filiaria e se concorreria ao Governo ou Senado, o Capitão Styvenson Valentim (REDE) consegue até aqui a proeza de ser o único “candidato avulso” da campanha 2018 no RN. Paira acima dos partidos, coligações e dos conchavos.

Avisou de antemão quando foi aceito pelo Rede, que não daria apoio a ninguém, não faria campanha em favor de ninguém, mas tão somente em nome próprio ao Senado. Seria ele e pronto.

Styvenson: partido aceitou suas exigências (Foto: Web)

“A Rede me assegurou independência e garantia, duas coisas que eu buscava. A independência para não ter que me submeter a velhas práticas políticas e a garantia de que teria liberdade para tomar as minhas posições”, disse ele sobre a escolha partidária.

Assim mesmo foi aceito. Anunciou a decisão partidária no dia 2 deste mês (veja AQUI) e chegou a elogiar o partido em sua filiação, pela forma democrática e liberal com que acatou seu nome e propósitos.

O perfil arredio de Styvenson cativa o eleitorado, encaixando-se no inconsciente e imaginário popular como o candidato fora do sistema, diferente, alternativo. Em todas as pesquisas mais recentes ele aparece nas primeiras colocações ao Senado.

Tentativa de nomes avulsos

Nas eleições municipais de 2016, movimentos como o Bancada Ativista e o Movimento Brasil Livre (MBL) ressuscitaram essa proposta e defenderam candidatos com essa natureza, mas tiveram que formalizar filiações em partidos à esquerda e à direita, obedecendo à legislação.

Em 2016, o advogado Rodrigo Mezzomo tentou concorrer à Prefeitura do Rio de Janeiro sem nenhum partido político, o que levou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a barrar sua candidatura.

Alguns partidos como o próprio Rede e o Novo defendem a instituição de candidaturas avulsas, como acontece em dezenas de países. Mas na legislação brasileira esse dispositivo não é recepcionado pela Constituição, o que já ocorreu em curto período de tempo nos anos 30 do século passado.

Monopólio da Representação

No portal do Senado da República, postagem mostra que antes da Constituinte de 1934, o governo provisório que assumiu após a chamada Revolução de 30, liderada por Vargas, promulgou o decreto 21.076, em 1932, regulando as eleições. Essa lei de transição admitia duas espécies de partidos (permanentes e provisórios, que se formavam às vésperas dos pleitos, como as atuais coligações) e permitia as candidaturas avulsas.

Um candidato que não constasse na lista de partido algum poderia disputar os votos, desde que sua participação fosse requerida por um número mínimo de eleitores. Os partidos políticos, portanto, não detinham a exclusividade da indicação daqueles que iriam concorrer às eleições. O chamado “monopólio da representação” pelos partidos políticos só ocorreu após a edição do Decreto-Lei n.º 7.586, de 28 de maio de 1945. E prevalece na legislação nacional até os dias atuais.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
sexta-feira - 31/08/2018 - 18:40h
Entrevista

Fátima diz que vai governar RN “em qualquer situação”


Ao participar da série de entrevistas do Jornal do Dia, da TV Ponta Negra do Natal nesta sexta-feira (31), a senadora e candidata ao Governo da Coligação Do Lado Certo, Fátima Bezerra (PT), disse estar preparada para governar “em qualquer situação”.

Margot recebeu Fátima (Foto: assessoria)

Elencou uma série de ações para alcançar resultados que tirem o estado da atual crise:

- Tudo isso só será possível com a recuperação fiscal. Hoje o estado tem um déficit de mais de R$ 800 milhões, e isso implica em atraso de salários dos servidores e de pagamento a fornecedores. Serão necessários uma maior eficiência na arrecadação, combater a sonegação fiscal, reforma administrativa e uma discussão com os poderes a respeito das sobras de caixa. Assim conseguiremos fazer investimentos”, afirmou Fátima.

Bolsonaro

Sob a ótica política, descartou a eleição à Presidência da República do candidato Jair Bolsonaro (PSL), principal contender do PT atual no cenário eleitoral.

“O primeiro lugar hoje nas pesquisas para presidente é Luiz Inácio Lula da Silva. E se ele não puder sair candidato quem vai sair e deve ser eleito é Fernando Haddad (PT), seu vice”.  Em seguida completou: “E estou preparada para governar o Rio Grande do Norte em qualquer situação”.

Nota do Blog – Nada é mais delicado do que a retomada das “sobras de caixa” dos outros poderes e órgãos que recebem duodécimo. Eles vivem num mundo à parte, sem atraso salarial ou qualquer tipo de deficiência financeira. Claro que ninguém quer devolver nada. Se isso não for obtido, pode esperar cenário pior do que o vivido hoje.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
sexta-feira - 31/08/2018 - 18:16h
Câmara Federal

Ex-prefeito aposta em vácuo de nomes para se capitalizar


Lawrence terá movimentação no sábado (Foto: Assessoria)

Ex-prefeito de Almino Afonso e candidato à Câmara Federal na Coligação Renova RN, Lawrence Amorim (Solidariedade) aposta que pode se capitalizar sobremodo em Mossoró com o atual cenário político-eleitoral.

A desistência da vereadora Sandra Rosado (PSDB) à disputa a deputado federal e “a rejeição” do deputado e candidato à reeleição Beto Rosado (PP), acabam o alimentando a maior aposta no município.

Nesse sábado pela manhã faz movimentação no centro da cidade e à tarde a partir de 16 horas, no conhecido Ferro de Engomar, no bairro Santo Antônio, ele promove carreata até a Praça das Cobras, no Conjunto Santa Delmira.

Com informações da Assessoria de Lawrence Amorim.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
quinta-feira - 30/08/2018 - 23:48h
Eleições 2018

Horário Eleitoral começa nessa sexta-feira no país


A propaganda eleitoral em rádio e televisão começará nessa sexta-feira (31). Vai se estender até o dia 4 de outubro.

Segundo a legislação, as veiculações dos programas no rádio serão sempre às 7h e ao meio-dia. Já na TV, às 13h e às 20h30.

Durante os intervalos comerciais em rádio e televisão ainda vão existir inserções no total de 70 minutos diários neste formato.

A distribuição do tempo para partidos e coligações é feita com base no tamanho das bancadas federais eleitas de cada partido nas últimas eleições.

Aos candidatos a governador serão reservados nove minutos, mesmo tempo dedicado aos deputados estaduais. Os senadores, por sua vez, terão sete minutos. Propaganda deles será veiculada às segundas, quartas e sextas.

Os candidatos à Presidência da República e à Câmara Federal vão aparecer nos programas às terças, quintas e sábados, em dois momentos de 12 minutos e 30 segundos, acumulando, assim, dois blocos diários de 25 minutos cada.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
  • Repet
terça-feira - 28/08/2018 - 23:30h
Eleições 2018

Adversários ainda não perceberam quem está na frente


Até quando o marketing de Robinson Faria (PSD) e o de Carlos Eduardo Alves (PDT) vai cometer o erro bobo de alimentar polarização entre os dois?

Só para lembrar: quem está bem à frente é Fátima Bezerra (PT).

Essa emulação entre os candidatos só tem um vencedor certo: a própria Fátima.

Num eventual segundo turno, as sequelas desse embate podem até levar eleitores de quem sobrar ao apoio à petista, em vez de hipoteticamente somar contra.

Isso, se a senadora não levar a parada logo no primeiro turno, enquanto os dois “se matam” pelo troféu de segundo colocado.

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
terça-feira - 28/08/2018 - 14:18h
Senado

Se arrependimento matasse…


Dia após dia, pesquisa após pesquisa, o deputado federal Antônio Jácome (PODEMOS) tem caído na real.

Seu projeto de chegar ao Senado com a desistência sensata e inteligente, do senador José Agripino (DEM), foi uma péssima decisão.

Nem mesmo na congregação evangélica da qual faz parte no estado há entusiasmo e engajamento.

Se arrependimento matasse…

Acompanhe o Blog Carlos Santos pelo Twitter clicando AQUI e o Instagram clicando AQUI.

Categoria(s): Política
Home | Quem Somos | Regras | Opinião | Especial | Favoritos | Histórico | Fale Conosco
© Copyright 2011. Todos os Direitos Reservados.